diolinux - header atualizar o wordpress 6
Editorial

Saiba como atualizar o WordPress 6 com segurança

A Automatic acaba de anunciar o lançamento do WordPress 6.0 “Arturo” que traz uma série de novidades no Gutenberg, melhorias de desempenho e muitas novidades relacionadas com a customização de temas.

Neste artigo vamos explorar alguns cuidados que você precisa tomar para atualizar o WordPress em seu blog ou website para a versão mais recente, sem colocar em risco o seu conteúdo.

Quais as novidades do WordPress 6.0?

A nova versão traz diversos aprimoramentos na criação de conteúdo, tanto ao digitar novos textos quanto para trabalhar com elementos de design em uma página existente.  Você pode conferir os detalhes na nova versão neste artigo, alguns recursos que merecem destaque:

  • Agora é possível selecionar textos em vários blocos para copiar e colar mais facilmente.
  • Digitando dois colchetes abertos [[ você acessa rapidamente uma lista de posts e páginas recentes.
  • Os estilos existentes são mantidos ao transformar alguns blocos de um tipo para outro.
  • Ao criar botões personalizados, os novos botões manterão as personalizações de estilo.
  • Os temas de bloco agora incluem a opção de conter variações de estilo.
  • Cinco novas opções de modelo para temas de bloco: autor, data, categorias, tag e taxonomia.

Vale realmente a pena atualizar o WordPress?

É muito importante manter seu site atualizado, cada nova versão apresenta melhorias significativas em performance e correções de bugs, além de melhorias na segurança e novos recursos. De forma geral, é saudável fazer testes em um ambiente seguro como uma máquina virtual antes de migrar seu site principal.

Uma dica importante é que você espere alguns dias após o lançamento antes de fazer qualquer grande migração, como a base de usuários aumenta rapidamente, diversos novos bugs serão encontrados e em pouco tempo uma nova versão ainda mais estável será disponibilizada.

Preparando a migração

Cada projeto possui suas particularidades, mas projetos em WordPress compartilham algumas linhas gerais que precisamos validar antes de qualquer mudança de versão.

  • Confira se os plugins necessários para seu site já foram atualizados para suportar a nova versão.
  • Caso utilize temas personalizados, é importante confirmar se eles suportam a nova versão do WordPress.
  • Utilize um ambiente de testes para confirmar se a atualização não quebra nenhum módulo do seu tema.

Aproveite esta oportunidade para fazer uma limpeza de arquivos desnecessários, elimine imagens, rascunhos, plugins e qualquer conteúdo que não precise estar no site. Quanto mais variáveis você eliminar, mais a chance de sua migração ocorrer sem surpresas.

Faça backup de tudo

Se você utiliza planos de hospedagens compartilhados, provavelmente seu plano conta com alguma modalidade de backup. Os planos compartilhados que utilizamos em alguns projetos aqui no Diolinux hospedados na Hostinger contam com opções de backups diários via funcionalidades do WordPress.

Caso você possua este recurso, confira se ele está ativo e se os backups estão íntegros baixando. Não confie cegamente, valide o backup antes de seguir com a migração.

atualizar o wordpress - 001 - hostinger - backups

Servidores dedicados ou VPS costumam contar com outros níveis de backup, que podem incluir restaurar seu servidor, incluindo todas as configurações do sistema operacional, ao estado em que estavam quando o backup foi executado. Este tipo de backup é muito útil sem situações graves, onde uma restauração simples de WordPress pode não ser o suficiente.

atualizar o wordpress - 002 - hostinger - backups vps

O conselho final é que você faça um download de uma ou mais versões do backup e armazene localmente ou em algum serviço de nuvem, faça dessas práticas parte de sua rotina de trabalho.

Formas para atualizar o WordPress

Dependendo do seu provedor de hospedagem, você terá acesso a diferentes formas de atualizar o WordPress, vou listar algumas delas com base nos projetos que hospedamos aqui no Diolinux.

Atualização interna do WordPress

O WordPress inclui todas um serviço de atualização interno bastante eficiente, que te permite atualizar o seu site para a versão mais recente, esse modo geralmente é o recomendado para a maioria dos sites e costuma ser bastante confiável.

atualizar o wordpress - 003 - hostinger - atualizacao

Atualização usando recursos da hospedagem

Alguns provedores de hospedagem oferecem funções de atualização integradas ao seu painel de controle, na Hostinger é possível configurar diversos aspectos da atualização do WordPress, automatizando todo o processo.

Um exemplo das personalizações possíveis no HPanel é que você pode automatizar a atualização de versões “menores” como da versão 5.8.2 para a 5.8.4. Mas, pode bloquear a atualização em casos de mudança da versão principal, como da versão 5.8.4 para a 6.0.

atualizar o wordpress - 005 - hostinger - atualizacao via hospedagem

Admirável mundo novo do WordPress 6

Meus parabéns! Se você fez todos os testes e possui um backup válido do seu site, já está pronto para atualizar o WordPress e aproveitar as vantagens da versão 6.

Após a atualização, é recomendável fazer uma limpeza completa do cache do site e caso utilize CDN, force uma limpeza completa dos arquivos. Isso ajudará a evitar problemas com arquivos antigos sendo carregados por engano.

Agora navegue pelo seu site e comece a aproveitar os novos recursos do WordPress para ampliar ainda mais o alcance do seu conteúdo.

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
179 postagens

Sobre o autor
Entusiasta de tecnologia que sempre gostou de desmontar tudo, o que me levou ao interesse por software livre e todas as possibilidades que ele oferece. Sou Editor-chefe no blog Diolinux e também trabalho consultor de SEO, gestor de tráfego e otimização de presença digital. Mastodon
Artigos
Postagens relacionadas
EditorialVídeo

Vale a pena mudar de uma distro LTS para Rolling Release?

VídeoEditorial

Por que a Geração Z tem dificuldades com computadores?

VídeoEditorial

Usar Linux é difícil?