As novidades de fevereiro do Linux Mint

mint novidades fevereiro 1

Como de costume, após o término de cada mês a equipe de desenvolvimento do Linux Mint faz uma publicação (em inglês) no seu blog oficial, falando sobre as principais novidades nas quais a equipe trabalhou nos últimos 30 dias. Recentemente foi lançado o post falando sobre os principais passos que os desenvolvedores do Mint deram no mês de fevereiro de 2021.

Mais insistente ao avisar sobre atualizações disponíveis

Conforme abordamos no nosso artigo sobre a importância de manter o seu sistema sempre atualizado, é essencial que todos os usuários de dispositivos eletrônicos, como computadores e smartphones saibam como, quando e porque atualizar o seu sistema.

Mesmo assim, uma grande parcela das pessoas simplesmente não sabe da importância que isso tem, e mantém os seus dispositivos sem receber atualizações por meses ou até mesmo anos.

A equipe do Linux Mint tem procurado por soluções para reduzir ao mínimo o número de usuários rodando o sistema desatualizado e inseguro, e, para melhorar estas estatísticas estão sendo feitas diversas mudanças.

A linha tênue entre ser útil ou irritante

As soluções mais simples para que os usuários mantenham os seus sistemas atualizados, são aplicar de alguma forma as atualizações automaticamente ou aumentar a frequência dos avisos.

O problema é que, do ponto de vista de alguns, ambas são péssimas ideias em relação à privacidade.

Por esse motivo, o pessoal do Mint está procurando uma melhor forma de aumentar a frequência e o impacto dos avisos de atualização do sistema sem que isso seja irritante para o usuário.

Um “Mint Updater” mais inteligente

O software responsável pelo gerenciamento das atualizações do sistema no Linux Mint será capaz de observar há quanto tempo o sistema encontra-se sem receber as atualizações disponíveis, bem como comparar as versões dos softwares instalados com aqueles disponíveis nos repositórios, para assim poder aumentar a frequência das notificações de maneira inteligente.

Mesmo assim, este comportamento será configurável e poderá ser desativado, deixando clara a ideia de que o usuário é o único responsável por decidir se o seu computador irá ou não receber as atualizações.

Segundo o que foi dito no artigo oficial de divulgação:

We have key principles at Linux Mint. One of them is that this is your computer, not ours. We also have many use cases in mind and don’t want to make Linux Mint harder to use for any of them.

Nós temos alguns princípios-chave no Linux Mint. Um deles é que o computador é seu, não nosso. Temos em mente diversos casos de uso e não queremos tornar o Linux Mint mais difícil em nenhum deles.

Ainda mais correções de bugs

Além de todo o esforço sendo empregado em relação às atualizações do sistema, outras correções de bugs e novas funcionalidades estão sendo trabalhadas para tornar a vida dos usuários do Linux Mint cada vez mais fácil.

Inicialização mais rápida

Em alguns casos, um app que esteja programado para iniciar com o sistema pode atrasar a inicialização em até 1 segundo, especialmente se tratando de apps que utilizam a tray do sistema (ícones ao lado do relógio). Isso ocorria porque era necessário garantir que a própria tray já estivesse ativa, antes de iniciar a execução destes apps.

Para resolver este problema, os desenvolvedores do Mint redesenharam a funcionalidade do zero, o que certamente irá otimizar o tempo de boot do sistema.

Melhorias no gerenciador de arquivos Nemo

Também foram implementadas várias novidades relacionadas ao gerenciador de arquivos Nemo, das quais podemos destacar:

  • Corrigidos vários bugs relacionados a utilização da função de favoritos do gerenciador de arquivos;
  • Foi corrigida uma falha que fazia com que o Nemo ocasionalmente gerasse “leaks” (vazamento/consumo excessivo) de memória RAM ao redimensionar a janela do software;
  • Leaks de memória também foram encontrados em algumas extensões/plugins do Nemo e também foram corrigidos;
  • Melhorias de performance e estabilidade no gerenciamento de arquivos e thumbnails;

No desktop, de modo geral, foram resolvidos bugs relacionados a exibição de fontes em negrito em diversas áreas do sistema.

Novidades para o Cinnamon Desktop

Como “melhoria pouca é bobagem”, as novidades não pararam por aí e o Linux Mint também está chegando com novidades relacionadas ao Cinnamon (interface gráfica do sistema).

Vazamentos de memória agora podem ser controlados por você

Alguns bugs ocorrem apenas com combinações específicas de software e hardware, fazendo com que sejam muito difíceis de serem reproduzidos pelos desenvolvedores dos sistemas.

Conforme mencionamos anteriormente, várias correções relacionadas a vazamentos de memória RAM já foram aplicadas, porém, bugs podem permanecer em softwares por anos até serem resolvidos e ainda é provável que hajam problemas relacionados a leaks de memória no Linux Mint.

Para contornar este problema está sendo implementada uma funcionalidade que possibilita que o usuário determine um valor máximo de memória RAM que o Cinnamon pode consumir.

linux mint cinnamon

Ao atingir este limite, o Cinnamon Desktop se reiniciará automaticamente. Não se preocupe, caso isso ocorra o sistema permanecerá “irresponsivo” apenas por alguns segundos e a sua sessão não será perdida.

Personalização aprimorada no Linux Mint

Por fim, foi aprimorada a interface responsável por prover a instalação de applets (extensões) no Cinnamon Desktop.

linux mint novidades

Foram feitas algumas alterações no código fonte da aplicação, para garantir que tudo esteja traduzido, independente de qual idioma você esteja utilizando no sistema. Além disso, agora também serão exibidas algumas informações adicionais sobre os applets, como, por exemplo: o nome, o ícone, a descrição e se o mesmo encontra-se instalado ou não.

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
KDE Plasma 5.12.9 LTS lançado
Continue lendo

KDE Plasma 5.12.9 LTS lançado

Usuários da versão 5.12 LTS (Long Term Support) do KDE Plasma tiveram uma boa notícia no último dia 10 de setembro, com o lançamento da nona versão de manutenção do desktop environment. Com um total de 24 correções de erros e atualizações de tradução, a versão 5.12.9 deve ser o último update antes do lançamento da próxima LTS.