Confira o desempenho de GTA V no Linux vs. no Windows

gta-v-no-linux-vs-windows

Como é que é? Eu li direito? GTA V no Linux? Até parece, Linux nem roda jogos!

Não é de se impressionar com o fato de que muitas pessoas ainda não sabem que distribuições Linux podem ser excelentes escolhas como sistemas para jogos. Afinal, até alguns anos atrás, em se tratando de games, as distros Linux não podiam sequer ser comparadas ao Windows: tanto em compatibilidade quanto em desempenho.

Se tratando dos lançamentos e dos jogos mais populares é inegável que o Windows ainda está alguns passos à frente de qualquer distro Linux. Todavia, é realmente impressionante o tanto que “o Linux” cresceu no sentido de se tornar uma plataforma para jogos cada vez melhor nos últimos anos.

O crescimento “do Linux” como uma plataforma para jogos

Alguns fatores chave como o lançamento do cliente Steam para Linux em 2012, a implementação do Proton na SteamPlay (que surgiu como fruto de uma parceria entre a Valve e a CodeWeavers em 2018), o lançamento da API Vulkan em 2016, a criação de softwares como o DXVK, D9VK, Lutris, e muitas outras contribuições feitas por empresas e comunidades fizeram com que em um curto espaço de tempo as distribuições Linux passassem a possuir um nível de compatibilidade e desempenho com jogos “infinitamente” superior ao que costumava ter há alguns anos atrás.

Toda essa evolução atraiu um grande número de usuários “casuais”, “gamers” e “profissionais” para os sistemas Linux. Se tratando de “gaming”, é natural que os usuários busquem sempre pelo sistema que lhes atende melhor, para conseguirem tirar o maior proveito possível do seu hardware.

Comprar hardware no Brasil hoje em dia não é nada barato, por isso, nada mais justo do que utilizar um sistema operacional que possa extrair o máximo proveito do dinheiro que você trabalhou tão duro para investir.

É justamente por essa razão que é bastante comum, e até mesmo útil, que os usuários façam benchmarks comparando o desempenho dos seus jogos preferidos no Windows e na distribuição Linux que utilizam.

E é justamente isso o que decidi fazer, e compartilhar com vocês através deste artigo.

GTA V é uma boa escolha para um comparativo em 2020?

Para fazer este teste naturalmente escolhi um jogo do qual eu gosto muito (atualmente do modo offline apenas). Um jogo que embora não seja nenhum lançamento ainda é um game muito, mas muito popular. Sendo o terceiro jogo mais vendido da história, com os seus 130 milhões de cópias ficando atrás apenas de Minecraft e do super clássico Tetris.

Tenho jogado GTA V no Linux há cerca de um ano, mas nunca fui de utilizar HUD’s de monitoramento de hardware durante as minhas gameplays, a não ser para fazer testes. Com isso, nunca realmente havia feito uma comparação entre o desempenho deste jogo no Linux e no Windows. Até agora!

O “Campo de batalha”

No lado Microsoft da força, utilizei o Windows 10 na build 1909 com com todas as atualizações em dia (até 27/05/2020). No lado Linux da força utilizei a distro que tem sido o meu “porto seguro” há mais de um ano; O Fedora Workstation 32 na sua edição oficial com o GNOME Shell como interface gráfica.

Como a maioria de vocês já deve saber, GTA V não é um jogo nativo no Linux, sendo que é possível jogar através da camada de compatibilidade (não, não é um emulador!) desenvolvida pela Valve que mencionamos anteriormente, o Proton na versão 5.0-7.

O hardware utilizado em ambos os testes foi o seguinte:

  • CPU AMD Ryzen 5 2600 3.9GHz
  • GPU AMD Radeon RX 580 8GB
  • RAM 16GB DDR4 2666MHz
  • HDD 1TB Western Digital Blue

Em ambos os sistemas o jogo foi setado com exatamente as mesmas configurações gráficas, utilizando o DirectX 11 em 1080p, com os efeitos alternando entre o “Muito Alto” e o “Ultra”. Optei por não gravar a tela, pois isso acarretaria em uma interferência no desempenho tanto no Windows quanto no Linux, afetando a precisão dos testes.

A hora da verdade no GTA V: Linux vs Windows

Conforme pode ser visto no gráfico abaixo, praticamente não houve diferença no desempenho nos dois sistemas. Ao rodar o GTA V no Linux conseguimos 1 FPS a mais na mínima, e 3 FPS a menos de média. Se formos desconsiderar a máxima pode se dizer que tivemos um empate.

gta-v-no-linux-vs-windows-grafico

Mas é claro que não vamos ignorar o fato de que o Windows nos deu 24 FPS a mais de máxima, o que significa que o sistema da Microsoft teve sim um desempenho levemente superior. E digo “levemente” porque de todos os parâmetros analisados o pico máximo de FPS é certamente aquele que menos importa.

Então Linux já se iguala ao Windows em desempenho nos jogos?

Ao contrário do que aconteceu da última vez que fiz um comparativo semelhante a este, no qual testei o jogo Shadow of the Tomb Raider que possui versão nativa para Linux, desta vez o resultado foi bastante equilibrado, sendo que a experiência de jogo nas duas plataformas se mostrou ser exatamente a mesma.

Não acredito que “o Linux” esteja em “pé de igualdade” com o Windows no quesito desempenho em jogos, e certamente ainda não chegou lá no aspecto compatibilidade, mas certamente está cada dia mais próximo. Claramente o número de jogos que funcionam “out of the box” no sistema do Pinguim, ou seja, sem a necessidade de ajustes e gambiarras é cada vez maior.

É claro, que a diferença de desempenho entre os sistemas pode ser maior para pessoas que possuem um hardware muito antigo, mas esse é um problema que deve deixar de existir com o passar do tempo, já que esses hardwares mais antigos estão cada dia mais caindo em desuso.

Por fim, certamente “o Linux” pode ser utilizado como um sistema para jogos sem maiores “dores de cabeça”, e óbviamente é possível jogar GTA V no Linux e conseguir uma experiência tão boa quanto no Windows. Um resultado que certamente se repete para vários outros grandes títulos.

Você gostaria de ver mais destes comparativos aqui no blog? Se sim, quais jogos você gostaria que fossem testados? Conte mais nos comentários abaixo!

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste