Linux

antiX: o pendrive Linux completo

Você já pensou num pendrive Linux para levar um computador no bolso? Sim, é possível; graças ao antiX Linux, uma distribuição leve e rápida, com várias opções de ambientes gráficos minimalistas, baseada no Debian Stable, que pode até se transformar em rolling release, pois permite habilitar os repositórios Debian Testing e Debian Unstable/Sid.

Uma das muitas características do antiX é poder ser usado sem instalar, diretamente no pendrive e completamente independente do computador, perfeito para a sua privacidade quando usa um computador que não é seu.

Todo o seu computador num pendrive Linux

Recentemente, apresentamos o antiX (pronuncia-se “êntics”) aqui no blog, como instalar aplicativos e atualizar essa distribuição, que é perfeita para computadores mais simples ou de 32 bits (os antigos Pentium II e Pentium III), pois exige apenas de 192 MB de RAM e de 700 MB a 5 GB de espaço livre em disco, dependendo da versão.

Mas para quê instalar se você pode levar todo o seu computador num pendrive, com os seus programas, permitindo salvar os seus arquivos?

As funções exclusivas do antiX

O antiX Linux é uma distribuição muito flexível que, além de poder ser instalada num disco, também pode ser usada como um pendrive com persistência (Live USB), isto é, permite atualização, instalação de aplicativos, ou salvar as alterações que você realizar em arquivos e documentos.

antiX Linux: o pendrive Linux completo — Criador de snapshots de um sistema instalado
antiX Linux: o pendrive Linux completo — Criador de snapshots de um sistema instalado

O pendrive Linux do antiX é chamado pelos desenvolvedores de “o mais completo Live USB do planeta”, um verdadeiro canivete suíço, pois além de poder utilizá-lo como um sistema independente, você pode:

  • Tirar instantâneos (snapshots) de um sistema instalado;
  • Replicar um instantâneo noutros computadores;
  • Usar um instantâneo como cópia de segurança (backup);
  • Usar o antiX num pendrive Linux criptografado ou não;
  • Usar as ferramentas de recuperação de inicialização (bootloader) do MX-Linux, inclusive um aplicativo de linha de comando dedicado à recuperação do sistema instalado no próprio computador (chroot-rescue-scan).
Funções exclusivas do pendrive antiX Linux

Baixe o antiX Linux

Você pode baixar os arquivos ISO do antiX e preparar o seu pendrive Linux com o Ventoy, o Balena-Etcher ou o Rufus e, neste caso, os desenvolvedores sugerem não configurar o espaço de persistência, pois o antiX oferecerá essa possibilidade ao ser iniciado (opção F8 Save).

A distribuição está disponível em quatro versões (arquivos ISO):

  1. antiX-full (1.4 GB) e 4 gerenciadores de janelas: IceWM (padrão), fluxbox, jwm e herbstluftwm, além de conter o Libreoffice completo;
  2. antiX-base (800 MB) e 4 gerenciadores de janelas: IceWM (padrão), fluxbox, jwm e herbstluftwm;
  3. antiX-core (460 MB) e sem interface gráfica, mas dá suporte à maioria dos drivers para redes Wi-Fi;
  4. antiX-net (180MB) e sem interface gráfica, mas somente o suficiente para você se conectar numa rede cabeada, digitando como usuário root um dos comandos abaixo (dependendo do nome que a sua placa de rede recebeu).
dhclient eth0

ou

dhclient eth1

Ferramentas e aplicativos pré-instalados

Assim que você inicia o pendrive, pode utilizar alguns dos aplicativos pré-instalados no ambiente Fluxbox, que é o padrão do antiX:

  • Navegador Firefox (102.3-0esr);
  • LibreOffice completo (7.4);
  • Gerenciador de arquivos ROX-Filer (2.11);
  • Visualizador de PDF gpdfview (0.4.18);
  • Terminal ROX-Term (2.9.5);
  • Editores de textos Leafpad (0.8.18.1), Geany (1.37.1) e vim (8.2.2434);
  • Gerenciador de partições Gparted (1.3.1);
  • Gerenciador gráfico de pacotes Synaptic (0.91.2);
  • Gerenciador gráfico de repositórios (0.2.8);
  • Ferramentas de backup Grsync (1.3.0) e luckyBackup (0.5.0);
  • Ferramenta de reparação da inicialização do sistema operacional instalado no disco (22.08.14).
antiX Linux: o pendrive Linux completo — Reparador de inicialização do sistema instalado no disco
antiX Linux: o pendrive Linux completo — Reparador de inicialização do sistema instalado no disco

E muito mais: captura de tela; calculadora; digitalizador de documentos; gerenciador de torrents; reprodutor de rádio, áudio, vídeo e streaming; ripador de CD; bloqueador de propagandas; e a lista não acaba mais.

Se você pensa que não poderá personalizar a interface, está enganado, o antiX vem com dezenas de temas pré-configurados para o Fluxbox, além de manuais e instruções para tudo.

Utilizando o pendrive Linux

Após a transferência do sistema, o antiX oferece diversas formas de inicialização com e sem persistência, ou seja, permitindo salvar as alterações efetuadas durante o uso do pendrive. A senha do usuário root é “demo” (sem as aspas).

A persistência root dinâmica permite que você suba todo o sistema para a memória RAM e libere a porta USB para ser usada por outro pendrive ou disco USB. Após utilizar o computador, caso você tenha atualizado arquivos de sistema, ele pedirá que você volte a colocar o pendrive para salvar os arquivos antes de desligá-lo ou reiniciá-lo. O espaço de armazenamento está limitado pela quantidade de memória RAM disponível no computador onde você utiliza o antiX.

A forma estática de persistência root salva as alterações diretamente no pendrive. É mais lenta, mas não exige memória RAM extra e, ao desligar ou reiniciar, não é preciso transferir ou atualizar o sistema, pois tudo já foi realizado diretamente no pendrive.

O pendrive Linux com o antiX detecta automaticamente os dispositivos de armazenamento (discos) conectados ao seu computador, ou você pode utilizar a tecla F4 no menu de inicialização.

Caso você utilize as funções de persistência, as informações sobre os seus discos são automaticamente salvas no arquivo fstab e carregadas na próxima vez: por isso, não utilize a persistência quando usar o pendrive Linux num computador que não for o seu.

Logicamente, a velocidade do sistema dependerá da qualidade da porta USB do computador utilizado: o antiX funciona bem em portas USB 3, satisfatoriamente em USB 2, mas tudo ficará lento em USB 1 devido à baixíssima velocidade de leitura e gravação. Mas fique tranquilo, a maioria dos computadores, mesmo antigos, vem com portas USB 2.

Você pode atualizar o seu pendrive Linux com a persistência root e “acumular” modificações. Depois de algum tempo ou de uma atualização significativa, pode “esvaziar” o espaço de persistência e recriar o sistema Linux do seu pendrive usando a opção Live Remaster. Tudo ficará como se você tivesse instalado uma nova versão atualizada do antiX, inclusive o kernel pode ser atualizado e remasterizado.

O sistema antiX é bastante enxuto, mas flexível em personalização. Você pode atualizar o sistema por um aplicativo em modo gráfico (o antiX-Updater); instalar aplicativos no pendrive usando o gerenciador gráfico Synaptic ou a linha de comando (cli-aptiX) e, a seguir, remasterizar o seu pendrive Linux.

O antiX Linux é uma distribuição leve feita para quem prefere utilizar o sysVinit ou o runit como sistema de inicialização, em vez do systemd, nas arquiteturas 32-bit e 64-bit.

antiX Linux: o pendrive Linux completo — Área de trabalho
antiX Linux: o pendrive Linux completo — Área de trabalho

Gostou de saber que o antiX pode ser um pendrive Linux completo, o seu computador de bolso? Assine a nossa newsletter semanal e não perca nada do que acontece nos nossos canais!

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
64 postagens

Sobre o autor
Para mim, as melhores coisas da vida são gratuitas e não tem preço. Sou apaixonado por compartilhar conhecimento e experiências sobre tecnologia e software livre.
Artigos
    Postagens relacionadas
    VídeoLinux

    Qual o melhor Linux?

    VídeoLinux

    Por que tanta gente considera o Linux seguro?

    VídeoLinux

    Por que quem joga pelo PC não troca logo o Windows pelo Linux?