Os gigantes do software proprietário e as alternativas de software livre

Os gigantes do software proprietário e as alternativas de software livre

Mais uma vez abrindo espaço para o nosso leitor, desta vez vamos publicar um texto escrito por Ayr Müller Gonçalves, as opiniões expressas abaixo não representam necessariamente a nossa opinião sobre o assunto, aproveite a leitura.

Em primeiro lugar não sou adepto da teoria da conspiração e nem creio que tudo deva ser feito de forma a não se obter lucro. O dinheiro é uma forma de energia e se não existisse teria que ser inventado. Agora não penso que as empresas devem ter o objetivo de concentração absoluta de poder e lucros absurdos com suas ideias. Eu sou da ideia que tudo que visa uma concentração absurda de poder já carrega no seu bojo a sua própria morte. 

A mudança de rumos de grandes empresas já é um sintoma que esta minha última ideia tem algum sentido. Microsoft aderindo a Linux, Autodesk aderindo ao Linux devido a grande migração para o cloud. 

O que penso do cloud é um capítulo a parte e não objeto deste artigo, talvez renda algo no futuro mas ainda preciso de mais elementos para não cair na vulgaridade e falta de embasamento teórico prático.

Vamos ao objetivo de hoje que é a adesão da Autodesk ao Linux. Autodesk para quem não conhece é a proprietária dos softwares mais conhecidos do mundo de CAD, reinou absoluta durante décadas como um dos softwares mais pirateados no mundo corporativo e quando não era pirateado era canibalizado, entenda canibalizado como obter uma licença e piratear dezenas para dar uma maquiagem de legalidade.

E de quem era a maior responsabilidade por essa ilegalidade. Não cabe a mim atribuir culpados, mas digo que um dos maiores responsáveis era a própria empresa que cobrava muito caro pela licença, pelo suporte e pelo treinamento. Se tens dúvida do que estou dizendo entre em contato com a empresa e peça um orçamento de uma solução mais simples e a mais completa. 

Para apenas 3 máquinas isso passa de uma dezena de milhares de reais. Se for incluir treinamento e suporte ficará claro que a mesma é para poucos. A reação natural é o instinto de sobrevivência e se você tem articulação e senso de legalidade vai buscar o software livre que não é gratuito e não é capitalista selvagem. 

Haverá sempre uma forma de ter a mesma solução e os mitos relacionados a tudo que existe no software livre estão bem esclarecidos neste artigo do projeto OSGEO em português. É importante que se leia sobre isso para não cair em confusões tão comuns sobre este tema.

Para esclarecer pirataria e software livre segue o artigo de Anderson Medeiros em 2 partes onde a parte criminal está na primeira parte e a parte de tabela comparativa entre softwares proprietários e equivalentes em software livre(todos relacionados à SIG) recomendo a leitura porque ajuda na tomada de decisões, principalmente se você está começando a empreender.

http://andersonmedeiros.com/sl-versus-pirataria-1/

http://andersonmedeiros.com/sl-versus-pirataria-2/

Livros em Português sobre o projeto eu recomendo os livros: 

”Geoprocessamento na Prática” de Renato Cabral Bosle da editora Íthala. E em breve terá mais um livro de Jorge Santos. Ele vai me odiar agora porque estou sempre cobrando o livro no prelo e em breve nas livrarias. 

https://www.facebook.com/jorgepsantos2002

Para documentação sobre o QGIS e gostaria de ressaltar ele é escrito em Python e tem documentação exposta neste link.

http://qgis.org/pt_BR/site/forusers/books/index.html

Sites do projeto OSGEO e QGIS

http://qgis.osgeo.org/en/site/

Por hora é isso boa leitura querendo mais sobre o assunto entre em contato pelo [email protected] ou no blog www.mapforum.blogspot.com.

Ayr Müller Gonçalves graduando em Segurança da Informação UNISINOS, Porto Alegre, RS. Orientista e Montanhista há mais de 15 anos. Ministra cursos na área de geotecnologia de GPS, Mapa e bússola e os softwares QGIS, OCAD(www.ocad.com), Google Earth, Trackmaker(http://www.trackmaker.com/)

Gostou do conteúdo do Ayr e quer enviar o seu também? Consulte a nossa página do autor!

Até a próxima!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Crie Web Apps facilmente com o ICE
Continue lendo

Crie Web Apps facilmente com o ICE no Ubuntu e Linux Mint

Eu sou um grande fã de WebApps, uso vários! E para isso utilizo o Google Chrome normalmente, ele possui uma função nativa para isso, porém, existe outra forma de fazer aplicativos dos sites que você mais gosta de acessar e utilizar outro navegador também, como o Firefox, tudo isso graças ao ICE
Como instalar o Ubuntu apenas com Software Livre
Continue lendo

Como instalar o Ubuntu apenas com Software Livre

Hoje vamos aprender uma coisa bem bacana, como instalar o Ubuntu usando apenas drivers e softwares de código aberto. Pouca gente conhece esta opção ao que me parece e ela poderia ser utilizada em vários lugares onde a filosofia do Software Livre tem maior necessidade de ser aplicada.