O EtchDroid é um aplicativo open source para Android que possibilita a criação de pendrives inicializáveis de distribuições Linux e imagens do macOS em “.dmg”.

Uma das vantagens do EtchDroid, quando comparado a alguns outros apps com a mesma finalidade, é que ele não necessita de acesso “root” para funcionar. O EtchDroid não suporta imagens dos sistemas Windows.

O futuro do EtchDroid

O responsável pela criação do EtchDroid é o desenvolvedor italiano Davide Depau, que anunciou através de um post no seu Patreon que não irá mais trabalhar no desenvolvimento da aplicação.

davide depau

Eu não irei mais manter o EtchDroid

Eu gostaria de agradecer à todos vocês pelo apoio, vocês são uma das razões que me mantiveram seguindo em frente.
Infelizmente, eu estou oficialmente esgotado e eu, realmente, não quero mais tocar naquela base de código.

Sinta-se livre para desinscrever-se no Patreon se você quiser, eu entendo. O seu dinheiro será, provavelmente, melhor gasto apoiando outros desenvolvedores e criadores.

Eu escrevi um artigo mais longo sobre isso no meu blog, porém, tenha cuidado, ele contém uma boa quantia de palavrões. Link.

Mais uma vez, obrigado!

Embora o EtchDroid tenha sido descontinuado há alguns meses, o app continua funcionando perfeitamente e ainda é uma excelente opção para criar mídias inicializáveis de distros Linux através do Android.

O aplicativo ainda está disponível na Play Store, é extremamente fácil de ser utilizado. Segundo os nossos testes, funciona sem qualquer erro. 

Além disso, por ser de código aberto, sempre existe a chance de que outro desenvolvedor continue o projeto de onde parou.

Como utilizar o EtchDroid

Após ter instalado o EtchDroid através da Play Store e ter feito o download do arquivo “.iso” do sistema desejado, conecte o pendrive na porta USB do seu smartphone (utilizando um adaptador USB OTG) e inicie o aplicativo.

A tela inicial do app é super simples, já que contém apenas dois botões. Toque em “Gravar imagem raw ou ISO” ou “Gravar imagem Apple DMG”, conforme o formato do arquivo que você baixou e selecione-o na tela do gerenciador de arquivos.

etchdroid tutorial

Selecione o pendrive, verifique se todas as informações estão corretas e toque no botão circular azul, no canto inferior direito, para gravar a imagem no pendrive.

etchdroid android

Ao fazer isso, o aplicativo irá fechar sozinho e a barra de progresso da operação irá aparecer na área de notificações do seu Android. Quando o procedimento estiver finalizado, a notificação irá exibir a mensagem “Gravação finalizada”.

etchdroid linux pendrive

Desconecte o pendrive da porta USB do seu smartphone e pronto! O mesmo já pode ser utilizado para instalar o sistema operacional no seu computador.

Uma verdadeira “salvação”

Muitos de nós, entusiastas de distribuições Linux, temos o hábito de formatar a máquina toda vez que um sistema operacional que chama a nossa atenção é lançado, um comportamento que chamamos “distro hopping”.

Ao fazer isso, não é difícil deparar-se com uma situação onde ocorre algo de errado durante a instalação ou configuração de um sistema, tornando-se impossível inicializar o mesmo.

despair

Isso já aconteceu comigo e, aposto, que com muitos de vocês também. Nesses momentos, um app como o EtchDroid pode ser a única forma de criarmos um pendrive inicializável para resolver toda essa situação.

Você já conhecia o EtchDroid, ou conhece outro aplicativo que já te salvou em uma situação como essa? Conte-nos, abaixo, as suas experiências com o temido “distro hopping”.

Isso é tudo pessoal! 😉


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste