Desenvolvido pela comunidade Linux, o Fedora é um sistema operacional baseado no Red Hat que apresenta sempre o que há de mais novo no mundo Linux, utilizando uma base sólida e um visual bastante “clean” com o GNOME Shell.

Faz pouco tempo que a versão 35 do sistema foi lançada oficialmente e enquanto a versão 36 não chega, vamos falar sobre algumas das mudanças que nós esperamos que ela traga para seus usuários.

Mudanças aprovadas pela equipe do Fedora

Por se tratar de um grande projeto, a maioria das mudanças que serão realizadas no sistema passam pelo FESCo (Fedora Engineering and Steering Committee) e durante o processo de aprovação, podemos ter alguns spoilers da nova versão do sistema.

Inicialmente, temos a atualização de alguns pacotes do sistema, que não é nenhuma grande surpresa, principalmente para os usuários que utilizam o Fedora há anos. Dentre algumas destas atualizações temos:

  • Autoconf 2.71;
  • Java OpenJDK 17;
  • PHP 8.1;
  • OpenSSL 3.0.

Além da atualização destes pacotes, temos algumas mudanças planejadas pela equipe, como:

  • Uso do DNS-over-TLS onde houver suporte a tecnologia;
  • Substituição dos drivers de kernel FBDEV por SimpleDRM;
  • Cópia na gravação de DNF/RPM quando o sistema for executado em Btrfs.

Caso você queira conferir todas as mudanças aprovadas pelo comitê de engenharia e direção do Fedora, basta ficar de olho na Wiki do sistema.

Tornando os usuários administradores do sistema

Ao instalar o Fedora em seu computador, pode ser que você não seja configurado como administrador do sistema, graças a uma caixa de seleção que pode ser facilmente esquecida por usuários que não estejam habituados ao processo de instalação.

Pensando nisso, foi apresentada uma proposta ao projeto que visa alterar este comportamento no instalador para que o usuário criado durante o processo de instalação receba privilégios administrativos.

Wayland por padrão em placas NVIDIA?

Bem, se você utiliza placas de vídeo NVIDIA em seu computador, já deve saber que a cada atualização de driver, elas ficam cada vez mais compatíveis com o Wayland e em breve você poderá utilizar todo o potencial desta tecnologia.

Graças ao suporte ao GBM que foi incluído na versão 495 do driver NVIDIA e diversas melhorias no XWayland, utilizar o driver proprietário da NVIDIA com desktops baseados em Wayland está se tornando uma ideia viável.

Vale dizer que este é apenas um planejamento e ainda não foi confirmado pela equipe, porém, um projeto está sendo apresentado e você pode conferir os detalhes através desta página na Wiki.

Fedora LXQT

Recentemente, o LXQT foi lançado em sua versão 1.0 e possivelmente veremos esta versão como oficial da versão 36 da spin LXQT do Fedora. Temos um artigo no blog falando sobre a nova versão da interface.

Você utiliza o Fedora? O que achou das mudanças apresentadas para a versão 36? Deixe sua opinião nos comentários e até o próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Fedora Silverblue, seria ele o futuro?
Continue lendo

Fedora Silverblue, seria ele o futuro?

O Fedora Workstation é uma ótima distribuição para se ingressar no mundo Linux, mas já pensou em utilizar um sistema operacional inquebrável? Então venha conhecer o Fedora Silverblue