As metas de ano novo para o projeto KDE!

As metas de ano novo para o projeto KDE!

O KDE Plasma é uma interface gráfica bastante amada pelos usuários Linux do mundo todo, principalmente pela sua leveza e capacidade de customização que te permite ter desde uma interface minimalista, até a mais cheia de recursos e funções disponíveis.

O projeto, que existe há vários anos, já dispensa apresentações e está mais empolgado do que nunca no ano de 2021, onde Nate Graham, um dos desenvolvedores do KDE, compartilhou um “roteiro” que contém algumas mudanças que o projeto deseja trazer para esse ano.

Será que veremos todas as metas para 2021 do projeto serem cumpridas? Bem, isso só vamos saber depois de falarmos quais são elas, então prepare sua bebida favorita, sente-se em um local confortável e vamos falar sobre o KDE Plasma!

Um tapa no visual

Uma mudança no visual nunca é demais, especialmente em uma interface gráfica tão conhecida quanto o KDE Plasma, principalmente se pararmos para pensar que mesmo sendo praticamente imutável, o Xfce recebeu melhorias no design.

Para começarmos o ano de cara nova, o KDE Plasma está planejando algumas pequenas mudanças que irão dar outra vida à interface.

Breeze Evolution, a evolução do tema padrão

Um tema pode mudar e muito a interface do sistema, e pensando nisso, no ano de 2019, a equipe iniciou um projeto que deveria ser concluído em 2020. O Breeze Evolution é o trabalho de modernização do tema “Breeze”, que tem sido o padrão do KDE Plasma há alguns anos.

Metade dos trabalhos realizados no tema serão lançados no Plasma 5.21 e a equipe deseja completá-lo ao final do ano, no lançamento do Plasma 5.23. Esperamos que tudo dê certo e que tenhamos um KDE ainda mais moderno.

Um menu poderoso

Sinceramente, não sei vocês, mas eu pelo menos não consigo utilizar o menu “iniciar” padrão do Plasma, ele me parece meio confuso e improdutivo. Para isso, a equipe decidiu alterar o menu padrão do sistema, por uma versão bem mais moderna e funcional.

001 KickOff

Também iniciado em 2019, o novo menu do KDE Plasma aparenta ser bastante moderno e produtivo, além de possuir uma leve semelhança com o “iniciar” do Microsoft Windows 10. Em sua interface vemos que além do menu de aplicações, temos também uma seção dedicada para pastas, o que facilitará ainda mais para que os usuários encontrem seus arquivos.

002 KickOff Places

Espera-se que o menu seja lançado na próxima versão do Plasma. Enquanto isso, você pode conferir as mudanças do projeto através do KDE Invent.

Impressão digital no KDE Plasma

A equipe do KDE está trabalhando para manter sua interface gráfica ainda mais segura e funcional, e para isso, existe um trabalho de adição de suporte para impressão digital desde a tela de bloqueio (SDDM) até aplicações como KAuth e Polkit.

Esse trabalho se encontra em andamento e a equipe deseja terminá-lo até o final do ano. Você pode conferir o andamento deste projeto a partir do KDE Invent.

Melhorias na sessão Wayland

Wayland é o futuro, disso já sabemos, e ele parece estar mais próximo que nunca para o KDE Plasma. O suporte à Wayland pela interface Plasma antes de 2020 era horrível, um tanto quanto bugado e bagunçado.

Felizmente a equipe começou a trabalhar ainda mais no Wayland em 2020 e houveram inúmeras melhorias que deixaram o projeto ainda mais polido para o usuário final. 

A previsão é que a equipe possa continuar trabalhando ainda mais nessa tecnologia para que em 2021 o KDE Plasma Wayland possa ser utilizado por um número ainda maior de usuários, principalmente em ambientes de produção.

O que você achou deste pequeno roadmap do KDE? Você acha que essas mudanças serão incluídas nas próximas versões? Quais mudanças você gostaria de ver no projeto? Deixe pra gente nos comentários e até a próxima notícia, dica ou tutorial!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Manjaro lança versão com KDE 5.5 e aplicativos KDE 15.12
Continue lendo

Manjaro lança versão com KDE 5.5 e aplicativos KDE 15.12

Hoje pela manhã comentamos sobre o lançamento da versão 15.12 do excelente editor de vídeo Kdenlive e algumas pessoas perguntaram se demoraria muito para ser lançada uma distribuição Linux com essa versão das aplicações KDE, parece que equipe do Manjaro te respondeu.