A importância das atualizações em sistemas operacionais

importancia atualizar sistema

Ao contrário do que é dito por muitos supostos “técnicos de informática” e “especialistas de YouTube”, instalar atualizações no seu sistema é de extrema importância para manter a segurança e o bom funcionamento do mesmo.

Embora essa possa parecer uma afirmação óbvia para muitos, infelizmente ainda existe uma parcela significativa de pessoas que acaba caindo em dicas no mínimo arriscadas, como, por exemplo, não atualizar o seu Windows pirata para mantê-lo funcional.

Mantenha o seu sistema sempre atualizado!

Compatibilidade com novos softwares

À medida que a tecnologia avança no “mundo dos softwares”, também aumentam os recursos disponíveis para pessoas de caráter duvidoso que dedicam o seu tempo e conhecimento ao desenvolvimento de softwares com objetivo de espionar, roubar os seus dados pessoais e até mesmo acabar com a “saúde” do seu sistema operacional.

Além disso, frequentemente novas tecnologias são criadas. As aplicações que você utiliza no seu computador ou smartphone hoje em dia, são certamente muito mais avançadas e oferecem um número bem maior de recursos quando comparadas às suas versões de poucos anos atrás.

Todos estes programas, cada vez mais modernos, precisam rodar da melhor forma possível em sistemas operacionais, que, muitas vezes, foram lançados antes de tais softwares. Para viabilizar esse funcionamento, frequentemente são lançadas atualizações para compatibilizar o seu sistema operacional com o maior número possível de novas tecnologias.

As novas tecnologias nos hardwares

É claro que, assim como acontece com os softwares, os novos hardwares também precisam ser compatibilizados com todas as tecnologias de última geração que utilizam. 

hardware-moderno-sistema-desatualizado
Sistema desatualizado em hardware moderno? 🤔🤦‍♂️

Desde periféricos mais simples como mouses e teclados, passando por monitores e indo até peças mais complexas como placas de vídeo e processadores, todos precisam de um software compatível para funcionar e extrair o máximo desempenho.

Por fim, se você não quer ser vítima de ataques tanto locais quanto remotos ou ter problemas de funcionamento com novos softwares e hardwares, mantenha sempre o seu sistema 100% atualizado!

Estatísticas sobre atualizações no Linux Mint

Recentemente a equipe de desenvolvimento do Linux Mint levantou algumas estatísticas que demonstram que um número relativamente grande de pessoas aparentemente não se preocupa tanto quanto deveria com as atualizações do sistema.

Conforme mencionado no post original do Linux Mint (em inglês), os números que mostraremos a seguir não são 100% precisos, mas servem para que possamos ter uma boa ideia de como os usuários têm cuidado desta parte tão importante da manutenção do seu sistema operacional.

Apenas cerca de 30% das pessoas atualiza o sistema em até uma semana

Após o lançamento da versão 85 do Firefox, a equipe do Linux Mint solicitou as informações referentes ao tráfego de atualização de usuários do Mint que utilizam os servidores espelhados pelo Yahoo.

É claro que estes dados cobrem apenas aquela parcela de usuários que utilizam os servidores do Yahoo, mas, mesmo assim serve para que possamos ter uma boa noção do quão rápido as atualizações são aplicadas.

As estatísticas mostraram que apenas cerca de 30% dos usuários atualizaram para a nova versão do navegador da Mozilla em uma semana ou menos. Também foi possível identificar que boa parte dos usuários ainda utiliza a versão 77 do Firefox (que foi entregue por padrão no lançamento do Linux Mint 20), mostrando que essas pessoas nem atualizaram os seus sistemas após a instalação.

Entre 5% e 30% dos usuários utilizam uma versão descontinuada do Mint

Também foram levantados dados indicando que de 5% à 30% dos usuários do Linux Mint ainda utilizam as versões 17.x do sistema, que se encontra descontinuada desde abril de 2019. Desta forma, absolutamente ninguém deveria estar utilizando estas versões do Linux Mint.

Estes dados foram obtidos através dos registros de atualizações e instalações de softwares do gerenciador de pacotes “apt”, e, por uma série de fatores técnicos, não são dados precisos. O quê explica o “gap” de 5% à 30% de imprecisão.

Atualização do Firefox para o descontinuado Linux Mint 17

Mesmo as versões 17.x do Linux Mint não sendo mais oficialmente suportadas, a equipe decidiu abrir uma exceção e lançar uma atualização de emergência do navegador para estes sistemas. Todavia, fica o aviso para que todas as pessoas que estão utilizando versões descontinuadas do Linux Mint deveriam atualizar o mais rápido possível para a versão mais recente.

KDE Neon há quase um ano sem atualizar

Infelizmente a falta de preocupação das pessoas em manter os seus sistemas atualizados vai muito além das estatísticas.

Há mais de um ano instalei o KDE Neon em um laptop de um membro da minha família, e, depois disso, passei vários meses sem utilizar o dispositivo. Quando peguei o laptop pela primeira vez depois bastante tempo, percebi que ele não foi atualizado sequer uma única vez, após eu tê-lo entregue ao dono.

Felizmente, mesmo estando tanto tempo sem receber atualizações, o sistema continuava funcionando perfeitamente e finalmente foi atualizado com sucesso.

As atualizações “forçadas” do Windows

Até há algum tempo eu costumava “falar mal” do modo como o Windows 10 “força” a instalação de atualizações no sistema. Não é difícil encontrarmos pessoas alegando que “o Windows decidiu atualizar” no pior momento possível. Todavia, será mesmo que isso é uma coisa ruim?

atualizacoes-mint
“-Não vou atualizar, isso é perda de tempo! Algum tempo depois: -Porcaria de Windows deu tela azul!” 🤷‍♂️

Se o Windows não “forçasse” a realização da atualização, será mesmo que as pessoas iriam ao menos lembrar de fazê-lo? Ou, assim como este membro da minha família, passariam meses, ou até anos sem atualizar o Windows? Para depois, possivelmente ficar reclamando do mau funcionamento do mesmo?

Atualizações automáticas por padrão no Linux?

Fatos, como este que mencionei anteriormente, me fazem pensar se não seria uma boa ideia termos algum tipo de sistema de atualizações automáticas ativados por padrão nas distribuições Linux. Seria esta a única forma de evitar que usuários fiquem descontentes com o possível mau funcionamento de sistemas que estão há meses ou anos sem serem atualizados?

Conte-nos nos comentários abaixo o que você pensa sobre a importância das atualizações, e, qual seria a melhor solução para que mesmo os usuários mais desatentos possam manter os seus sistemas sempre o mais atualizado possível.

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
O "Phablet" da LG
Continue lendo

O “Phablet” da LG

Por padrão, costumamos dizer que os smartphones são celulares inteligentes e que tablets são aparelhos maiores que dispensam as funções de chamadas.