Skype 4.2 para Linux é lançado

Skype 4.2 para Linux é lançado

Microsoft lança nova versão do Skype para Linux

Hoje a Microsoft liberou uma atualização do Skype para Linux, o mensageiro que apesar de ser proprietário é uma boa opção para comunicação instantânea e é usado por muitas empresas com usuários fiéis pelo mundo todo.

Segundo a Microsoft, o novo Skype 4.2 para Linux, trás algumas correções de bugs que atrapalhavam os usuários com as suas webcams e problemas com audio.

Download e instalação do Skype 4.2 no Ubuntu e no Linux Mint

Você pode baixar o pacote do Skype para a sua distro através do link abaixo, porém é bom atentar para o caso de você já ter o Skype antigo instalado (4.1), antes será preciso remover o mesmo, depois é só instalar normalmente.

 Para remover o Skype antigo faça no terminal:

sudo apt-get remove skype skype-bin

Em breve ele deve chegar aos repositórios de algumas distros, por hora basta você baixá-lo no link abaixo:

Obs: Para usuários do Ubuntu 64 bits é necessário instalar um outro pacote de biblioteca primariamente,  você pode baixar a lib pela central de programas do Ubuntu através deste link.


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
SIGE Lite - Um software ERP completo e grátis para Linux, Windows e macOS
Continue lendo

SIGE Lite – Um software ERP completo e grátis para Linux, Windows e macOS

Dizem que um dos segredos do sucesso de qualquer negócio está na forma com que ele é gerenciado. Nas mãos de alguém que não tem a empresa "na ponta dos dedos" até as maiores franquias do mercado podem definhar. Nesse "meio campo" é que entram softwares do tipo ERP (Enterprise Resource Planning) para ajudar a organizar e planejar as empresas e os negócios, assim, ter sucesso ou não passa a ser uma questão de ter um bom produto e um bom marketing.
Entrevistamos o CEO da System76 e do Pop!_OS
Continue lendo

Entrevistamos o CEO da System76 e do Pop!_OS

A System76 é um dos mais conhecidos fabricantes de computadores no mundo a vender computador apenas com Linux. Durante praticamente todo o passado recente, a companhia utilizou o Ubuntu como padrão de suas máquinas, mas a mudança da Canonical, com o abandono do Unity, a System76 optou por não mais depender tão diretamente do Ubuntu, dando origem a sua própria distro, o Pop!_OS.