Novidades de abril do Linux Mint

Novidades de abril do Linux Mint

A cada mês que se passa o Linux Mint segue trabalhando em busca de deixar seu sistema cada vez mais estável e funcional. O mês de abril não foi diferente para a equipe que continuou trazendo novidades para o sistema operacional.

Com um relatório que vai desde mudanças em algumas aplicações até mesmo novidades sobre a interface Cinnamon, o Linux Mint quer te surpreender este mês.

Curioso para saber sobre tudo o que rolou? Então prepare sua bebida favorita, sente-se confortavelmente e vamos falar sobre o Linux Mint!

Os aplicativos do Linux Mint

Nada melhor para começar um post do que falar sobre aplicativos, não é mesmo? A equipe e a comunidade do Linux Mint estão trabalhando para que essas aplicações sejam cada vez mais funcionais.

Warpinator para android

Uma das novidades do Linux Mint 20 foi o aplicativo de transferência de arquivos na rede “Warpinator”. Ele é bastante funcional e cumpre o que promete, porém, ele possuía uma limitação, funcionando apenas em sistemas Linux.

Bem, isso está prestes a mudar, já que o desenvolvedor “slowscript” desenvolveu uma versão para Android do Warpinator.

image
google play

Dentro da equipe do Linux Mint, Lars Mueller (também conhecido como Cobinja) está desenvolvendo um aplicativo oficial do Warpinator para dispositivos móveis. Esse aplicativo será baseado em Flutter SDK e além de uma versão android, pode ser que tenhamos uma versão para iOS.

Hypnotix sem FREE-IPTV?

O Hypnotix é um aplicativo de IPTV desenvolvido pela equipe do Linux Mint para usuários que utilizam essa tecnologia de streaming. Por padrão, ele era enviado com o fornecedor FREE-IPTV, mas isso vai mudar.

Após alguns conflitos pessoais entre os mantenedores do FREE-IPTV e seus inúmeros forks no GitHub, além de outros projetos que copiavam parte de seu conteúdo, o FREE-IPTV acabou encerrando seu projeto.

Bem, isso não tem nada a ver com o Hypnotix, mas impactou diretamente seus usuários, que utilizavam o provedor FREE-IPTV no aplicativo.

Para contornar isso, a equipe do Linux Mint mudou o provedor padrão para o Free-TV, que é bem menor, mas semelhante ao provedor anterior. Mas que fornece somente  canais de TV gratuitos prezando pela qualidade e não pela quantidade.

Uma nova parceria do Linux Mint

Já pensou em utilizar o Mint em seu celular ou tablet para trabalhar de qualquer lugar? Graças a parceria da equipe do Linux Mint com o Shells.com, você pode!

Para entender o funcionamento do shells, pense que você possui uma máquina virtual na nuvem onde você pode acessar o sistema a qualquer hora de qualquer lugar, bastando apenas abrir o site ou aplicativo.

image 9

Os “Shells” (como são chamadas as VM’s) criam snapshots automáticos que podem te ajudar caso o sistema venha a falhar alguma hora. 

Vale dizer que o serviço é pago em doletas e pode sair um pouco caro, principalmente no Brasil, mas a cada assinatura realizada através do link de afiliado do Linux Mint, eles ganham 10% do valor.

Novidades do Cinnamon 5

Atualmente, o Linux Mint conta com a versão 4.8.5 do Cinnamon e a equipe já está trabalhando na versão 5 da interface gráfica. Segundo os desenvolvedores, essa versão trará ferramentas para verificar e atualizar os complementos do Cinnamon, como os applets, desklets, extensões e temas.

Para gerenciar e atualizar essas aplicações hoje em dia, você pode utilizar o Applet “Spices Update” do desenvolvedor “Claudiux”, porém, a equipe deseja trazer soluções de forma oficial.

Para isso, a nova versão da interface virá com uma ferramenta de linha de comando chamada de cinnamon-spice-updater que pode listar atualizações disponíveis e/ou aplicá-las. 

Linux Mint Update

O gerenciador de atualizações do sistema também irá receber melhorias e  poderá atualizar os complementos do Cinnamon.

image 8

Tecnicamente falando, as atualizações dos applets são bem diferentes das aplicações do “APT”, mas, do ponto de vista do usuário, ele será apresentado de forma semelhante. Mostrando todas as informações e tendo os mesmos recursos de uma atualização de software comum, como, por exemplo, travar e automatizar as atualizações de um pacote.

Fim da vida do Linux Mint 18.X

Cinco anos se passaram e o Linux Mint 18 e suas versões perderam o suporte oficial de sistemas LTS. Caso você utilize alguma dessas versões, é recomendado que você atualize seu sistema para versões posteriores ou instale uma versão mais recente, como o Linux Mint 20.1.

Você utiliza o Linux Mint? O que achou dessas novidades? Deixe sua opinião para a gente nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
SoftMaker Office 2018 chega para Linux com interface "Ribbon"
Continue lendo

SoftMaker Office 2018 chega para Linux com interface “Ribbon”

Para as pessoas que gostam da interface Ribbon do Microsoft Office, porém, gostariam de utilizar um suíte no Linux, uma das principais alternativas atualmente é o WPS Office, além é claro, do modo "Ribbon" do próprio LibreOffice, contudo, isso pode ainda não ser o suficiente para você, por isso é hora de ver uma prévia do novo SoftMaker Office 2018.