desempenho do seu site - seo
Tutoriais

Melhore o desempenho do seu site com software livre

Existem diversos fatores que podem afetar o desempenho do seu site e o alcance do seu conteúdo, felizmente muitos deles são controláveis e você pode usar as dicas desse guia para conseguir gradualmente alcançar todo o potencial do seu site.

Se você publica conteúdo na internet e o seu alcance orgânico não cresce ou cresce muito lentamente, este artigo foi escrito pensando em você.

Será que você está cometendo algum dos erros indicados abaixo?

Melhore o desempenho do seu site com ferramentas de software livre

Este guia é baseado em minha rotina de trabalho diário utilizando um desktop Linux, as ferramentas que indico estão disponíveis para praticamente todas as distros e podem ser instaladas facilmente via Flathub. 

Todas as dicas podem ser facilmente aplicadas em outros sistemas operacionais, basta buscar pela ferramenta com funcionalidade equivalente. 

Nosso primeiro passo para melhorar o desempenho do seu site é revisar cada um dos pilares essenciais para garantir uma boa otimização para dispositivos móveis e melhores pontuações no Google Page Speed.

Use formatos de imagem otimizados

Imagens são componentes importantes de uma comunicação eficiente, uma imagem cativante e otimizada pode aumentar o impacto do seu conteúdo. Imagens sem os cuidados corretos podem detonar seu ranqueamento, vamos conferir alguns cuidados específicos com imagens que todo site deveria tomar.

Equilibrar a qualidade e o tamanho das imagens em seus conteúdos é essencial, procure mantê-las tão pequenas quanto possível. Em média, imagens perto de 200 KB são aceitáveis, mas outros fatores como a quantidade de imagens por página podem influenciar no tempo de carregamento do seu site.

Opte por utilizar imagens adequadas para web como JPG, Heif e WebP e caso o CMS que você utiliza não possua suporte nativo, procure por alternativas via plugin. Evite utilizar PNGs a menos que realmente seja necessário e nestes casos, faça testes para obter a melhor compressão possível.

desempenho do seu site - yoga flathub

Você pode diminuir a quantidade de plugins em seu site e facilitar seu trabalho otimizando imagens com algumas ferramenta gratuitas antes mesmo de fazer o upload para o seu servidor, ferramentas como o Yoga e o Image Optimizer te permitem tratar lotes completos de arquivos com poucos cliques e estão disponíveis via Flatpak.

Adote nomes de arquivos semânticos

Nunca nomeie os arquivos de imagem do seu site como IMAGEM.jpg, PRINT001.jpeg ou qualquer coisa similar a isso. Utilize nomes que façam sentido com o conteúdo onde as imagens estão inseridas, isso vai permitir que as imagens possam ser corretamente indexadas e aumenta suas chances de aparecer nas pesquisas por imagem.

Uma dica prática é utilizar a palavra-chave do seu conteúdo como parte do nome do arquivo. Exemplo: “palavra chave – print de algo.webp”

desempenho do seu site - renomear arquivos em lote

Felizmente renomear arquivos em lote é algo bastante simples e está disponível em gerenciadores de arquivos, Nautilus (GNOME), Dolphin (KDE) e Thunar (XFCE) possuem esse recurso nativamente.

Equilibre os conteúdos externos

Se você também produz conteúdos multimídia como vídeos, podcasts e vlogs, evite sobrecarregar seu texto com links externos demais ou vídeos embutidos em excesso. Conteúdo externo em demasia pode aumentar seu bounce-rate (abandono do conteúdo) e tornar o carregamento do seu site lento, prejudicando a experiência do visitante.

Neste caso você precisa fazer testes e procurar qual é o limite saudável para o seu público, salvo raras exceções, dois vídeos embutidos por conteúdo já podem representar algum perigo para o desempenho do seu site.

Plataformas como YouTube, Odysse e Twitch já otimizam o vídeo utilizando algoritmos específicos, então, para este cenário o melhor é também otimizar as thumbs e descrições do vídeo para aumentar a retenção de atenção dos seus leitores.

Atenção com os metadados

De forma simplificada os metadados são partes do seu conteúdo que auxiliam os buscadores a entender melhor o contexto de um arquivo, fazendo com que eles sejam mais eficientes ao responderem às perguntas dos visitantes.

Alguns dos metadados mais importantes para preencher corretamente, são:

  • Resumo de página (excerpt);
  • Descrição de categorias;
  • Texto alternativo de imagens;
  • Sumário (índice) do conteúdo;
  • Títulos de Imagens.

Sem estas informações no seu conteúdo a indexação dos buscadores não será tão eficiente quanto poderia. 

Se você utiliza bancos de imagens com frequência, pode ser interessante fazer uma limpeza de metadados em imagens, antes de carregá-las em seu site. Uma das ferramentas mais práticas para essa finalidade é o Metadata Cleaner que pode ser baixado diretamente do Flathub.

desempenho do seu site - metadata cleaner

Se você precisar de apoio no começo, sugiro adotar uma plugin de SEO como o Rank Math ou o Yoast, mas, tenha em mente que plugins são apenas uma referência e que a otimização do conteúdo vai muito além.

Utilize todos os recursos da sua hospedagem

Se você já aplica todas as dicas anteriores e mesmo assim ainda está com problemas, o próximo passo é garantir que a sua hospedagem entrega todos os recursos que você necessita.

Ao longo dos anos utilizei diversos serviços de hospedagem e atualmente a maioria dos meus projetos estão hospedados na Hostinger, principalmente por conta dos recursos que eles incluem em seus planos de hospedagem.

Recursos como CDN integrada e cache, tanto para o acesso DNS quanto para a distribuição de cache de arquivos podem aumentar drasticamente a velocidade do seu site, tanto no carregamento quanto no primeiro acesso ao conteúdo.

desempenho do seu site - cdn cloudflare

Além disso é possível ter acesso a novos recursos que melhoram o desempenho do seu site porque todos os ambientes são atualizados com diferentes versões do PHP, Node, bancos de dados e certificados SSL.  Um ambiente atualizado é primordial para ganhar mais alguns pontos na guerra do ranqueamento.

desempenho do seu site - php opcoes

As dicas deste guia cobrem as principais otimizações possíveis de serem executadas sem a necessidade de contratar um desenvolvedor para customizar o código do seu website e afetam diretamente a experiência do usuário “on-site”.

Você que é produtor de conteúdo já aplica estes pilares de otimização no seu blog?

Compartilhe conosco quais truques você utiliza em sua rotina, deixe um comentário em nosso fórum.

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
175 postagens

Sobre o autor
Entusiasta de tecnologia que sempre gostou de desmontar tudo, o que me levou ao interesse por software livre e todas as possibilidades que ele oferece. Sou Editor-chefe no blog Diolinux e também trabalho consultor de SEO, gestor de tráfego e otimização de presença digital. Mastodon
Artigos
Postagens relacionadas
TutoriaisVídeo

Curso de Storytelling - Conte histórias que as pessoas querem ouvir!

TutoriaisVídeo

Aprenda a utilizar as máscaras do GIMP

Tutoriais

Adeus Hamachi! Testamos a rede meshnet da NordVPN