Linux

Linus lança versões estáveis e anuncia o Kernel Linux 6.0

Linus Torvalds publicou a versão 6.0 Release Candidate 1 (v6.0-rc1) do Kernel do Linux no Mainline, árvore de lançamento do Kernel onde as novidades são introduzidas e acontece a festa do desenvolvimento das novidades. Corre comigo para conferir o que vem por aí, porque uma das principais é velocidade. 🚀

Como são os lançamentos do Kernel?

Se você acessar o site oficial do projeto em https://www.kernel.org, verá que a primeira coluna possui termos como “longterm”, “stable”, “mainline” e na segunda coluna é exibido o número de versão do Kernel. Esta primeira coluna é a categoria atual do lançamento, que indica que tipo de trabalho está sendo feito, da seguinte forma:

  • Prepatch: são pré-lançamentos vindos da categoria Mainline e voltadas para os desenvolvedores e entusiastas que desejam testar as novidades. Precisa ser compilado a partir do código-fonte;
  • Mainline: onde as novidades são lançadas e o trabalho do desenvolvimento deles é organizado;
  • Stable: depois de passar pela Mainline e pela Prepatch, toda a coleção das correções aprovadas é mesclada por um mantenedor do Kernel e uma versão estável é lançada. Esta é a sinalização do que pode ser usado em ambiente de produção sem passar por grandes problemas. Correções deste grupo acontecem em base semanal e alimentam o conjunto que pode levar a uma nova Mainline;
  • Longterm: são as versões voltadas para ambientes de produção que não podem ser atualizados com muita frequência e que precisam manter compatibilidade. Não há uma frequência fixa de lançamentos porque somente as correções críticas são adicionadas e a base padrão é de 6 anos de suporte.

O que significam os números das versões do Kernel?

A numeração do Kernel obedece ao padrão Semantic Version MAJOR.MINOR.PATCH, com a seguinte estrutura:

  • MAJOR: versão que pode gerar incompatibilidades, pois há grandes mudanças;
  • MINOR: versão que adicionam recursos sem afetar a compatibilidade; e
  • PATCH: correções de comportamento e segurança, mantendo a compatibilidade.

Para conferir a versão que você está usando, digite no terminal:

$> uname -r

É curioso que as versões major do Kernel não necessariamente trazem tantas novidades. O Kernel é atualizado com tanta frequência que novidades aparecem o tempo todo. Assim, trocar os números para uma major por vezes é necessário para que a numeração minor não fique muito longa.

Foi o que aconteceu nesta versão 6.0. O mantenedor da Mainline, Linus Torvalds, anunciou no dia 31/07/22 que passaria a usar 6.0 ao invés de 5.20. Para o usuário final, o mais importante é a melhoria de velocidade. Mas há destaques voltados para a indústria e que vai melhorar sua vida sem você notar.

Quais são as novidades da versão 6.0 do Linux Kernel?

  • Performance: os desenvolvedores têm feito um longo trabalho de limpeza da casa, reorganizando módulos, tirando desnecessários e juntando códigos que fazem coisas semelhantes. Aliado à extensão de suporte aos novos hardwares, o Kernel 6.0 tem sido muito elogiado por quem tem testado sua velocidade.
  • Maior compatibilidade com ARM64: agora com suporte ao uso de espelhamento de memória (EFI Mirrored Memory) e  a ACPI PRM (que agiliza o boot do sistema), servidores ARM possuem mais desempenho e confiabilidade (e Linus Torvalds tem usado um MacBook ARM64 com Linux em seu trabalho);
  • Mais suporte a hardware: aqui a lista é bem longa, mas destacamos o suporte à arquitetura chinesa de processadores LoongArch; vários novos suportes a arquiteturas da AMD e Intel em áudio, vídeo e firmware (o que ajudará a você usar o Linux em qualquer hardware) e novas instruções de virtualização KVM para AMD e Intel.
  • hostname como parâmetro do Kernel: este recurso provavelmente não faz diferença para o usuário comum. Mas para empresas e entusiastas que utilizam certos recursos de hardware que rodam em rede e que precisam do hostname fora do ambiente do usuário, agora não incorrem mais em erro porque passa a ser anunciado em tempo de boot.
  • Real-time Verification para sistemas críticos: em sistemas de aviação ou de suporte à vida, jamais é tolerável um crash de sistema. Esta tecnologia faz um complexo e rigoroso teste durante a execução para que o Kernel perceba a iminência de quebra e contorne rapidamente.
  • Suporte estável a H.265/HEVC: isso indica que seus dispositivos 4K/8K agora ficarão mais estáveis e sem gargalos.
  • Correção da falha Retbleed: esta é uma falha bem grave e de difícil correção porque envolve hardware. O que foi anunciado foi um fix de contorno, que dará proteções adicionais aos sistemas afetados.
  • BTRFS 3x mais rápido: com o uso da Send Stream v2, o limite de IO subiu para 256 setores, levando ao aumento de velocidade de leitura em sistemas de arquivos BTRFS em até 3x. 

Como os ciclos de lançamento do Kernel tem sido bem intensos, não deve demorar para que a versão 6.0 já esteja em seu desktop, especialmente se você utiliza uma distribuição Rolling Release. Para conhecer as  principais distribuições Rolling Release atuais e entender este conceito, dá uma conferida neste nosso artigo As diferenças entre LTS e Rolling Release.Para terminar, vamos lembrar rapidamente de algumas das novidades que chegaram nas versões 5.18 e 5.19 e que já estão rodando em várias distros por aí:

  • Suporte a BIG TCP, pacotes IPv6 super dimensionados para aumentar a velocidade de transmissão;
  • Wake-on-LAN via Wi-Fi em drivers Qualcomm;
  • Maior suporte à arquitetura ARM64;
  • Melhorias no controlador Apple M1 NVMe SSD;
  • Atualizações no suporte a placas gráficas com AMD RDNA, CDNA, Intel Raptor Lake e Intel DG2/Alchemist;
  • Melhorias nos controles de DRM (para tocar áudio/video com direitos autorais);
  • Ampliação de suporte para teclados mecânicos Keychron e para digitalizadoras Wacom;
  • Driver para NVIDIA Tegra Video Decode;
  • Ampliação do suporte KVM, permitindo que um host Linux agora tenha até 511 CPUs virtuais;
  • Suporte nativo a sistemas de arquivo NTFS;

E aí? Ficou ansioso com o ganho de performance? Conte nos comentários qual dessas novidades é a mais importante para você. E para não perder nenhuma de nossas novidades, assine a nossa newsletter!

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!