Sistemas operacionais

Mageia 9 tem novo kernel e ocupa menos espaço

Mageia, distro herdeira do Mandriva, chegou à sua nona edição, após mais de 2 anos desde seu último lançamento. O sistema se mantém conservador em seus valores, buscando estabilidade com leveza, compatível até mesmo com arquitetura 32-bit (com interface Xfce). Conheça as principais novidades do Mageia 9.

Um sistema mais leve e compatível

Um dos principais diferenciais destacados pelos desenvolvedores do Mageia 9 é que a instalação mínima do sistema (com os pacotes recomendados desabilitado), ocupa menos espaço em disco, é a menor quantidade desde o Mageia 4, lançado em 2014.

Mageia 9 neofetch

O sistema, disponível para BIOS/legacy e UEFI, oferece o kernel Linux 6.4 junto à suíte Mesa 23.1, com um bom suporte a novos hardwares, mas isso não significa que você precisa de um computador poderoso para utilizá-lo. Segundo informações oficiais, o Mageia 9 requer:

  • Qualquer processador Intel, AMD ou VIA;
  • Ao menos 512 MB de memória, para utilizar via terminal, mas caso queira uma interface leve, como o Xfce, ao menos 1 GB, ou 2 GB para DEs como GNOME e KDE;
  • Pelo menos 5 GB de armazenamento para a instalação mínima ou 20 GB para a instalação casual, na prática, o sistema ocupa menos do que isso, mas é importante haver alguma sobra para atualizações e o usuário conseguir instalar algum programa ou salvar arquivos. Com conhecimento mais avançado em Linux, você pode reduzir essa quantia consideravelmente;
  • Qualquer GPU AMD/ATI, Intel, Matrox, NVIDIA, SiS ou VIA;
  • Qualquer placa de som AC 97, HDA, ou Sound Blaster.

Para alguns componentes, como placas de rede Wi-Fi, ou GPUs NVIDIA, pode ser necessário a instalação de software proprietário, nesse caso, o repositório “não livre” já vem habilitado por padrão.

Mageia 9 Desktop

A versão padrão do sistema apresenta interface KDE Plasma 5.27.5 com todas as suas novidades, acompanhado do KDE Frameworks 5.105 e KDE Gear 23.04.1. Você pode optar por outras DEs, como o GNOME 44.2, Xfce 4.18, LXQt 1.3.0, MATE 1.26.0 ou Cinnamon 5.6.

Mais espaço para o novo

Alguns componentes antigos finalmente estão dando espaço para novidades no Mageia 9, o banco de dados RPM, que até então se baseava no Berkeley DB, formato que perdeu suporte, agora foi migrado para o popular SQLite.

O módulo de suporte a NFS, código legado com 15 anos de idade, foi substituído por ferramentas específicas integradas ao sistema. O Mageia agora permite utilizar portas diferentes da 80 em servidores HTTP, alterna o curl em vez do GNU Wget ao baixar pacotes durante a instalação e torna o serviço do sistema NetworkManager a opção padrão na live ISO com KDE.

Apesar do PulseAudio ainda ser o servidor de som padrão, o usuário pode optar pelo PipeWire, se estiver buscando por recursos de minimização de latência.

A página de boas-vindas foi toda remodelada para uma abordagem mais linear, com uma sucessão de informações importantes para a pós-instalação. Até então, durante o uso de contêineres Docker no Mageia, por padrão, os dados eram armazenados em AUFS, agora, com o Docker 24, o armazenamento é baseado em overlay2, que oferece mais desempenho.

Mageia 9 boas vindas

Em edições anteriores do sistema, usuários reclamam do alto gasto de armazenamento, principalmente em dispositivos mais limitados, quando há diversas versões do kernel instaladas, para isso, no Mageia 9 há uma ferramenta denominada remove-old-kernels. Ela funciona em segundo plano, sem a necessidade de interferência do usuário, com inspeções semanais, mantendo apenas as três edições mais recentes do kernel instaladas.

Para instalar o Mageia 9, baixe a imagem do sistema pelo site oficial. Caso você já tenha o Mageia 8, pode simplesmente atualizar o sistema, mantendo todas as suas configurações. Para isso, lembre-se de antes desinstalar qualquer pacote 32 bits, eles estão marcados com o rótulo “devel”, além disso, tenha ao menos 2 GB de espaço em disco livre, atualize todos os pacotes e faça o upgrade pelo Mageia Update.

Quer se manter por dentro das principais novidades do mundo Linux e da tecnologia? Assine nossa newsletter, é grátis, não mais que um e-mail por semana!

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!