Após cerca de 8 anos, o cofundador do Signal, Moxie Marlinspike, decidiu deixar a liderança do projeto. Brian Acton, que ajudou a fundar o WhatsApp e também o próprio Signal, deve assumir temporariamente o cargo.

Conheça o Signal

O Signal é um aplicativo open source de mensagens instantâneas, semelhante ao Telegram e ao WhatsApp. O software teve a sua primeira versão lançada em 2014 e, ao longo dos anos, adquiriu uma popularidade significativa.

signal whatsapp
Versão “desktop” do Signal.

Disponível para Linux, Windows, MacOS, Android e iOS, o Signal ganhou muita popularidade durante as diversas vezes que o WhatsApp ficou fora do ar, seja por razões técnicas ou judiciais.

O software também registrou um crescimento significativo quando foi adotado pela Comissão Européia como o software de mensagens padrão.

Trabalho duro, “burnout” e os bons resultados

Em um post publicado no blog oficial do Signal, Moxie Marlinspike relatou que, por vários anos, ele era a pessoa responsável por quase tudo no projeto. Tal carga de trabalho chegou a levá-lo à um “burnout”, porém, os resultados obtidos de todo esse trabalho duro fizeram tudo valer a pena.

Confira o que Moxie disse sobre o assunto:

I couldn’t ever leave cell service, had to take my laptop with me everywhere in case of emergencies, and occasionally found myself sitting alone on the sidewalk in the rain late at night trying to diagnose a service degradation.

Eu nunca podia deixar o local de trabalho, tinha que levar o meu laptop para todos os lugares em caso de emergências e, ocasionalmente, me encontrava sentado sozinho na calçada, na chuva, tarde da noite, tentando diagnosticar a degradação de um serviço.

Apesar das dificuldades, o Signal cresceu em adoção e popularidade muito mais rápido do que Moxie esperava e, atualmente, conta com uma equipe de 30 excelentes designers e engenheiros que fazem com que, hoje, o projeto funcione muito bem. 

Graças ao trabalho dessa equipe, atualmente, Moxie raramente precisa escrever alguma linha de código e, segundo ele, a sua função atual no projeto não passa de um “papel minoritário”.

Toda essa evolução acabou se tornando uma grande realização na vida de Moxie, que sempre sonhou que o Signal fosse capaz de se manter e continuar crescendo sem a sua presença. E agora, esse sonho se tornou real.

Finalmente, a hora de “passar o bastão”

Após ter comunicado a equipe sobre a sua saída, o seu colega e cofundador do Signal (e do WhatsApp), Brian Acton, ofereceu-se para, temporariamente, assumir as suas responsabilidades no projeto. Com isso, Moxie poderá dedicar-se em tempo integral a encontrar a melhor pessoa para assumir o seu lugar de forma permanente.

Segundo Moxie, Brian Acton deverá assumir o cargo de CEO no próximo mês (02/2022) e ainda não há uma data definida para o anúncio do seu substituto em definitivo, porém, segundo Moxie, isso não deve demorar.

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
archinstall
Continue lendo

Archinstall recebe melhorias e fica mais amigável

O script de instalação guiada/automatizada do Arch Linux, o archinstall, recebeu recentemente duas atualizações pontuais em sua versão 2.4 trazendo algumas melhorias e correções de bugs.