A tecnologia torrent faz parte de nossas vidas há vários anos, sendo uma das formas mais eficientes para inúmeros usuários de computadores ao redor do mundo realizarem o download de arquivos pesados como ISOs de sistemas operacionais em poucos minutos.

Existem centenas de gerenciadores de torrents disponíveis na internet, e sem dúvida nenhuma o uTorrent é uma das aplicações mais famosas neste ramo, porém, ainda não existe uma versão deste software disponível para Linux.

image 84

Embora o uTorrent não esteja disponível para Linux, existem diversos projetos de gerenciadores de torrent para o sistema do pinguim, como o Transmission, FragmentsKTorrent e o qBittorrent que vamos falar neste artigo.

Conheça o qBittorrent

Desenvolvido por diversos voluntários ao redor do mundo, o qBittorrent é um cliente bittorrent escrito em C++/Qt que utiliza a biblioteca libtorrent, visando ser uma boa alternativa a outros clientes bittorrent existentes no mercado.

O projeto pretende fornecer uma alternativa multiplataforma de código aberto ao famoso µTorrent, adotando uma interface bastante semelhante com a que o conhecido cliente bittorrent oferece, porém, sem anúncios.

image 83

Um cliente torrent repleto de funções

O qBittorrent é um cliente bittorrent repleto de recursos, sendo alguns deles:

  • Mecanismo de pesquisa bem integrado e extensível;
  • Suporte a feeds RSS com filtros de download avançados;
  • Ferramenta de criação de Torrent;
  • Compatibilidade com IPV6;
  • Download de arquivos em ordem;
  • Suporte a várias extensões Bittorrent (links magnéticos, conexões criptografadas, torrents privados);
  • Agendador de largura de banda;
  • Disponibilidade em várias plataformas.

Instalando o qBittorrent em seu sistema

O processo de instalação do qBittorrent no Linux é bastante prático, visto que ele está disponível nos repositórios das principais distribuições, além de possuir versões em Snap e Flatpak.

Através dos repositórios oficiais

A forma mais simples de instalar o qBittorrent em seu Linux é pesquisar pelo software na loja de aplicativos do sistema.

image 82

Caso você queira, também é possível utilizar o terminal para instalar o qBittorrent em sua distribuição favorita, basta digitar o comando adequado.

Debian, Ubuntu e derivados:

sudo apt install qbittorrent

Fedora, openSUSE e derivados:

sudo dnf install qbittorrent

Arch, Manjaro e derivados:

sudo pacman -S qbittorrent

Utilizando pacotes snap

Aplicações no formato sandbox oferecem bastante segurança para o sistema operacional e os pacotes Snap podem ser uma ótima opção para você utilizar o qBittorrent.

O primeiro passo é se certificar que o sistema possua suporte ao formato de empacotamento da Canonical, para isso, você pode utilizar este artigo completo que irá sanar todas suas dúvidas sobre o que são e como implementar pacotes snap.

Após ativar o suporte a pacotes Snap na sua distribuição, basta utilizar o comando abaixo para realizar a instalação do qBittorrent:

sudo snap install qbittorrent-arnatious

Instalando via Flatpak

Se você prefere a tecnologia Flatpak para instalar aplicativos em seu sistema, o qBittorrent também está disponível neste formato através do repositório Flathub.

Primeiramente, você precisa de ativar o suporte aos pacotes Flatpak em seu sistema e para te ajudar nisso, temos um artigo completo no blog que te ensinará tudo o que você precisa saber sobre a tecnologia Flatpak. 

Agora, basta realizar a instalação do software, para isso, acesse a página do software no Flathub e baixe o arquivo .flatpakref clicando em “install”, ou utilize o comando abaixo:

flatpak install flathub org.qbittorrent.qBittorrent

Por que utilizar o qBittorrent?

Bem, se várias distribuições Linux já trazem um cliente torrent pré-instalado como o Transmission, para que utilizar o qBittorrent?

Caso sua rotina envolva o download de vários arquivos torrent ou gosta de aplicativos repletos de funções avançadas, ele pode ser uma ótima solução.

Além de todas as funções como pesquisa, criação de fila de download e suporte a RSS, sua aparência semelhante ao que temos no uTorrent pode auxiliar a pessoas que acabaram de migrar do Windows para o Linux e utilizavam o software no sistema anteriormente.

Você já conhecia o qBittorrent? O que acha deste software?

Até o próximo artigo pinguim!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste