Lutris 0.5.8 lançado, confira as novidades!

Lutris 0.5.8 lançado, confira as novidades!

O Lutris é um gerenciador de jogos para Linux, que é compatível com diversas plataformas como: Steam, GOG, Humble Bundle, jogos de navegador e Wine. A partir de seus scripts é possível rodar a maioria dos jogos disponíveis para Windows de forma satisfatória, como por exemplo o Overwatch que é muito jogado por nós nas lives na Twitch.

No mês passado, o Lutris entrava em sua fase de desenvolvimento da versão 0.5.8, e é com muito prazer que a equipe anuncia o lançamento oficial desta versão, com várias mudanças principalmente no design.

Prepare sua bebida favorita e venha conhecer um pouco mais do novo Lutris!

Fontes de aplicativos

Uma das principais mudanças que temos nessa versão, se deve a seção “Fontes” na barra lateral onde ficam os serviços de terceiros suportados pelo Lutris. Por enquanto temos a Steam, Humble Bundle, GOG e o próprio Lutris que agora é tratado como um serviço.

Essa pequena mudança, permite que a janela “Importar Jogos” seja eliminada da interface, já que é possível acessar toda a biblioteca do Lutris.net a partir do atalho na barra lateral. 

Vale lembrar que era necessário que houvesse um script de instalação no site para que os jogos de terceiros pudessem ser instalados, porém, isso não é mais necessário. Essa versão do Lutris mostrará todos os jogos disponíveis na biblioteca do usuário e poderá instalá-los independente de ter ou não um script de instalação. 

001 biblioteca steam
Biblioteca Steam no Lutris

Scripts “automágicos”

Você deve estar se perguntando “Mas como o Lutris vai instalar algum jogo sem um script de instalação?”, bem, segundo a equipe do projeto, eles irão gerar scripts de instalação dinâmica com base nas informações do jogo.

Esses scripts terão como base a disponibilidade do jogo para a plataforma e suas APIs. Mesmo que os instaladores gerados desta forma possam não ter uma taxa de sucesso de 100% para executar os jogos, ao menos, eles o instalarão.

Em um teste com os títulos do Humble Bundle a equipe conseguiu uma taxa de sucesso muito boa com os scripts automáticos.

Um aplicativo bem integrado

O principal objetivo do Lutris era tornar o cliente menos dependente de seu site, fazendo com que a aplicação se integrasse com os principais serviços de jogos. A forma como o aplicativo funciona atualmente, permite adicionar mais facilmente novas integrações com serviços como itch.io, Uplay, Battle.net e Origin.

A equipe planeja integração com aplicativos locais também, como MAME, Retroarch, ScummVM e qualquer outra aplicação que possa oferecer uma lista de jogos aos usuários.

Mudanças no visual

Embora tenhamos mudanças bastante significativas no “motor”, a aplicação também ganhou algumas mudanças em seu design, já que várias partes dele foram retrabalhadas.

A versão 0.5.8 do Lutris depende menos de recursos do GTK, e mais de consultas a banco de dados para poder atualizar a visualização principal. Isso resultou em muitas exclusões de código, e embora o software esteja mais estável, ele poderá não se comportar da mesma forma que sua versão anterior.

Ué, mas não tinha uma barra aqui?

Uma mudança notável nesta versão se deve ao fato da remoção da barra lateral direita. Ela foi redirecionada para a parte inferior da interface, o que segundo a equipe, é uma forma bastante eficaz de economizar espaço.

002 Barra

Essa pequena mudança, faz com o que o Lutris fique mais confortável para uso em telas pequenas, ideal para laptops e dispositivos como os famosos GPD pocket.

Outros recursos para o Lutris

Além dessas mudanças, o Lutris ganha uma série de recursos como:

  • Impedir a exclusão de pastas usadas por vários jogos ou pastas iniciais importantes;
  • Os instaladores GOG oferecerão opções extras, como manuais de jogos para serem baixados durante a instalação;
  • Os “runners” do Lutris agora podem ser escritos em JSON. Atendendo às necessidades mais básicas de passar argumentos de linha de comando para um programa; comportamentos mais complexos ainda precisam ser codificados em Python. 
  • MangoHUD é uma opção do sistema, com suporte para OpenGL e jogos de 32 bits
  • Um shell bash pode ser aberto no ambiente de um jogo Wine, com a versão correta do wine com o apelido de `”WINE e WINEPREFIX” definido. Selecione “Abrir terminal Bash” nas ações do Wine runner para vê-lo em ação.
  • Um script bash pode ser gerado para executar qualquer jogo com sua configuração lutris, mas sem o cliente lutris. Por exemplo, `lutris quake –output-script quake.sh` irá gerar um script de shell que irá lançar o Quake sem que o lutris seja aberto.

Lutris oficialmente no Debian?

Uma pergunta realizada por vários usuários do Lutris é “por que ele não vem por padrão no Ubuntu/Debian?” e a resposta é simples, o Debian aceita em seus repositórios apenas softwares livres, e o Lutris continha alguns conteúdos proprietários (como logos e ícones de jogos).

A versão 0.5.8 removeu do core todos conteúdos que não fazem parte da licença GPL v3, que agora fazem parte do “Lutris Runtime”. Sendo assim, vale ficar de olho nos repositórios do Debian/Ubuntu para receber uma próxima versão.

Melhorias no Próton

Para o próximo lançamento, a equipe irá se concentrar em melhorar a integração com o próton da Steam, já que está considerando a descontinuação do runner “WineSteam”. Caso você tenha jogos que rodam apenas através deste runner, a equipe pede que você forneça um feedback para que eles possam tentar melhorar a compatibilidade deles no próton.

O runner “WineSteam” continuará a ser utilizado em termos de código, para jogos da Battle.net, Origin e etc. 

Preparando seu computador para jogar

Caso você tenha uma máquina com Linux e queira jogar alguns títulos, temos um vídeo no canal onde ensinamos como preparar seu sistema operacional para jogar, além de artigos no blog ensinando a instalar os drivers da NVIDIA e AMD para extrair o máximo de desempenho.

Quais funções você achou mais interessante nessa versão? O que você espera para as próximas versões do Lutris? Deixe pra gente nos comentários e até a próximo artigo!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste