Tecnologia

Tire suas dúvidas sobre codecs bluetooth

Criada inicialmente para conectar dispositivos em um curto espaço sem a necessidade de fios, a tecnologia Bluetooth evoluiu bastante desde 1994 e atualmente é um dos meios de conexão mais populares do mercado.

Seja em fones de ouvido, mouses e teclados, a tecnologia bluetooth vêm sendo mais utilizada do que nunca, com lançamentos que oferecem cada vez mais recursos para os usuários e um atraso na comunicação menor, permitindo a criação de setups completamente sem fio. 

Assim como qualquer tecnologia computacional que utiliza dados, o bluetooth também possui codecs que visam melhorar seu funcionamento em algumas áreas e no artigo de hoje, iremos falar um pouco mais sobre estes codecs e suas funções.

O que é um codec?

A palavra “Codec” é um acrônimo para “COdificador/DECodificador”, eles realizam a tradução de diversos arquivos de mídia como fotos, vídeos e músicas para formatos que podem ser reproduzidos por softwares como o VLC ou dispositivos como autorrádios.

Além disso, eles também possuem a capacidade de comprimir dados para eles ocuparem menos espaço de armazenamento e possam ser enviados mais rápido entre dispositivos.

Qual a necessidade de codecs Bluetooth?

Os codecs voltados a tecnologia bluetooth podem trazer tanto vantagens quanto desvantagens aos produtos que utilizam esta tecnologia.

Utilizando fones de ouvido bluetooth como exemplo, alguns codecs podem trazer resultados diferentes, como uma latência menor, qualidade de som maior ou até mesmo uma taxa de bits de áudio diferente.

Quais os codecs bluetooth disponíveis no mercado

Existem diversos tipos de codecs Bluetooth que podem oferecer experiências diferentes durante o uso de seus dispositivos, conheça alguns deles:

SBC

O codec SBC (Low Complexity Subband Codec) é um dos mais famosos codecs bluetooth, isso porque ele pode ser encontrado em diversos fones de ouvido baratos, já que pode ser utilizado sem licenciamento.

Ele faz parte do Perfil Avançado de Distribuição de Áudio (A2DP) e mesmo sendo um dos mais utilizados no mercado, sua compressão causa perdas perceptíveis de qualidade, tanto no áudio, quanto a de conexão (que pode ser bastante instável).

Este codec atinge até 345 kilobits por segundo a 48 kHz para as conexões sem fio, não sendo adequado para o streaming de música, portanto, se você comprar um fone de ouvido que oferece apenas este codec é um sinal de que a qualidade de som não é tão boa quanto poderia.

AptX

Desenvolvido pela Qualcomm, o codec AptX (Audio Processing Tecnology) é um codec que oferece aos usuários taxas de bits mais altas e latência menor, sendo um codec recomendado para streaming de áudio.

Ele possui diversas versões, como:

  • AptX HD: taxa de bits de 567 kb/s com taxa de amostragem de 48kHz;
  • AptX (sem HD): taxa de bits de 384kb/s com taxa de amostragem de 48kHz;
  • AptX LL (Low Latency): oferece latência de 40ms.

Um dos únicos contras do codec bluetooth AptX, se deve ao fato de que os dispositivos da Apple não possuem suporte a ele, porém, ele é retro compatível com o SBC, ou seja, você poderá utilizá-los, mas não terá nenhuma das vantagens de taxa de bits e latência.

LDAC

Desenvolvido pela Sony para quem deseja minimizar as perdas do streaming de músicas sem fio, o codec bluetooth LDAC oferece até 990 kb/s e profundidade de amostragem 32-bit a 96 kHz.

Ele é suportado por dispositivos Android superiores à versão 8 (Android Oreo), mesma versão em que este codec entrou para o AOSP (Android Open Source Project) e se seus fones e celular forem compatíveis, você terá uma ótima qualidade de áudio.

LHDC 

Este é outro codec focado em altas taxas de bits, porém, diferente dos outros codecs citados neste artigo, o LHDC não ganhou o seu espaço no mercado, nem mesmo após tentar parcerias com fabricantes de dispositivos bluetooth como a Edifier, Audio-Technica e Senneheiser.

Apesar disto, ainda é possível encontrar alguns dispositivos com este codec que oferece taxas de bits de até 900kb/s com taxa de amostragem de 96 kHz na definição 24-bit.

AAC

O codec AAC (Advanced Audio Codec) é o padrão que temos em dispositivos da Apple, como iPhones, Macbooks e iPads. Embora seja utilizado nos produtos da maçã, ele é compatível com alguns dispositivos Android e notebooks convencionais.

Ele oferece a taxa de bits de 320 kb/s com 96 kHz de taxa de amostragem e embora os números não pareçam tão impressionantes, o método de transferência de dados do codec é quem faz a diferença na qualidade sonora.

Isso porque ele se baseia em modelos psicoacústicos que consideram o que as pessoas conseguem ouvir durante a compressão do áudio para o envio ao fone de ouvido.

LC3

Com o lançamento do Bluetooth 5.2, o codec LC3 foi apresentado e embora ele ainda seja algo mais “nichado” ele é o sucessor do padrão SBC, podendo manter uma boa qualidade de áudio com uma taxa de amostragem mais baixa.

Ele ainda não está tão em alta no mercado, mas é uma boa promessa para as fabricantes de fones de ouvido bluetooth.

Você conhecia algum destes codecs bluetooth? Já se perguntou qual o codec seu fone de ouvido bluetooth utiliza?

Até o próximo artigo pinguim!

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
415 postagens

Sobre o autor
Olá pessoas, me chamo Carlos Augusto e desde meus 6 anos sou apaixonado por tecnologia, principalmente por computação. Além de tentar ser um projeto de redator, no tempo livre gosto de fazer algumas manutenções e gambiarras!
Artigos
    Postagens relacionadas
    Tecnologia

    Descomplicando termos técnicos para hospedagem de sites

    TecnologiaVídeo

    EcoFlow DELTA 2, uma poderosa estação de energia portátil

    Tecnologia

    Domine o CSS Grid Layout com o Penpot