Gravit: Novo software para desenho vetorial para Ubuntu e Linux Mint

Gravit: Novo software para desenho vetorial para Ubuntu e Linux Mint

Se você é uma das pessoas que trabalha com Design e Linux saiba que agora você acabou de ganhar um reforço, além do poderoso Inkscape e prático Draw para trabalhar com desenhos vetoriais agora você também dispõe do Gravit.

Desenhe formas vetoriais apenas com o seu navegador

Não você não leu errado, o Gravit é um WebApp do Google Chrome e roda diretamente do seu browser, obviamente que ele não é tão completo quanto o Inkscape, Corel ou Illustrator, mas ele é gratuito e pode suprir as suas necessidades mais básicas sem fazer muito esforço.

Ele tem uma aparência que me agrada bastante, me lembrou até o Google WebDesigner por conta da organização da interface.

Para instalar no seu Linux basta ter o Google Chrome instalado e clicar no botão abaixo:

Tu ZvgbUa U SSzHRZ8hcgfBvsju

A cada dia se torna mais comum vermos aplicações que até pouco tempo atrás teríamos que instalar no computador e por vezes baixar vários mega bytes de dados agora rodando tranquilamente através de um navegador, outro ótimo exemplo é a ferramenta Pixl Touch Up para manipulação de imagens que falamos à alguns dias.

Sinceramente não sei até que ponto isso vai chegar mas recentemente também ouvimos rumores de que a Adobe estaria fazendo um Photoshop para rodar nos Chromebooks, isso se refletiria na comunidade Linux também que poderia usar o programa através do navegador, saiba mais informações aqui.


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Imagem diária do Ubuntu 17.10 já pode ser baixada com GNOME como interface padrão
Continue lendo

Imagem diária do Ubuntu 17.10 já pode ser baixada com GNOME como interface padrão

Como a versão do Ubuntu que sai em Abril de 2018 é uma LTS (Long Term Support) a Canonical decidiu fazer os primeiros testes com a nova (velha) interface do Ubuntu, o GNOME Shell, já no Ubuntu 17.10 que sai agora em Outubro próximo, os interessados em saber como o sistema está evoluindo já podem baixar as compilações diárias com a interface por padrão, a ideia, é claro, é poder fazer os testes necessários e estabilizar as coisas para o lançamento do ano que vem.