Como instalar o tema flat e moderno Ant no Ubuntu e Linux Mint

Como instalar o tema flat e moderno Ant no Ubuntu e Linux Mint

Se você gosta de personalizar o seu Linux, ter opções de ícones para o sistema sempre é bem-vindo,deixando o sistema cada vez mais com o seu jeito e “personalidade”. Os temas com a pegada flat sempre agradam quem vai personalizar, exemplos disso são os temas Numix, Papirus, Suru e Zafiro, os quais também fizemos um post mostrando..

O tema traz “uma pegada futurista”, trazendo uma combinação bem interessante e inovadora, baseando-se no tema  evopop-gtk-theme, já o tema de ícones é baseado no tema Boston.

cjj231MLkSWzxwE En3m 6IM4JfmwWqrER
Imagens oficias do projeto

Instalação do tema

Para instalar o tema é bem simples. Primeiro você deve baixá-lo no GitHub do projeto, o próximo passo é abrir o seu gestor de arquivos e exibir os arquivos ocultos, geralmente no Nemo (Linux Mint) e do Nautilus (Ubuntu/GNOME) basta pressionar a combinação de teclas “CTRL+H”.

Provavelmente agora você vai conseguir visualizar os arquivos ocultos, estes começam com “.”(ponto), dentre as várias pastas que você visualizará, provavelmente haverá uma pasta chamada “.themes”, caso ela não exista, você pode criar sem problemas, apenas lembre se adicionar o ponto antes do nome.

Feito isso basta descompactar a pasta do tema baixando dentro desta pasta “.themes”. Para mudar para o tema novo, basta utilizar o GNOME Tweak no Ubuntu (GNOME Shell) ou a ferramenta Temas no Mint, que você encontra no painel de  controle, e ali mudar para o tema do “Ant”. O tema pode funcionar também em outras interfaces GTK, como XFCE, MATE, Budgie, etc. porém, alguns detalhes podem ficar “fora do lugar”.

OksB4y4FFHwPi9L8Rs GEqwi
Imagens oficiais do projeto

Para baixar o tema, acesse ele no GNOME Look através deste link ou através do GitHub.

Espero você no próximo post, forte abraço.


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Novo repositório PPA para drivers open source
Continue lendo

Novo repositório PPA para drivers open source atualizados para o Ubuntu

Há algumas semanas atrás a Feral Interactive, a principal empresa que tem portados games para Linux nos últimos anos, pediu para que fosse disponibilizado para o Ubuntu o suporte para as versões mais recentes dos drivers de código aberto MESA de forma oficial pela Canonical. Até o momento não existe nada oficial, mas existem duas alternativas comunitárias.
Linux Mint 18 não trará mais suporte nativo para Codecs Multimídia
Continue lendo

Linux Mint 18 não trará mais suporte nativo para Codecs Multimídia

Umas das características que fez o Linux Mint se popularizar como "melhor distribuição Linux para iniciantes" era o conceito "Out of the Box", o que significa, "trocando em miúdos", que assim que a instalação terminava você simplesmente usaria o sistema sem precisar configurar mais nada, ou configurando apenas aquilo que você gostaria de mudar, de qualquer forma, já poderia assistir filmes, ouvir músicas, etc. Bom, isso não vai mais acontecer.