Placas de vídeo da NVIDIA são ótimas soluções para diversos produtores de conteúdo, jogadores e alguns usuários domésticos que necessitem de um certo poder gráfico em seus computadores.

Porém, mesmo com todo o poder que essas placas possam oferecer, elas não se dão muito bem com usuários Linux que precisem utilizar Wayland, já que seu driver proprietário não traz suporte a tal tecnologia.

Essa história está prestes a mudar, já que a nova versão dos drivers proprietários para estas placas de vídeo serão mais amigáveis ao Wayland. Sendo assim, prepare sua bebida favorita, sente-se confortavelmente e vamos falar sobre a NVIDIA.

Ainda mais amigável com Wayland!

Embora fosse possível utilizar o Wayland de forma satisfatória através do NOUVEAU (driver de código aberto), os usuários não poderiam acessar todo o desempenho que o driver proprietário oferece.

A empresa já estava trabalhando em formas de melhorar o suporte ao Wayland (já que esse servidor gráfico é o futuro do desktop Linux). Para isso, os drivers 470 da NVIDIA, irão trazer algumas melhorias para o Xwayland.

O que é o XWayland?

O Xwayland é uma camada de compatibilidade para que aplicativos que necessitem do servidor X (Xorg) possam funcionar de maneira satisfatória ao serem utilizados no servidor Wayland. 

DMA-BUF no Driver Nvidia

A empresa está há algum tempo trabalhando para que seu driver proprietário possa suportar buffers de passagem como o DMA-BUF. Essa implementação irá permitir ao driver proprietário um suporte melhor ao Wayland (se compararmos com o EGLStreams).

A equipe da NVIDIA anunciou que esse suporte estará presente na versão 470 de seu driver, e é um ótimo começo para seu suporte ao Wayland.

Wayland por padrão

Após a decisão da Canonical sobre manter o Wayland por padrão no Ubuntu, uma das primeiras coisas que eu pensei foi quanto ao suporte da NVIDIA e suspeitei que ele estaria próximo.

O Ubuntu é uma das distribuições Linux que possui maior influência no mercado e uma mudança desse porte, não iria ser tomada sem algum tipo de plano para os usuários de placas gráficas da NVIDIA.

Daniel Van Vugt da Canonical que também é conhecido por seu trabalho com desktop GNOME, forneceu uma observação sobre o uso de Wayland em placas NVIDIA:

The main reason not to use Wayland on NVIDIA is that it doesn’t support hardware acceleration of X11 apps (most apps and all games).

1. They are rendered in software on the CPU, so that’s a significant step backward. But NVIDIA has a fix on the way.
2. Also, I am advised they’re making the next driver release (470) even more Wayland-friendly. So those are the two main things we’re waiting on right now.

A principal razão para não usar wayland na NVIDIA é que ele não suporta aceleração de hardware de aplicativos X11 (a maioria dos aplicativos e todos os jogos).

1 – Eles são renderizados em software na CPU, de modo que é um passo significativo para trás. Mas a NVIDIA tem uma correção no caminho.
2 – Além disso, estou avisado que eles estão fazendo a próxima versão de driver (470) ainda mais amigável wayland. Então essas são as duas principais coisas que estamos esperando agora.

Considerações finais

É possível que em alguns meses a versão 470 dos drivers da NVIDIA estejam disponíveis para os usuários de Linux, e que após esse lançamento, utilizar o Wayland por padrão seja algo comum entre as distribuições.

Você utiliza NVIDIA? O que acha dessa mudança? Deixe para gente nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste