Com a promessa de ser a próxima geração do sistema da Microsoft, o Windows 11 teve muito marketing e algum tempo após seu lançamento, ainda não vimos todos os recursos prometidos para os usuários.

Uma função divulgada e que sem dúvida nenhuma atraiu muita atenção para a nova versão do sistema é a compatibilidade com aplicativos Android, que funcionariam de forma integrada ao sistema através da Amazon App Store.

Recentemente, a Microsoft começou a realizar os testes deste recurso com alguns usuários do Windows 11 e em alguns meses, pode ser que vejamos a implementação dele, na edição final do sistema.

Desta vez, sem emuladores

Utilizar aplicativos de Android no Windows não é nada tão recente assim, visto que diversos streamers, desenvolvedores e até mesmo pessoas que desejassem utilizar aplicações do sistema operacional do Google com desempenho superior recorriam a emuladores como o Bluestacks ou o Genymotion.

A grande sacada da Microsoft é que ao menos agora, diversas aplicações desenvolvidas para Android, poderão ser instaladas através de recursos do próprio Windows 11 através da parceria com a Amazon, que trouxe a Amazon App Store ao sistema.

VUXXPVdQVJPPui5dl5W12OqOG

Estas aplicações irão rodar graças ao Windows Subsystem for Android (WSA), alimentado pela Intel Bridge Technology, da fabricante de chips Intel. Vale dizer que o Windows 11 utiliza um kernel Linux baseado no Android 11, permitindo que ele tenha os recursos do sistema, mas, não a aplicativos como a Google Play Store.

Utilizando o Android no Windows 11

Em sua fase de testes, a Amazon App Store traz um pequeno conjunto de 50 aplicativos Android, como The Washington Post, Clash of Kings, Coin Master e Lego Duplo World que podem ser utilizados por participantes do Windows insider.

Para ter acesso ao recurso, você precisa de estar participando do canal beta do Windows Insider e ter um computador com todos os requisitos do Windows 11 (TPM 2, Secure Boot e processador atual), além de ativar a virtualização na BIOS.

Caso você esteja no ciclo Dev, ainda não é possível testar este recurso, pois se tratam de ciclos de lançamento diferentes.

Trabalhando em recursos (talvez não os que te interessem)

O Windows 11 chegou a seus usuários com tudo, oferecendo um novo visual e diversos recursos que chamaram a atenção do público, mas não só isso, ele também removeu algumas funções bastante úteis.

Embora utilizar aplicativos de Android no sistema da Microsoft seja algo bastante legal e possa fazer a diferença no workflow de algumas pessoas, diversos usuários estão reclamando da falta de recursos que interferem mais em sua experiência, como, por exemplo, a barra de tarefas que não pode ser movida da parte inferior da tela.

Você está utilizando o Windows 11? O que acha deste novo recurso? Deixe sua opinião nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste