Xorg e Wayland, o que são?

Xorg e Wayland, o que são?

Me lembro que ao chegar no mundo Linux, ouvia frases como “Wayland é mais rápido que Xorg” ou “Uso Xorg por conta da NVIDIA” e ficava sempre me perguntando o que eram esses tais de Xorg e Wayland.

Caso você seja um usuário recém-chegado neste mundo, esses termos podem estar mais presentes do que você imagina, mas a pergunta é, você sabe o que significam esses dois termos? Ainda não? Siga lendo para descobrir.

Vale lembrar que recentemente publiquei outro conteúdo falando sobre alguns termos utilizados no mundo Linux e qual era o significado deles, caso você ainda não tenha lido, sugiro dar uma conferida pra ficar antenado.

Sendo assim, prepare sua bebida preferida, sente-se confortavelmente e venha descobrir o que são Xorg e Wayland!

O que é o Xorg?

O Xorg é uma implementação de um servidor de ambiente gráfico fornecida pela X.org Foundation. Por ser um servidor, ele trabalha de forma conjunta com o um cliente que geralmente “X” ou “X11” (esse nome se deve ao número da versão).

O servidor X (Xorg), é um framework para uma interface gráfica que permite a interação do usuário com as janelas através de periféricos como um mouse e um teclado por exemplo. Ele é o responsável pela resolução do monitor, profundidade das cores e outros recursos relacionados a interação do usuário. 

Já o cliente X Windows System (X11), é um sistema de janelas que funciona através de bitmaps, permitindo que seja exibida a imagem dos softwares abertos na tela do usuário. Ex.: Ao abrir o navegador de internet, a imagem exibida por ele será gerenciada pelo X11.

Gerenciadores de janelas

Os gerenciadores de janelas (também conhecidos como Window Managers) também são clientes “X”, já que eles possuem a capacidade de exibir as janelas abertas pelo usuário. Eles são clientes “especiais” e oferecem facilidades como botões de fechar, maximizar, redimensionar janelas visíveis, e outras funções.

Entre os gerenciadores de janelas mais conhecidos pelos usuários, temos o KWin (KDE), Xfwm (XFCE), Fluxbox, i3WM entre outros.

E o Wayland?

O Wayland é uma alternativa ao Xorg, funcionando tanto da forma “cliente/servidor”, quanto como um protocolo de servidor gráfico. Ao ser utilizado no formato de protocolo de servidor gráfico, um “display server” recebe o nome de “Wayland Compositor”.

Por ser bem mais eficiente do que o Xorg para realizar o seu trabalho, ele é considerado o futuro da implementação gráfica no Linux, o que traria inúmeras vantagens como melhorias de desempenho e fluidez para as interfaces.

Por que o Wayland ainda não é o padrão?

Como se trata de uma tecnologia “nova”, ele ainda é barrado por conta do suporte aos driver de vídeo no Linux (NVIDIA) que ainda está bem atrelada ao Xorg. Caso você utilize drivers open source como o oferecido pela AMD e Intel ou até mesmo o Nouveau (Versão comunitária do driver da NVIDIA), o Wayland funciona sem maiores problemas.

E esse tal de XWayland?

O XWayland é um servidor X que roda em um protocolo Wayland. Ele serve como uma camada de compatibilidade para que os usuários possam utilizar aplicações feitas até então para o Xorg.

Xorg “versus” Wayland, eis a questão…

Essa é uma dúvida que afeta vários usuários de Linux. Por um lado, o Wayland é uma tecnologia mais atual e irá entregar um maior desempenho em sua máquina, contanto que ela utilize drivers de código aberto.

Já o Xorg funciona com a maioria das aplicações Linux e ainda é o “padrão” de muitas distribuições e interfaces gráficas. 

Para saber qual a melhor alternativa para você minha recomendação é “faça um teste”, caso você utilize AMD ou Intel, o Wayland pode ser uma opção bastante viável, mas caso você utilize os drivers proprietários da NVIDIA, o Xorg ainda é a melhor opção.

Considerações finais

Espero ter te ajudado a entender um pouco mais sobre o que são essas tecnologias para gerenciamento de janelas. Caso você queira saber mais sobre esse assunto, temos esse mesmo artigo em formato de vídeo:

Wayland ou Xorg, qual o seu preferido? Por que? Deixe pra gente nos comentários e até a próxima notícia, dica ou tutorial!

Talvez Você Também Goste
Meus comentários sobre o Ubuntu 17.04 Beta
Continue lendo

Meus comentários sobre o Ubuntu 17.04 Beta

O novo lançamento do Ubuntu está se aproximando, deveremos ter o Ubuntu 17.04 entre nós até pouco mais da metade do mês de Abril, mas para os mais ansiosos, já é possível testar o novo Beta, que trás consigo o lançamento de modificações em diversas interfaces gráficas.