Desenvolvido pela Microsoft por volta da metade dos anos 90, o Windows é um dos sistemas operacionais mais utilizados no mercado de desktop, sendo o sistema com maior market share, cerca de 87% (NetMarketShare).

Ele passou por diversas reformulações ao longo do tempo, para atender as demandas de design, usabilidade e até mesmo produtividade, que apareceram com a evolução  a tecnologia e, há cerca de 6 meses, tivemos seu último lançamento, o Windows 11.

Embora tenha se passado pouco tempo, a Microsoft está entregando várias atualizações, com novos recursos e aumento de estabilidade para o sistema. 

O sistema do trabalho híbrido

Com o lançamento do Windows 11, diversos conceitos de ergonomia e produtividade foram aplicados pela Microsoft para tornar este lançamento o sistema do trabalho remoto, deixando-o confortável para as pessoas que precisam passar horas sentadas no computador.

Além disso, ele também é focado em auxiliar o crescimento de outros serviços oferecidos pela companhia, como a plataforma de trabalho remoto Microsoft Teams, o Office 365 e futuramente o Windows 365.

A Microsoft pretende remover os limites entre o desktop e a nuvem, realizando uma integração com o Windows 365 Switch que permitirá a você se movimentar entre sua máquina na nuvem e a máquina de trabalho local, sem perda de dados no processo.

Uma barra de tarefas “melhorada”

Desde o lançamento do Windows 11, uma das coisas que maios deixou os usuários do sistema perplexos é o fato do sistema não ter uma barra de tarefas tão customizável como suas versões anteriores, além do fato dela parecer mais “estranha” devido aos ícones centralizados e sua tray na direita, deixando o lado esquerdo totalmente vazio.

image 21

Nas versões mais recentes do sistema eles pensaram em uma solução de design para equilibrar a barra de tarefas, passando o ícone de Widgets para a lateral esquerda,  onde os widgets são exibidos.

image 20

Ainda não é possível mover a barra de tarefas para uma lateral ou até mesmo o lado superior da área de trabalho, mas quem sabe a Microsoft não reveja esta decisão no futuro?

image 19
Customização do Windows 10

Além disso, se você utiliza um segundo monitor em sua workstation, a Microsoft passou a disponibilizar o relógio na barra de tarefas do monitor secundário, um recurso que visa ergonomia, fazendo com que você não perca o foco olhando para outro monitor enquanto procura pela data ou hora.

image 18

Windows Explorer, agora com abas!

Independente do trabalho que você exerça em seu computador, lidar com arquivos faz parte do nosso dia-a-dia e quanto mais funcional for o gerenciador de arquivos, melhor. Não é mesmo?

Um dos maiores problemas do Windows Explorer, está ligado a falta de uma função já existente no mercado há alguns anos que permite aos usuários do sistema ter mais organização em seu desktop, as abas.

N TufXg4gTbis92FhPjAtXn45I4itrzVeUioeFB7RhYjqP41c1qKDid4ixom xKJecVVJu8vP8

Softwares como o Groupy e até mesmo o Files, ofereciam este recurso para os usuários do sistema da Microsoft e embora eles sejam muito bons, uma ferramenta oficial da Microsoft era esperada há muito tempo.

Após vários anos a Microsoft anunciou que o recurso de abas em seu explorador de arquivos enfim está chegando e embora não haja uma data oficial, o recurso já se encontra disponível em algumas builds do sistema.

image 17

Redesenhando o gerenciador de tarefas

O Windows 11 é um sistema inovador e a Microsoft não quer que toda essa inovação se perca com as aplicações legadas de versões anteriores do Windows, como o painel de controle e o gerenciador de tarefas.

Enquanto a Microsoft continua lutando para substituir totalmente o Painel de controle pela central de configurações, ela resolveu dar ao gerenciador de tarefas do sistema um novo visual, após quase 10 anos.

image 16
Gerenciador de tarefas no Windows 8

O novo gerenciador de tarefas traz aos usuários um visual arredondado e um pouco mais moderno utilizando elementos como as barras laterais que fazem parte do design de várias aplicações do Windows 11.

image 15

Ele ainda será mais integrado ao sistema operacional, utilizando a cor de destaque do sistema para exibir os elementos, além de oferecer suporte ao modo escuro, como demonstrado na imagem acima.

Se você deseja saber mais sobre o Windows 11, temos um episódio do DioCast com o Rafael Shikamaru do Canal WINchester onde falamos sobre a versão mais recente do sistema e o que esperamos dele.

Você utiliza ou pensou em utilizar o Windows 11? O que acha do novo sistema da Microsoft? 

Até o próximo artigo pinguim!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste