Notícias

Plex Media Player lança pacote oficial nos formatos Snap e Flatpak

O Plex Media Player é um serviço de streaming gratuito que se destaca dos concorrentes por possuir funcionalidades bastante avançadas que permitem, até mesmo, que você crie a sua própria plataforma de streaming.

Após muita espera, o Plex finalmente lançou uma versão oficial dos seus apps para sistemas operacionais Linux.

Muito mais do que um serviço de streaming

O Plex Media Player segue um modelo de negócios parecido com o Stremio e o Popcorn Time, oferecendo um catálogo com diversos conteúdos multimídia totalmente de graça. O serviço paga pelos direitos de exibição de cada um dos seus conteúdos através de um sistema de anúncios, mostrados antes e durante a exibição dos mesmos.

Uma das maiores vantagens do Plex Media Player é que, como o seu próprio nome já sugere, ele disponibiliza muito mais do que apenas filmes e séries. No Plex você pode encontrar: filmes, séries, músicas, podcasts, diversos canais de TV ao vivo e rodar os seus próprios arquivos de mídia.

O objetivo da plataforma é que você possa acessar todo o seu conteúdo de mídia em um só lugar.

Acesse conteúdos de outros serviços de streaming através do Plex

Sabe quando você quer assistir um filme ou série, mas não sabe em qual plataforma ele está disponível? O Plex Media Player pode ser uma grande ajuda em situações como essa.

Compatibilidade com Netflix, Prime Video e muitos outros

Ao realizar uma pesquisa no Plex, você também pode encontrar os conteúdos de outros serviços de streaming, como Netflix, Prime Video, HBO Max e muitos outros. Porém, por não serem conteúdos da própria plataforma, os mesmos não podem ser assistidos diretamente através do Plex.

plex media player linux
Exemplo de uma série da HBOMax que pode ser encontrada através do Plex.

Ao encontrar um filme ou série pertencente a outra plataforma, o Plex mostrará uma página com informações como: sinopse, ficha técnica, arte de capa, avaliações do IMDb, ano de lançamento, entre outros.

Além disso, haverão links de todos os serviços de streaming nos quais o conteúdo encontra-se disponível no momento. Mesmo não sendo possível assisti-los no Plex Media Player, o serviço facilita a vida das pessoas na hora de procurar por um conteúdo específico.

Acesse o Tidal através do Plex Media Player

O Plex possui uma parceria com o serviço de streaming de músicas Tidal. Através das configurações, você pode linkar o Plex Media Player com a sua conta do Tidal e aproveitar todo o catálogo do serviço de streaming de músicas.

tidal no plex
Executando músicas no Tidal através do Plex Media Player.

Crie a sua própria Netflix com o Plex Server

Um dos melhores diferenciais do Plex em comparação a outras plataformas de streaming é que com ele você pode utilizar os arquivos de mídia no seu computador para criar a sua própria plataforma de streaming.

Desta forma, o computador no qual você instala o Plex Server funciona como um servidor e os arquivos de mídia presentes no mesmo poderão ser acessados a partir de qualquer dispositivo conectado à internet e tenha o aplicativo do Plex instalado.

Uma biblioteca pessoal com cara de profissional

Quando você adiciona um filme do seu PC no Plex Server, o serviço cria, automaticamente, uma página para o mesmo contendo todas as informações que você encontraria em uma página da Netflix.

plex media player
Exemplo de como os seus filmes locais aparecerão na biblioteca do Plex Media Player.

Além disso, o serviço busca na internet por legendas, em vários idiomas, para os filmes que você adicionou. As legendas encontradas podem ser ativadas da mesma forma que você faria em qualquer outro serviço de streaming.

O Plex Media Player também adiciona diversas opções de resolução para os conteúdos do seu serviço de streaming pessoal. Por exemplo: se você adicionar um vídeo em 1080p na plataforma, o mesmo também poderá ser assistido em 720p, 480p e assim por diante.

Por fim, o Plex Server também pode ser utilizado em conjunto com o Google Drive, o que pode ser uma “mão na roda” para quem não tem muito armazenamento disponível no computador.

Compartilhamento avançado de mídia

Após ter criado a sua própria Netflix com o Plex Server, você poderá compartilhar o acesso a ela com quem você quiser. Basta que a pessoa tenha instalado o aplicativo do Plex no dispositivo em que deseja assistir, e pronto!

O compartilhamento de mídia é uma funcionalidade tão importante no Plex, que acabou se criando toda uma comunidade que cria o seu próprio serviço de streaming e compartilha o acesso na internet. Alguns de forma gratuita e outros de forma paga.

O Plex é mesmo de graça?

O Plex Media Player e o Plex Server podem ser utilizados de forma gratuita. Porém, existe uma versão paga que disponibiliza diversas funcionalidades avançadas, alguns dos recursos presentes na versão paga do Plex são:

  • Fazer o download das mídias nos dispositivos para serem acessadas offline;
  • A definição de restrições avançadas de compartilhamento (semelhante a um controle dos pais);
  • Suporte a streaming das suas próprias mídias em 4k;
  • Aceleração por GPU nas versões Server e Media Player;
  • Suporte a canais de TV aberta;
  • A possibilidade de pular a introdução dos episódios e muito mais.

O plano pago do Plex custa R$ 14,99 mensais, mas também pode ser contratado no plano anual por R$ 165,99 ou de forma vitalícia por R$ 499,99.

Em quais plataformas o Plex pode ser utilizado?

O Plex Server está disponível de forma oficial para distribuições Linux baseadas no Debian e no Fedora (pacotes .deb e .rpm), macOS, Windows e FreeBSD. Além de vários sistemas operacionais para servidores NAS e docker. A lista completa pode ser encontrada na página de downloads do serviço.

O Plex Media Player, utilizado apenas para assistir e não para transmitir, está disponível para um total de 22 sistemas operacionais e dispositivos, incluindo: Linux, Windows, macOS, Android, iOS, AppleTV, Chromecast, Amazon Alexa, Amazon FireTV e muitos outros.

Como instalar o Plex Media Player no Linux

O Plex Media Player está disponível oficialmente para Linux através dos pacotes Snap, que podem ser instalados em qualquer distribuição Linux, contanto que o suporte a este tipo de app esteja ativado.

Instale o Plex em Snap

Verifique se o suporte a Snaps está ativado no seu sistema e, em seguida, visite a página do software na Snap Store ou rode o comando abaixo no seu terminal:

sudo snap install plex-desktop

Também há uma versão do Plex Media Player, em Snap, disponível para Home Theater PCs. Para instalá-la, visite a página do software na Snap Store ou rode o comando a seguir:

sudo snap install plex-htpc

Como instalar o Plex em flatpak

Assim como os snaps, as aplicações em flatpak também podem ser instaladas em qualquer distribuição Linux. Para isso, basta que você ative o suporte a este tipo de app no seu sistema.

Com o suporte a flatpaks e ao repositório Flathub esteja habilitado, basta pesquisar por “plex” na sua loja de aplicativos e clicar em “Instalar”.

install plex media player on linux
Versão em Flatpak do Plex Media Player na GNOME Software do Fedora Workstation 36.

Algumas lojas de aplicativos não possuem suporte a aplicações em flatpak. Nesses casos, o Plex Media Player poderá não aparecer como resultado da pesquisa. Se esse for o seu caso, visite a página do Plex no Flathub ou rode o comando abaixo no seu terminal.

flatpak install flathub tv.plex.PlexDesktop

O procedimento é o mesmo para instalar a versão para Home Theater PCs do Plex,visite a página desta versão do software no Flathub ou rode o comando a seguir no seu terminal:

flatpak install flathub tv.plex.PlexHTPC

Após instalado, o Plex Media Player poderá ser encontrado no seu menu de aplicativos.

Limitações relacionadas ao Wayland

No momento em que este artigo está sendo produzido, o Plex Media Player não possui suporte oficial ao servidor gráfico Wayland. Ao rodar as versões em Snap e Flatpak do app através do terminal é possível ver uma mensagem que diz: “Wayland is currently unsupported” (No momento, o Wayland não é suportado).

Print 3 1

A versão em flatpak exibe a mesma mensagem ao ser executada pelo terminal, mas, mesmo assim, o app abre e eu não identifiquei qualquer problema no seu funcionamento. Todavia, é importante ter em mente que pode ser necessário utilizar o Xorg para poder aproveitar o máximo potencial do Plex no Linux.

Um excelente serviço, mas não é para todos

Mesmo tendo um plano pago, é absurda a quantidade de recursos que o Plex oferece no seu plano gratuito. Certamente este não é um produto para todos. 

Eu mesmo, prefiro pagar pelos serviços de streamings tradicionais do que ter o trabalho de manter o meu próprio. Porém, para quem gosta ou precisa deste tipo de serviço, o Plex é um “prato cheio”.

Você já conhecia o Plex ou conhece outro serviço que seja tão bom quanto ele? Conte  nos comentários abaixo.

Isso é tudo pessoal! 😉

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!