O Spicetify é uma ferramenta multiplataforma via linha de comando para personalizar a aparência do Spotify. Com ele, você pode alterar as cores da interface ou até instalar plugins que adicionam novas funcionalidades no Windows, Linux e MacOS.

spicetify themes

Confira algumas das principais funcionalidades oferecidas pelo Spicetify:

  • Mudar as cores de toda a interface do Spotify;
  • Customização avançada através da edição de arquivos “.css”;
  • Adicionar extensões para estender a funcionalidade do software;
  • Remover componentes desnecessários do cliente do Spotify para aprimorar a performance;
  • Adicionar apps personalizados ao Spotify.

Hoje você irá aprender a utilizar o Spicetify para instalar novos temas na versão do Spotify para Linux.

Alterando a aparência do Spotify com o Spicetify

O Spicetify é uma aplicação 100% via linha de comando. Por isso, todos os passos, desde a instalação até a configuração e a utilização do software, também serão realizados por comandos no terminal.

Vale ressaltar que as localizações de alguns dos arquivos que serão utilizados durante a instalação e configuração do Spicetify podem variar de acordo com a distro.

Passo 1: Instale o Spicetify

Instalar o Spicetify é bastante simples, tudo o que você precisa fazer é rodar o comando abaixo no seu terminal:

curl -fsSL https://raw.githubusercontent.com/khanhas/spicetify-cli/master/install.sh | sh

Passo 2: Autorize o Spicetify a modificar o seu Spotify

O procedimento a seguir é significativamente mais simples para versões do Spotify instaladas nos derivados do Arch Linux através do AUR e nos derivados do Debian/Ubuntu via “apt”. Nas versões em Flatpak, o procedimento de “autorização” é mais longo e complicado.

Aplicações instaladas via Snap não podem ser modificadas. Por isso, não é possível utilizar o Spicetify com elas.

Spotify instalado via AUR no Arch Linux e derivados

Rode os comandos a seguir para conceder ao Spicetify permissão de escrita sobre os arquivos de instalação do Spotify:

sudo chmod a+wr /opt/spotify
sudo chmod a+wr /opt/spotify/Apps -R

Spotify instalado via “apt” no Ubuntu e derivados

Utilize os comandos abaixo para dar permissão de escrita ao Spicetify:

sudo chmod a+wr /usr/share/spotify
sudo chmod a+wr /usr/share/spotify/Apps -R

Spotify instalado em flatpak

Se você instalou o Spotify via flatpak, inicie e feche o programa pelo menos uma vez, e então encontre em qual diretório ele foi instalado.

Para isso, verifique se a pasta mostrada na imagem abaixo está presente no seguinte diretório:

/var/lib/flatpak/app/com.spotify.Client/x86_64/stable/active/files/extra/share/spotify/
spicetify spotify customization

Caso não exista esta pasta no diretório indicado, você pode utilizar o comando abaixo para saber onde os softwares em Flatpak estão instalados no seu sistema.

flatpak --installations

Após encontrar a pasta indicada, acesse “~/spicetify-cli” (dentro da sua pasta Home), abra o terminal dentro desta pasta e rode o comando:

./spicetify

Agora você precisa encontrar o arquivo “prefs” do seu Spotify. Ele pode estar em duas possíveis localizações: (Lembre-se de substituir “SEUUSUARIO” pelo seu nome de usuário no sistema).

/home/SEUUSUARIO/.config/spotify/prefs

Ou:

/home/SEUUSUARIO/.var/app/com.spotify.Client/config/spotify/prefs

Tendo encontrado o arquivo “prefs”, pressione “Ctrl+H” para exibir os arquivos ocultos, acesse “~/.config/spicetify/”.

Abra o arquivo “config-xpui.ini” com um editor de texto.

text editor spicetify

Conforme mostrado na imagem acima, dentro desse arquivo adicione a pasta de instalação do seu Spotify no campo “spotify_path” e a localização do arquivo “prefs” no campo “prefs_path”. Salve e feche o arquivo.

Acesse novamente o diretório “~/spicetify-cli”, abra o terminal dentro dele e confirme a localização do arquivo “prefs” com o comando a seguir:

./spicetify config prefs_path /home/SEUUSUARIO/.var/app/com.spotify.Client/config/spotify/prefs

Por fim, conceda permissões de escrita para que o Spicetify possa modificar o seu Spotify:

sudo chmod a+wr /var/lib/flatpak/app/com.spotify.Client/x86_64/stable/active/files/extra/share/spotify
sudo chmod a+wr -R /var/lib/flatpak/app/com.spotify.Client/x86_64/stable/active/files/extra/share/spotify/Apps

Passo 3: Como utilizar o Spicetify

Antes de iniciar o Spicetify pela primeira vez, com o terminal aberto em “~/spicetify-cli/”, rode o comando a seguir:

./spicetify backup apply enable-devtool

Após isso, não será mais necessária a utilização desse comando.

Baixando novos temas

Utilize os comandos abaixo para baixar e instalar um dos pacotes de temas disponibilizados na página oficial do Spicetify.

git clone https://github.com/morpheusthewhite/spicetify-themes.git
cd spicetify-themes
cp -r * ~/.config/spicetify/Themes

Após instalados, os temas ficam armazenados em “~/.config/spicetify/Themes/”.

Aplicando os novos temas

Para aplicar os novos temas, acesse a pasta “~/spicetify-cli”, abra o terminal dentro dela, e utilize o comando a seguir substituindo “NOMEDOTEMA” pelo nome da pasta do tema desejado, localizado em “~/spicetify-cli/Themes/”.

./spicetify config current_theme NOMEDOTEMA

Então aplique o tema escolhido:

./spicetify apply

No exemplo abaixo, escolhi aplicar o tema “BurntSienna”.

dolphin

Veja como ficou o visual final:

Antes:

spotify

Depois:

spotify customized by spicetify

Agora você pode desfrutar do Spotify com o visual que mais combina com a sua personalidade. 

Para alterar o tema novamente, basta refazer o procedimento demonstrado em “Aplicando os novos temas”.

Para restaurar o Spotify ao seu visual original, acesse o diretório “~/spicetify-cli/” com o terminal e rode o comando:

./spicetify restore

Você conhece outras alternativas para personalizar o visual do Spotify? Compartilhe nos comentários abaixo!

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Com ativar o dual-boot no Pop!_OS
Continue lendo

Como ativar o dual-boot no Pop!_OS

O Pop!_OS é um sistema operacional incrível, porém, ele peca um pouco quando o assunto é dual-boot. No artigo de hoje, você irá aprender a realizar dual-boot no Pop!_OS.