Com a chegada do Linux Mint 20, trouxe muitas novidades para os seus utilizadores e fãs da distro. O Linux Mint é sem dúvida, uma das distros do mundo Linux que mais conta com carinho de sua comunidade.

Essa versão do Linux Mint é tão aguardada, pois trará as melhorias implementadas pelo Ubuntu 20.04 (distro base), e que agora, poderão ser desfrutadas juntamente com as melhorias vindas do pessoal que mantém o projeto do Mint em pé.

Como de costume o fundador do projeto, Clément Lefèbvre, fez o anúncio no blog do Linux Mint, comentando os desafios em implementar essas novidades no Linux Mint 20. Também fez os costumeiros agradecimentos aos apoiadores que financiam do projeto.

Principais novidades do Linux Mint 20

Como é um mudança de base, muitas coisas tiveram que ser mudadas ou atualizadas pelo projeto, para que pudessem funcionar de forma satisfatória nessa nova versão. Conforme a nossa cobertura até o presente momento do lançamento, às principais novidades do Linux Mint 20 são:

  • Kernel 5.4.0-39.43;
  • Driver Nvidia 440.100;
  • Mesa Driver 20.0.4;
  • Suporte melhorado para notebooks com GPU’s híbridas;
  • LibreOffice 6.4.3.2;
  • Mozilla Firefox 77;
  • Warpinator 1.0.6.

Como já mencionado antes, o Linux Mint 20 traz a novidade de oferecer um melhor suporte para quem utiliza o sistema em notebooks híbridos (Intel+NVIDIA), como já vem ocorrendo no Ubuntu. Isso graças a updates nos pacotes nvidia-prime-applet 1.2.1 nvidia-prime 0.8.14 que são encarregados desse gerenciamento, juntamente com o driver 440.100 e o Xorg 1.20.8.

Com isso, a opção On-Demand estará disponível de forma oficial também no Linux Mint e no Cinnamon, e agora o Desktop Environment chega na versão 4.6. Que terá também um applet que ficará na barra de tarefas para melhorar a forma de alternar as placas vídeo e demais funções.

  •  Linux Mint 20 Ubuntu 20.04 Linux
  •  Linux Mint 20 Ubuntu 20.04 Linux

Uma ferramenta que chegou como novidade no Linux Mint 20, é o Warpinator. Essa ferramenta permite a transferência de arquivos entre “Linux Mints” que estão na mesma rede. Facilitando a vida de quem precisa fazer essa troca em rede.

 Linux Mint 20 Ubuntu 20.04 Linux

Para rodar o Linux Mint 20, os requisitos mínimos do PC não são tão altos, com especificações similares para as 3 (três) interfaces gráficas suportadas oficialmente pelo projeto. Os requisitos são:

  • 1GB de memória RAM (2GB são recomendado para uso mais confortável dos sistema).
  • 15GB de espaço livre em disco (20GB é recomendado).
  • 1024×768 de resolução mínima.

Todas as versões das interfaces foram atualizadas, sendo o Cinnamon para a 4.6, o XFCE para o 4.14 e o MATE para o 1.24. Lembrando que o suporte do Linux Mint 20 vai até 2025.

Um ponto “negativo” nesta versão, é em relação ao esquemas de cores apresentadas para o sistema. No boletim de Abril/2020, eles tinham apresentado uma nova paleta de cores totalmente retrabalhada, além da introdução da cor amarelo, muito provavelmente para ajudar na adaptação de quem está chegando do Windows.

Mas, parece que essa nova paleta de cores não vai ver “a luz do sol” tão cedo, se depender de Clément. Segundo ele, depois de ouvir o feedback da “comunidade”, disse que o esquema não agradou e que assim seria implementado aos poucos e não de uma vez, conforme o boletim de Maio/2020.

O pessoal do Linux Mint, disponibiliza um guia para quem quiser e precisar habilitar os Snaps e o Chromium, que pode ser acessado através deste link.

Para baixar o Linux Mint 20 e as suas respectivas interfaces, seguem os links abaixo:

Muito bom ver que o pessoal do Mint deu uma atenção especial para quem utiliza notebooks híbridos (Intel+NVIDIA) e vamos acompanhar como esta novidade irá se comportar, torço para que se saia muito bem.

Mas diga aí pra gente o que você achou desta versão e quais as suas impressões.

Nos vemos no próximo artigo, forte abraço!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste