Como de costume, todos os meses a equipe do Linux Mint anuncia as principais novidades implementadas no projeto. Dessa vez, além de a espera de 13 anos por um novo design para o seu website ter chegado ao fim, também tivemos várias melhorias visuais no sistema operacional e o anúncio do codinome da versão 20.3.

O novo website

Muitos haviam perdido as esperanças, alguns ainda acreditavam e outros nem sequer se importavam com o tão sonhado redesign para o website do Linux Mint. Independente de qual grupo você fazia parte, todos finalmente podem desfrutar de uma interface completamente nova, moderna e intuitiva para conhecer, baixar ou simplesmente saber mais sobre o sistema “verdinho”.

Além do vídeo acima, que explora em detalhes todas as nuances do novo site, também publicamos um artigo especialmente dedicado ao mesmo.

Ajustes no layout das barras de título

Uma das coisas que sempre me fizeram “torcer o nariz” para o aspecto visual do Linux Mint era o tamanho das barras de título (aquelas barras que ficam no topo de cada janela). Felizmente a equipe de desenvolvimento do Mint concorda comigo, já que uma das próximas novidades a chegar no sistema é justamente o redesenho das mesmas.

colors

As barras de título serão um pouco mais altas, com botões maiores e cantos arredondados. Além de tornar o visual do Cinnamon um pouco mais moderno, o novo layout também fará com que seja mais fácil clicar nos botões de fechar, minimizar e maximizar.

Ajustes nas “accent colors” do tema “Mint-Y”

As “accent colors” geralmente são aquelas cores que mais se destacam no tema de um sistema operacional, por exemplo, a cor exibida quando você seleciona um ou mais itens dentro do gerenciador de arquivos.

Segundo a equipe do Linux Mint, os temas oficiais do projeto estavam utilizando essa cor em partes demais da interface do sistema, o que poderia acabar afetando negativamente a produtividade do usuário, atraindo a sua atenção para outras coisas que não o conteúdo.

accent-color

Com isso, os desenvolvedores do projeto decidiram substituir a “accent color” de várias partes do sistema por diferentes tons de cinza, o que deve tornar o aspecto visual do Linux Mint mais coerente, bem como otimizar a produtividade dos seus usuários.

Implementação de “Dark Mode” no tema “Mint-Y”

Os temas originários do Linux Mint estão sendo trabalhados para poderem suportar o uso do “dark mode” em aplicações específicas enquanto o restante do sistema permanece utilizando um tema claro.

linux-mint-dark-mode

Conforme pode ser visto na imagem acima, algumas aplicações estão utilizando um visual escuro enquanto o sistema, em geral, está utilizando um tema “light”. Atualmente as seguintes aplicações estão sendo trabalhadas para receber a melhoria:

  • Hypnotix;
  • Celluloid;
  • GNOME Terminal;
  • Pix;
  • XViewer.

Cada uma das aplicações que estarão utilizando o tema escuro por padrão poderão ser configuradas pelo usuário para utilizar o modo claro a qualquer momento. A novidade deverá estar em funcionamento na versão “20.3 Una” do Linux Mint, que deverá ser lançada em uma data próxima ao natal de 2021.

Temas sendo removidos do Linux Mint

Atendendo aos pedidos de alguns usuários a equipe do Linux Mint resolveu remover as variações “darker” dos temas “Mint-Y” a partir da versão 20.3 do sistema. Todavia, estes temas ainda estarão disponíveis para instalação através de um pacote chamado “mint-themes-legacy”. A única mudança é que eles não estarão presentes no sistema por padrão.

O quê você achou das mudanças anunciadas para a próxima versão do Linux Mint? E o que mais você acha que deveria mudar no sistema? Conte nos comentários abaixo!

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste