O trabalho que está sendo feito devido ao anúncio do Steam Deck e a preparação do mercado dos games para recebê-lo está causando um avanço na cena de “jogos no Linux” como nunca havíamos visto.

Desde o trabalho extra que a própria Valve está pondo no Proton até o investimento de desenvolvedoras de jogos e empresas de anti-cheats, o “linux gaming” parece ter avançado mais em 2021 do que nos dois anos anteriores.

Nova versão do Proton já suporta o DLSS da NVIDIA

Mais uma prova desse avanço é a mais recente novidade divulgada pela Valve. A versão 6.3-8 é a primeira versão estável do Proton a oferecer suporte completo à tecnologia DLSS (Deep learning super sampling) da NVIDIA. O que deve trazer um “boost” no desempenho dos jogos de Windows rodando no “sistema do pinguim”.

mass effect on proton

Além disso, a nova versão do Proton também está trazendo suporte a vários aclamados jogos de Windows, entre eles estão o Deathloop, Age of Empires 4, Marvel’s Guardians e o meu querido Mass Effect: Legendary Edition.

Anti-cheat BattlEye já em funcionamento com o Proton

Os avanços trazidos pela versão 6.3-8 do Proton não param por aí, já que essa é a primeira versão a incluir o suporte inicial ao BattlEye, famoso anti-cheat que equipa alguns dos maiores jogos da atualidade como: Playerunknown’s Battlegrounds, Rainbow Six Siege e Fortnite.

As limitações da versão 6.3-8 do Proton

Justamente por ser a primeira versão do Proton a trazer todas essas melhorias, vale ressaltar que ainda existem algumas limitações.

O suporte ao BattlEye ainda se encontra em fase inicial, portanto, nem todos os jogos que utilizam o anti-cheat estão funcionais no Linux. 

Os jogos Marvel’s Guardians e Mass Effect: Legendary Edition estão em uma situação similar, já que ambos ainda possuem limitações, as quais já estão sendo trabalhadas.

O melhor dos jogos no Linux ainda está por vir!

Assim como um software só alcança a fase mais estável do seu desenvolvimento após ter sido lançado e ter seus bugs reportados pelos usuários, acredito que o avanço da cena de jogos no Linux devido ao Steam Deck deverá alcançar o seu ápice somente após o lançamento do “console”.

Portanto, creio que todos nós, “Linux gamers”, possamos ficar otimistas em relação ao futuro dos jogos no “sistemas do pinguim”. Embora muita coisa boa já esteja acontecendo, acredito que o melhor ainda está por vir.

O quê você pensa sobre o rumo que a cena de jogos no Linux tem tomado, especialmente no último ano? E como você acredita que será o futuro deste nicho da tecnologia? Conte-nos a sua opinião nos comentários abaixo!

A lista completa com todas as melhorias do Proton 6.3-8 pode ser encontrada na página oficial do projeto no Github.

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
onlyoffice 7.0
Continue lendo

OnlyOffice 7.0 chega repleto de novos recursos

A suíte de escritório de código aberto OnlyOffice, chega em sua versão 7.0 trazendo diversas novidades como a criação de documentos com campos preenchíveis, proteção de planilhas e pastas de trabalho com senha.