O Linux Mint é um dos sistemas operacionais mais queridos pela comunidade e mesmo com sua fama de conservador, ele sempre traz algumas novidades para não deixar de ser notícia.

No início do mês, eu escrevi um artigo falando sobre algumas das melhorias que o sistema traria e dentre elas, o novo site do sistema que acabou de ser lançado.

Bem-vindo a 2021

Já faz algum tempo que a equipe do Linux Mint está trabalhando em atualizar o visual de seu sistema que fazia o usuário pensar que estava utilizando seu computador nos anos 2000.

Com uma pequena mudança na barra, um redesign em seu tema e a adição de algumas funções, o processo de modernização do sistema estava quase completo, faltando apenas melhorar a experiência de download.

Uma boa primeira impressão

Dizem que a primeira impressão é a que fica e no caso do Linux Mint a primeira impressão não era das melhores, visto que seu site não era nada intuitivo para novos usuários.

A nova versão do site traz um visual moderno com uma página inicial informativa, mostrando para seus novos usuários alguns dos recursos do sistema, além de motivos para usá-lo.

ryfM 0rdMFFfAhQRF6 7oxNvKLHxSEq h3iGVxdZDBJ EI

Já a página de download ficou um pouco mais amigável, trazendo uma breve apresentação da versão a ser baixada, além de dar foco a uma página com instruções de instalação do sistema para novos usuários.

cS0pBJ68d1lVhJQuE 5HTqffsWQ2FglTTa37RrqmUbXvFzWk65pNXn dHpMlHOua7KUXUkuGHL3itQr4uqSEXHJ97UjN4YqkNukdj4l3GUDVjY3HTtlGYONgpBRdzBXiVed1NLvc=s0

Conheça o novo site na prática

Fizemos um vídeo mostrando todos os detalhes importantes para você, com alguns comentários relacionados ao marketing e experiência de usuário que o novo site entrega:

Acessando o novo site do Linux Mint

Existem várias mudanças no novo site do Linux Mint e você pode conhecer cada uma delas acessando e dando uma pequena explorada. Caso você queira comparar com a versão anterior, é possível utilizar o Wayback Machine do Archive.org.

Você estava ansioso para conhecer o novo site do Linux Mint? O que achou dele? Deixe sua opinião nos comentários e até o próximo artigo


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste