Líder do Ubuntu para Desktops deixa a Canonical

Líder do Ubuntu para Desktops deixa a Canonical

No final do ano de 2019, Will Cooke o antigo líder da divisão de Desktop do Ubuntu deixou a Canonical e deu espaço para Martin Wimpress, conhecido como o principal desenvolvedor do Ubuntu MATE. 

Já fazem alguns dias que Martin Wimpress anunciou que deixaria a Canonical para se juntar a equipe da Slim.ai, uma empresa que cria soluções para otimizar de forma automática a construção de aplicativos em contêineres, e, sua saída da Canonical pode afetar e muito o Ubuntu Desktop.

Vamos discutir um pouco sobre a saída de Martin Wimpress e as mudanças que o Ubuntu desktop poderá sofrer com esse processo.

Quem é Martin Wimpress?

Embora tenha entrado na Canonical em 2017 e tenha se tornado líder de desktop no ano de 2019, sua história com o Ubuntu é muito maior, já que ele é um dos fundadores do projeto Ubuntu Mate em conjunto com Alan Pope.

Além de ser um dos principais desenvolvedores do Ubuntu Mate, Wimpress é engenheiro na Snapcraft e apresentador do Ubuntu Podcast.

Anunciando sua saída

No dia 2 de fevereiro, Wimpress publicou um tweet em sua conta falando que em breve iria deixar a Canonical para se juntar à equipe da Slim.ai.

Embora esteja se despedindo da Canonical, ele ainda continuará liderando o projeto Ubuntu Mate e colaborando com a Snapcraft, já que ele é um entusiasta do sistema operacional.

Sua saída deixará muitas lembranças e indagações, visto que ainda não foi anunciado um novo líder do projeto. Alguns poucos participantes da comunidade, sugeriram que Alan Pope poderia assumir a liderança, porém, segundo Pope, ele não deseja esse cargo.

Mudanças no Ubuntu

Wimpress trouxe inúmeras mudanças positivas para o sistema durante seu tempo no projeto, dentre elas temos:

Por enquanto, ficamos na curiosidade sobre quem será o sucessor do Martin Wimpress e quais serão os próximos passos dele. Quais as melhorias e polimentos a serem apresentados e implementados no sistema por ele?

Algumas mudanças que eu gostaria de ver no Ubuntu

O projeto Ubuntu é bastante promissor e quem sabe a nova direção não possa deixar o sistema operacional ainda mais amigável e prático para novos usuários. Dentre algumas mudanças que podem ser realizadas, as  que eu mais gostaria de ver são:

Uma nova Snap Store

A Snap Store é a loja oficial do Ubuntu e está disponível no sistema há alguns anos. Ela é um fork da GNOME Software, porém, bem menos eficiente do que ela, tornando-a um app praticamente inútil.

Quem sabe após o novo instalador, não seja desenvolvida uma nova snap store com uma interface totalmente remodelada e que seja mais funcional, possibilitando procurar e instalar aplicações também do repositório oficial.

O bug do tema dark

Claro que não poderia faltar a solução oficial da equipe para o tema dark do sistema, que se encontra bugado desde seu lançamento.

Por enquanto, a solução que eu encontrei foi alterar o tema do shell através do GNOME Tweaks utilizando a extensão User Themes, porém, já está na hora da  equipe do Ubuntu resolver esse problema na interface do sistema.

O que você achou da saída de Martin Wimpress? Quais as mudanças que você gostaria de ver no sistema sob a nova direção? Deixe para gente nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Usuários do Facebook caem em outro golpe, desta vez no sorteio de um Galaxy SIII
Continue lendo

Usuários do Facebook caem em outro golpe, desta vez no sorteio de um Galaxy SIII

Depois de caírem no golpe do sorteio de “10 iPads de 2ª geração” e do sorteio de 14 iPhones 4S, alguns usuários do Facebook “decidiram” se render a mais uma farsa. Desta vez, o atrativo era um Galaxy SIII. A mensagem tinha uma foto do aparelho juntamente com a frase: “Quer ganhar esse lindo Galaxy SIII? Basta Compartilhar no seu mural e Curtir a pagina Android. O sorteio será realizado dia 22-09 aqui mesmo na nossa página no Facebook, as 18:00″.