Com o avanço da tecnologia, está cada vez mais comum nos depararmos com carros inteligentes e várias empresas estão trabalhando em suas soluções para este novo mercado, que promete ainda mais segurança para os motoristas.

A General Motors, está trabalhando para deixar seus automóveis cada vez mais tecnológicos e conectados, tendo produzido seu próprio sistema operacional veicular baseado em Linux, o Ultifi.

Uma grande tendência 

Sem dúvida nenhuma, não vai demorar muito tempo para que a maioria dos carros existentes possua um computador com sistema operacional próprio ou ao menos uma central multimídia com suporte a soluções como o Android Auto ou Apple CarPlay.

Isso dará aos carros uma capacidade digital ainda maior como, por exemplo, conexão com a internet, relacionamento com o usuário e integração com dispositivos GPS.

Ultifi, por carros ainda mais poderosos

Os veículos da GM que utilizarem o Ultifi trarão para os usuários ainda mais facilidade e segurança para realizar longas viagens. Dentre os recursos previstos temos:

  • Download de aplicativos;
  • Recursos para otimização de bateria;
  • Direção autônoma;
  • Atualizações para melhorias mecânicas no automóvel.

A funcionalidade do Ultifi se baseia na Plataforma de Inteligência Veicular (VIP) que fornece capacidade de atualização remota, maior armazenamento de dados, melhorias na segurança cibernética e muito poder de processamento.

Assim como ocorre com os nossos smartphones, os clientes irão obter atualizações periódicas de segurança, terão opções de personalização e download de aplicativos, além de sincronização entre outros carros da empresa.

Uma solução aberta

Vale dizer que embora o Ultifi seja uma plataforma interna, ele é projetado para desenvolvedores externos sobre o kernel Linux.

Segundo a GM, utilizar Linux dará aos desenvolvedores acesso para inovar em nome dos clientes, já que eles terão toda a base de software disponível para desenvolver seus aplicativos.

A expectativa é que os veículos da empresa com o Ultifi comecem a aparecer em meados de 2023.

O que você acha da iniciativa da GM? Já pensou em adquirir um carro inteligente? Deixe sua opinião nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste