O aplicativo GNOME Tour (antes conhecido como GNOME Welcome) ganhou uma aparência completamente retrabalhada, para combinar com os novos padrões visuais que estão sendo adotados para a versão 42 do GNOME.

Mesmo com o trabalho ainda em andamento, já é possível ter uma ideia de qual será o resultado e o quão melhor o novo GNOME Tour será para apresentar o ambiente desktop para os novos usuários.

Os “problemas” do GNOME Tour até a versão 41

Ao observarmos a versão 41 do aplicativo GNOME Tour, podemos perceber como ele está com o visual ligeiramente datado, quando comparado com várias outras aplicações do projeto já atualizadas para a versão 42.

gnome tour 41
GNOME Tour 41.

Testamos o aplicativo GNOME Tour no Fedora, que entrega este ambiente desktop quase sem modificações. Pudemos perceber que, por manter a fonte na cor preta, o mesmo não se adapta bem ao modo escuro do Adwaita, o tema oficial do próprio GNOME.

Uma correção para este “bug” ainda não foi divulgada oficialmente, porém, em uma pesquisa rápida pelo Gitlab do projeto podemos perceber que o problema já foi reportado para os desenvolvedores.

Com isso, é bastante provável que esta correção seja mais uma, na lista de melhorias que estão sendo feitas para a versão 42 do software.

Conheça o novo aplicativo GNOME Tour

Após termos visto como o “GNOME Shell Quick Settings” está ficando, não é de se surpreender o visual belo e moderno que está sendo preparado, também, para o aplicativo GNOME Tour.

gnome tour 42
Prévia do GNOME Tour 42. Página inicial.

O novo GNOME Tour está ganhando com um visual mais limpo e moderno. O “cabeçalho” sumiu, o botão “Iniciar” deu lugar a um botão de “fechar” e para iniciar o tour, agora, basta seguir a sua intuição e pressionar o botão “>”, inteligentemente posicionado à esquerda da janela.

novo aplicativo gnome tour
Prévia do GNOME Tour 42. Segunda página.

O talento dos designers continua sendo um destaque, à medida que rolamos para as seguintes páginas. Ao mesmo tempo, o novo aplicativo GNOME Tour consegue ser “minimalista”, apresentando belas artes que demonstram como utilizar o sistema.

A importância dos apps de apresentação do sistema

Apesar de ser um aplicativo que passa despercebido aos olhos de muitas pessoas, o GNOME Tour é de extrema importância para continuar mostrando para os usuários o quão fácil de usar e intuitiva uma distro Linux, neste caso, utilizando o GNOME Shell, pode ser.

Aplicações de apresentação como esta são, em muitos casos, a primeira interação que o usuário terá com o sistema operacional. Lembra daquele ditado que diz que “a primeira impressão é a que fica”? Isso pode não se aplicar a todos os casos, mas, certamente, se aplica nesses ambientes gráficos.

É muito importante que, ao iniciar um sistema operacional pela primeira vez, a pessoa seja capaz de, em poucos minutos, conseguir utilizar o sistema executando tarefas básicas como navegar no sistema de arquivos, iniciar e instalar novos apps, etc.

Como o GNOME Tour, realmente, deveria ser?

Acredito que o aplicativo GNOME Tour está seguindo o caminho certo, com um visual cada vez mais atrativo, sem deixar de ser informativo. Ainda espero que, um dia, aplicações de apresentação do sistema sejam mais interativas. Mostrando para o usuário onde clicar, aguardando pelo usuário executar esta ação, e, assim por diante.

Como você pensa que um software como o GNOME Tour deveria ser, para melhor apresentar o sistema operacional para novos usuários? Compartilhe as suas ideias nos comentários abaixo!

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
archinstall
Continue lendo

Archinstall recebe melhorias e fica mais amigável

O script de instalação guiada/automatizada do Arch Linux, o archinstall, recebeu recentemente duas atualizações pontuais em sua versão 2.4 trazendo algumas melhorias e correções de bugs.