Uma nova forma de instalar o Ubuntu?

Uma nova forma de instalar o Ubuntu?

O Ubuntu é um dos sistemas operacionais de código aberto mais conhecidos e utilizados por usuários ao redor do mundo, principalmente se contarmos que ele serve de base para inúmeras distribuições como o Pop!_OS, Elementary e Mint.

Já fazem alguns anos que o projeto adotou a interface GNOME por padrão e está investindo em novidades, melhorias e polimentos, principalmente para sua versão de desktop, voltada ao usuário final para computadores domésticos e de escritórios.

Recentemente, escrevi um artigo falando sobre todas as novidades previstas para o lançamento da versão 21.04 do Ubuntu, mas a equipe do Ubuntu está trabalhando à todo vapor em novos recursos que serão incluídos em suas próximas versões.

Uma novidade mais que esperada

A grande novidade que temos  para o ano de 2021 (e provavelmente para a próxima LTS do sistema) é um novo instalador do sistema, que irá substituir o bom e velho Ubiquity que é o instalador padrão do sistema há anos.

Mesmo sendo bastante funcional, vale lembrar que o Ubiquity existe desde 2006 e não possui um desenvolvimento significativo há alguns anos, já que seu código é um tanto quanto antigo e complicado de manter.

Para oferecer uma experiência melhor para seus usuários e consolidar ainda mais o sistema, é necessário oferecer uma experiência consistente e robusta, não apenas no ambiente desktop, mas também em seu processo de instalação (fica a dica para a equipe do Fedora).

Por que criar instalador e não melhorar um existente?

Com tantos projetos de instaladores de distribuições já existentes no mundo Linux, para que criar um instalador e duplicar ainda mais o esforço de um novo instalador?

Bem, Martin Wimpress diz que sua equipe avaliou vários instaladores alternativos já existentes e diversos kits de ferramentas disponíveis no mundo open source, porém, sentiu que um novo instalador desenvolvido sob demanda e pensado para o sistema é a melhor solução.

Além disso, iniciar esse projeto “do zero”, dará aos desenvolvedores opções maiores de integração para recursos que podem ser utilizados pelos usuários do Ubuntu, como o suporte ao ZFS, reparo de instalação, particionamento avançado, recuperação de GRUB.

O desenvolvimento do novo instalador

Para que seja criada uma ótima primeira impressão ao instalar o sistema, o desenvolvimento está sendo liderado pela equipe de design da Canonical em conjunto com a equipe de desktop do Ubuntu.

Segundo Martin Wimpress, o antigo líder do projeto Ubuntu para Desktops, ambas as equipes possuem bastante experiência para navegar nos desafios que são apresentados ao instalar um sistema operacional.

O plano para o desenvolvimento

Já faz um bom tempo que a equipe da Canonical possui uma parceria com o Google para trazer o Flutter para o Linux, e a equipe está aproveitando esse trabalho para implementar o frontend do novo instalador.

O desenvolvimento do tema já foi iniciado e a equipe planeja ter uma versão pronta para testes até o lançamento do Ubuntu 21.10, que ocorrerá no mês de outubro. Com o novo instalador pronto até esse prazo, muito provavelmente ele será incluído na próxima LTS.

A3atckqLg7dWd9 E6IjYHCSqLoefx qAhw4b6ywgxE7QMxUkiSdzXtriH

Vale ressaltar que, após o lançamento o instalador padrão do Ubuntu não será mais o Ubiquity, porém, ele ainda estará disponível em seus repositórios, para que seja utilizado por outras distribuições, sejam elas flavours ou remixes.

Considerações finais

A criação de um novo instalador para o Ubuntu demonstra o interesse da Canonical em se destacar ainda mais no mercado de sistemas operacionais para usuários domésticos e empresariais, trazendo uma forma ainda mais simples e polida de instalar seu sistema.

Ainda temos muito chão pela frente até que o lançamento do novo instalador ocorra, e, muita coisa pode mudar durante o desenvolvimento. 

O que você acha da ideia de um novo instalador? Quais recursos você espera encontrar nele? Deixe para gente nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
PhotoGIMP agora está disponível em Snap
Continue lendo

PhotoGIMP agora está disponível em Snap

O PhotoGIMP é um patch criado com o intuito de facilitar a migração de pessoas habituadas com o ecossistema da Adobe, porém, que desejam utilizar um software livre e sem atuar na ilegalidade (não é incomum usuários possuírem a versão crackeada do Photoshop).