Canonical vai atrás dos fabricantes de Android para lançar mais Ubuntu Phones

Canonical vai atrás dos fabricantes de Android

O Ubuntu para Smartphones está pronto e em constantes atualizações, aos poucos novas funcionalidades e recursos são adicionadas ao sistema, agora é hora de pensar nas duas coisas mais importantes para um sistema mobile, quantidade de usuários e aplicativos.

O Ubuntu mudou a forma com que as pessoas veem o Linux no Desktop, depois que a distribuição despontou vemos uma grande massa de pessoas utilizando Linux no dia a dia para todos os tipos de tarefa. Agora chegou a hora de dar mais um passo, rumo ao Mobile.

A informação vem do site “The Register” que nos informa que segundo uma breve entrevista que eles fizeram com a Canonical, a empresa que desenvolve o Ubuntu, existe uma grande possibilidade de vermos muitos Ubuntu Phones em breve e de marcas diferentes.

Leia também: Conheça o Meizu PRO 5, o novo Smartphone que deverá rodar o Ubuntu

Segundo a informação a empresa estaria falando com os atuais parceiros da Google que utilizam Android em seus aparelhos e ao que tudo indica as conversas entre as companhias estão indo muito bem, várias demonstraram interesse e vão lançar aparelhos com o sistema da Canonical, porém, não foi comentado quais seriam estas empresas, entretanto há uma especulação de que a Samsung estaria interessada, apesar do Tizen.

O problema dos Apps e como conseguir alavancar uma ideia

Realmente um sistema não é nada sem aplicações para acompanhá-lo, com o Ubuntu Phone não seria diferente, porém, ao contrário da linha de raciocínio que a maioria das pessoas costuma utilizar, criar um sistema e esperar que os apps sejam feitos para que assim ele cresça, a Canonical quer fazer o sistema crescer em números, se isso acontecer os Apps serão consequência.

O mesmo vale para outros ramos como o próprio Linux e o Software Livre, é melhor alguém usando um pouco de Software Livre do que nada, é neste tanto que a divulgação de software livre peca um pouco no Brasil. Mais uma vez tivemos o caso da campanha da FLISOL sem o Ubuntu num evento onde os participantes podem levar seus Windows e Macs para a instalação de programas que são Software Livre me parece ser um desperdício não usar o Ubuntu para a alavancar a adoção de Software Livre, usando como porta de entrada pelo menos.

A Canonical já conseguiu fazer do Ubuntu um concorrente a altura para Windows e Mac, pelo menos tecnicamente, agora vamos ver se consegue fazer frente ao Android e ao iOS também, façam suas apostas!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Remix OS - O Android para computadores é descontinuado
Continue lendo

Remix OS – O Android para computadores é descontinuado

Uma notícia ruim para as pessoas que gostaram da proposta do Remix OS, um sistema operacional baseado no Android que trazia uma interface amigável para ser utilizada em computadores tradicionais, assim como um Kernel Linux modificado para tornar o Android compatível com processadores de arquitetura x86. O sistema foi declarado como descontinuado pelos desenvolvedores.