Tutoriais

Como instalar o Balena Etcher no Linux

Instalar uma distribuição Linux em seu computador é um processo relativamente simples, você precisa apenas do arquivo ISO do sistema escolhido, um pendrive ou cartão de memória com tamanho suficiente e um software para gravar a ISO no dispositivo de armazenamento.

Existe uma infinidade de softwares voltados a esta atividade, mas sem dúvida nenhuma, o Balena Etcher é uma das melhores opções, por ser simples, gratuito e multiplataforma, permitindo aos usuários criar dispositivos bootáveis em qualquer sistema operacional.

No artigo de hoje, você irá conhecer um pouco mais do Balena Etcher e aprender a instalá-lo e utilizá-lo em sua distribuição Linux favorita.

Balena Etcher, simples e poderoso

Com uma interface simples e bastante inteligível, o Balena Etcher é uma ferramenta muito prática que te permite gravar qualquer sistema operacional em um dispositivo de armazenamento móvel, como um Pendrive ou um cartão SD. 

Através dele, você pode realizar gravação de ISOs para a criação de pendrives bootáveis e até mesmo a gravação de imagens do sistema para dispositivos Raspberry Pi, além de verificar se a gravação ocorreu de forma correta, evitando que você tenha uma surpresa ao tentar instalar o sistema e se deparar com uma tela preta.

image 34

Instalando o Balena Etcher no Linux

Instalar o Balena Etcher no Linux é muito simples, por ser empacotado no formato AppImage, ele pode ser utilizado em qualquer sistema Linux com poucos cliques.

O primeiro passo é realizar o download do Balena Etcher, para isso, basta ir até o site oficial do projeto e clicar em “Download for Linux”.

image 33

Será realizado o download de um arquivo .zip que após ser descompactado, irá oferecer um arquivo no formato .appimage. Clique neste arquivo com o botão direito e vá até propriedades.

image 32

Na aba permissões, certifique-se de que a opção “Permitir que este arquivo execute como um programa” esteja marcada e após isso, dê um duplo clique no arquivo para executá-lo.

image 31

Como gravar um pendrive com o Balena Etcher

Agora que o Balena Etcher está “instalado” em seu computador, vamos utilizá-lo para criar um pendrive bootável. 

image 30

Primeiramente, note que em sua interface temos uma pequena “linha de produção”, onde na primeira etapa selecionamos o arquivo que será utilizado para a gravação, esteja ele disponível de forma local ou remota através de uma URL.

Já a segunda etapa é a de seleção de uma unidade USB que será utilizada para a gravação, caso você possua apenas um dispositivo conectado, ele será selecionado automaticamente, já se houver mais de um dispositivo, o Balena Etcher irá solicitar que você selecione o dispositivo a ser utilizado no procedimento.

image 29

Após selecionar o arquivo e o dispositivo a ser utilizado, basta clicar em “Flash!” que o processo será iniciado e após a gravação da ISO e verificação do USB, você está liberado para formatar sua máquina!

image 28
image 27

Caso você queira uma solução que te forneça a possibilidade de utilizar diversos arquivos ISO em um único dispositivo, o Ventoy pode ser o que você procura.

Você já conhecia o Balena Etcher? O que acha desta ferramenta? 

Até o próximo artigo pinguim!

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
415 postagens

Sobre o autor
Olá pessoas, me chamo Carlos Augusto e desde meus 6 anos sou apaixonado por tecnologia, principalmente por computação. Além de tentar ser um projeto de redator, no tempo livre gosto de fazer algumas manutenções e gambiarras!
Artigos
    Postagens relacionadas
    Tutoriais

    Adeus Hamachi! Testamos a rede meshnet da NordVPN 

    Tutoriais

    Como instalar Debian Unstable (Sid)

    VídeoTutoriais

    Quanto Linux pesa? Linux quanto custa?