Testar distribuições Linux faz parte do meu sangue e também do meu trabalho, tanto que em minha máquina de trabalho existem inúmeras máquinas virtuais instaladas, além de um pendrive lotado de arquivos ISO para testes futuros.

Embora criar máquinas virtuais seja algo bastante simples hoje em dia, principalmente com softwares como o GNOME Boxes, ainda existem softwares que visam deixar o processo de testes de sistemas operacionais ainda mais fáceis.

O que é o Multipass?

O Multipass é um utilitário de linha de comando open-source desenvolvido pela Canonical que serve para a criação e gerenciamento de máquinas virtuais do Ubuntu, simplificando o processo no desenvolvimento de aplicativos.

Ele é pensado em profissionais que utilizam o sistema da Canonical em seu ambiente de desenvolvimento, permitindo que os usuários da ferramenta possam ter várias instâncias do sistema operacional, podendo oferecer um laboratório de testes completo.

Como ele funciona?

Como dito acima, o Multipass te fornecerá de forma “simples”, acesso a diversas instâncias e versões do Ubuntu, através de linhas de código que podem ser utilizadas via terminal.

Por ser multiplataforma, o software utiliza o hypervisor nativo do sistema operacional em que está hospedado, oferecendo o melhor desempenho possível. 

Para instalá-lo em sua máquina, basta seguir o passo a passo descrito no site oficial do projeto, que também oferece uma pequena introdução ao uso da ferramenta para novos usuários.

Compatível também com chips M1

Recentemente, o Multipass chegou na versão 1.8 que entre suas novidades traz o suporte para a criação e execução de máquinas virtuais do Ubuntu nos novos dispositivos Mac que utilizam o processador M1 da Apple.

“Até agora, os usuários do M1 não tinham muitas opções para executar o Linux. Ferramentas VM populares, como VirtualBox e VMWare, ou não suportam a nova arquitetura, ou ainda estão em estágio de visualização. O Multipass é a resposta da Canonical.”

Canonical

Com essa atualização, a Canonical acrescenta que o Multipass é compatível com as principais arquiteturas, oferecendo aos desenvolvedores a experiência de ter um ambiente de desenvolvimento consistente independente do sistema operacional escolhido por ele.

Você já conhecia o Multipass? Pretende testá-lo? Deixe sua opinião nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
5 melhores navegadores web para Linux
Continue lendo

5 melhores navegadores web para Linux

Navegar na internet se tornou algo bastante comum em nossas vidas, tanto que bons navegadores web fazem toda a diferença em nosso workflow. Conheça hoje 5 opções de navegadores web para Linux.