Aprenda a instalar o driver proprietário da NVIDIA no Fedora Workstation de forma simples e sem a necessidade de utilizar o terminal.

O aumento na popularidade do Fedora

Apesar do site oficial do Fedora Workstation exibir um texto que deixa a entender que o sistema é focado em desenvolvedores, ele tem se tornado cada vez mais popular entre usuários não técnicos.

site do fedora

Esse aumento na popularidade do Fedora deve-se, provavelmente, ao fato da distro trazer diversos facilitadores, como a possibilidade de instalar o Google Chrome diretamente pela loja de aplicativos, fácil acesso a novas tecnologias como o Wayland e o Pipewire (substituto do Pulseaudio).

Além disso, conforme você pode conferir no vídeo abaixo, o sistema também tem se mostrado bastante competente no quesito desempenho. Tanto em jogos quanto em benchmarks.

Outro fator importante é que, algumas tarefas, como instalar o driver proprietário da NVIDIA no Fedora, hoje em dia, podem ser executadas sem um comando sequer no terminal. E é exatamente isso o que você irá aprender agora.

Como instalar o driver proprietário da NVIDIA no Fedora Workstation 35

Muitas pessoas vindo do Windows estão acostumadas com um método de instalação de drivers que difere dos métodos adotados pelas distribuições Linux. Para instalar o driver proprietário da NVIDIA no Fedora, ao invés de baixá-lo do site oficial da fabricante, basta que você instale um pacote que está disponível em um dos repositórios da distro.

Ative o repositório “RPM Fusion”

O repositório sobre o qual estamos falando é o RPM Fusion que, por razões relacionadas a licença de softwares, não vem ativado, por padrão, no Fedora Workstation.

Para ativar o RPM Fusion via interface gráfica, acesse a página de configuração do projeto e, conforme demonstrado na imagem abaixo, faça download dos dois instaladores do RPM Fusion, “free” e “nonfree”, de acordo com a versão do Fedora que você está utilizando.

rpmfusion configuration

Clique duas vezes sobre cada um dos dois arquivos “.rpm” que você baixou e depois em “Instalar”.

rpmfusion

Pronto! Os repositórios RPM Fusion foram instalados com sucesso.

Caso prefira, você também pode ativar o repositório via terminal, simplesmente, rodando o comando abaixo:

sudo dnf install https://download1.rpmfusion.org/free/fedora/rpmfusion-free-release-$(rpm -E %fedora).noarch.rpm https://download1.rpmfusion.org/nonfree/fedora/rpmfusion-nonfree-release-$(rpm -E %fedora).noarch.rpm

Instale o “DNF Dragora” no Fedora

Conforme explicamos em mais detalhes em um artigo próprio para o software, o DNF Dragora é um gerenciador de pacotes via interface gráfica. Com ele, você pode instalar e remover softwares do seu Fedora Workstation, além de outras opções.

Neste caso, utilizaremos a aplicação para instalar o driver proprietário da NVIDIA no Fedora que, por não possuir um ícone, não é exibido na loja de aplicativos da distro.

gnome software dnfdragora

Para instalar a aplicação, basta pesquisar por “dnfdragora” na loja de aplicativos do Fedora Workstation e clicar em “Instalar”.

Instalando o driver proprietário da NVIDIA no Fedora

Abra o DNF Dragora e aguarde que o software seja sincronizado com os repositórios do Fedora, o processo é exibido em uma barra de progresso na parte inferior da janela.

dnfdragora

Uma vez que a sincronização esteja completa, pesquise por “akmood-nvidia”, marque a caixa de seleção da versão do driver que deseja instalar (de acordo com o modelo da sua placa de vídeo), e clique em “Aplicar”.

driver proprietário da Nvidia no Fedora

Acompanhe o progresso da instalação na barra, localizada na parte inferior da janela e, uma vez terminada, feche o DNF Dragora e reinicie o sistema.

Como instalar o driver proprietário da NVIDIA no Fedora via terminal

Caso prefira, você também pode instalar o driver proprietário da NVIDIA no Fedora, simplesmente, rodando o comando abaixo no seu terminal:

sudo dnf install akmod-nvidia

Feito isso, o Fedora irá buscar no repositório do RPM Fusion o último driver disponível e, ao confirmar, ele realizará a instalação. Depois, basta reinicializar o sistema que ele já iniciará utilizando o driver instalado. 

Para confirmar que o procedimento foi realizado corretamente, basta pesquisar por “nvidia” no menu da sua interface e abrir o “Nvidia X Server Settings”. Nele, você pode verificar a versão do driver instalado e diversas outras informações.

Como manter o driver atualizado?

Toda vez que o RPM Fusion possuir uma versão mais nova do driver de vídeo, ele aparecerá no seu sistema como uma atualização, assim como todos os outros pacotes. Simples, não é?  

Lembrando que para notebooks híbridos, não é 100% garantido que este procedimento funcione. Nestes casos, o ideal é utilizar alguma distribuição com base Ubuntu ou a distro brasileira RegataOS, que é pensada para atender estes casos.  

Se você tiver alguma dúvida sobre tecnologia, ou quiser compartilhar conhecimento com a comunidade, o Diolinux Plus é o espaço ideal para isso. Acesse os comentários, abaixo, e venha fazer parte da nossa comunidade!

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste