Editorial

OBS Studio: Youtube se torna novo patrocinador

O OBS Studio é uma aplicação de gravação e transmissão open source utilizada por inúmeros criadores de conteúdo, empresas, artistas, gamers, etc. Por ser uma ferramenta tão utilizada, ele possui diversos patrocinadores, como Logitech, NVIDIA, Twitch, Facebook, entre outros.

Dentre tantos patrocinadores de peso no projeto, o Youtube, que é a plataforma de compartilhamento de conteúdo da Google (e provavelmente de toda internet) resolveu não ficar mais de fora e se tornou patrocinadora do projeto OBS Studio.

Esse patrocínio irá ajudar ainda mais no desenvolvimento do software, trazendo melhorias em suas funções, que consequentemente, irão retornar ao Youtube através de seus criadores de conteúdo.

Investindo em seus “funcionários”

Esse patrocínio do YouTube é uma ótima forma de investir em seus criadores de conteúdo que utilizam o software para gravação de seus vídeos e transmissões, já que segundo a própria equipe, um grande número de usuários do software criam conteúdo especificamente para a plataforma do Google.

Além disso, o patrocínio permite aumentar ainda mais a equipe de desenvolvimento do OBS Studio, permitindo que o software continue estável e recebendo mais atualizações e funções, como por exemplo a câmera virtual para reuniões, o filtro de ruídos, entre outras.

Um patrocinador principal

A equipe do OBS Studio comentou que se sente honrada por receber o patrocínio de uma plataforma de conteúdo tão grande quanto o Youtube. A plataforma YouTube, assim como a Twitch e o Facebook, será um dos patrocinadores principais.

Bem, você deve estar se perguntando, “o que é um patrocinador principal?”. O patrocinador principal, faz uma doação de no mínimo US$ 50.000,00 (cinquenta mil dólares americanos), que em conversão direta, seriam aproximadamente R$ 252.925,00 (duzentos e cinquenta e dois mil, novecentos e vinte e cinco reais).

Uma preocupação de vários usuários se deve ao fato de empresas poderosas estarem “bancando” um projeto open source e estarem “ditando as regras”, porém, por maior que seja a doação realizada, nenhuma empresa tem poder sobre o desenvolvimento do OBS.

A alta do streaming

O ano de 2020 foi bastante revolucionário (e louco), trazendo melhorias em vários pontos, principalmente no trabalho e formas de entretenimento. Enquanto ganhamos a oportunidade de trabalhar em home office devido ao isolamento, as lives ganharam bastante popularidade.

Quem não se lembra do mês de Abril, onde a cada dia tínhamos no mínimo duas lives de artistas diferentes? Além das lives com shows musicais de artistas, podemos dizer que 2020 foi o ano do streaming, uma vez que essa tecnologia ficou ainda mais popular.

Mesmo após algum tempo, vários artistas e celebridades continuam realizando lives e se reinventando, temos alguns exemplos como o jogador de futebol Neymar, a cantora Pitty, que fazem lives esporádicas na Twitch, uma plataforma de streaming da Amazon.

Aproveitando o gancho, você já conhece nosso canal de games na Twitch? Ainda não? Então venha conhecer, temos lives as segundas, quartas e sextas à partir das 19 horas.

Usando o OBS Studio

O OBS Studio é um software multiplataforma gratuito, que pode ser baixado a qualquer hora a partir de seu site oficial. Embora o software pareça um pouco complicado, é bem fácil utilizá-lo no dia-a-dia.

Caso você deseje realizar lives ou gravar conteúdos utilizando o OBS, temos um tutorial mega completo, um verdadeiro curso totalmente gratuito, ensinando como utilizar e configurar o OBS Studio. Você pode conferí-lo aqui:

Você utiliza o OBS Studio? O que acha do novo patrocinador? Deixe pra gente nos comentários e até o próximo artigo!

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
415 postagens

Sobre o autor
Olá pessoas, me chamo Carlos Augusto e desde meus 6 anos sou apaixonado por tecnologia, principalmente por computação. Além de tentar ser um projeto de redator, no tempo livre gosto de fazer algumas manutenções e gambiarras!
Artigos
    Postagens relacionadas
    VídeoEditorial

    Entenda a decadência do Mozilla Firefox na última década

    VídeoEditorial

    Linux é grátis, mas só se você não valoriza o seu tempo?

    Editorial

    Diocast está voltando! 5 episódios imperdíveis do seu podcast sobre Linux e tecnologia