Para vários usuários, o WSL é uma das melhores ferramentas já anunciados para o Windows e vêm ganhando cada vez mais melhorias e funções, se tornando um ambiente Linux completo para uso de desenvolvedores de aplicativos e estudantes.

Ele pode estar longe de ser perfeito, mas a cada nova edição do Windows, a Microsoft adiciona ainda mais recursos para tornar o seu uso ainda mais fácil e prático para novos usuários.

Com a chegada do Windows 11, ela resolveu transformar o WSL em um aplicativo que pode ser facilmente baixado através da Microsoft Store, tornando o processo de instalação e atualização ainda mais intuitivo.

Todos os recursos sem mudar a versão do sistema

Atualmente, as atualizações de recursos no WSL estão ancoradas a uma build específica ou versão do sistema e isso faz com que muitos usuários não tenham acesso a todo o potencial da ferramenta, visto que a maior parte dos recursos como o WSLg, só podem ser utilizados através de builds insider.

Pensando nisso, a Microsoft decidiu migrar o WSL do Windows 11 para um aplicativo separado que pode ser gerenciado através da loja de aplicativos, para garantir que os usuários tenham acesso às funções mais recentes sem ter que alterar sua build ou participar do Windows insider.

Uma prévia do que está por vir

Ao acessar a Microsoft Store através do Windows 11, nos deparamos com uma versão prévia do Windows Subsystem Linux que pode ser instalada no sistema, sem precisar de configurações extras.

O Windows 10 não chegou a ser mencionado quando a Microsoft anunciou essa novidade em seu blog, então, provavelmente você precisará de ser participante do programa Windows Insider para utilizar os recursos recentes do WSL.

Um WSL cada vez melhor

Por enquanto, a Microsoft continua oferecendo suporte ao WSL instalado de forma convencional no Windows 11, porém, ela pretende mover todos os usuários para a versão da Microsoft Store eventualmente.

“Nossos objetivos são fazer com que o WSL na Microsoft Store seja a melhor maneira de instalar e usar o WSL, já que você poderá obter as atualizações mais recentes por esse caminho e, a longo prazo, gostaríamos de mover os usuários do WSL para use a versão da loja”

Craig Loewen, gerente de programa da plataforma de desenvolvedor do Windows.

Você utiliza o Windows 11? O que acha da nova forma de instalar o WSL no sistema? Deixe sua opinião nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste