Open source

Quais são os projetos de código livre da Microsoft?

Você conhece os projetos de código livre da Microsoft? Faz tempo que a gigante da tecnologia mantém vários repositórios na plataforma Github e hoje falaremos sobre alguns deles, sem esquecer que há muitos outros como o Azure, o WSL, o Skype e o navegador Edge.

Projetos de código livre da Microsoft

Vejamos alguns dos projetos de código livre da Microsoft, deixando de lado a polêmica sobre os “interesses” na promoção de aplicativos e ferramentas de código aberto e sobre as famosas declarações de Steve Ballmer, então CEO da empresa, de que o Linux era um “câncer” para a Microsoft.

PowerShell

O PowerShell é uma estrutura de automação e configuração multiplataforma (Windows, Linux e macOS) otimizada para lidar com dados estruturados e modelos de objetos. É mais conhecido por seu shell de linha de comando e a sua linguagem de scripts e cmdlets.

Como uma linguagem de scripts, o PowerShell permite o uso de aliases (como os shells usados nas distribuições Linux) e pode ser estendida pelo uso de funções, classes e módulos.

Winget

O projeto de código livre Windows Package Manager Client desenvolve uma poderosa ferramenta para gerenciar (quase) todos os aplicativos do seu computador Windows através de scripts ou do terminal. Um simples script pode instalar ou atualizar os seus aplicativos: é o sonho dos usuários Linux que usam também o sistema operacional da Microsoft.

Se o comando winget é executado sem os privilégios de administrador, alguns aplicativos podem exigir elevação para serem instalados; mas se você executar o winget em um prompt de comando do Administrador, todo o processo é transparente, e você não receberá pedidos de elevação para instalar os aplicativos. Por isso, escolha com cuidado os aplicativos que vai instalar!

Ferramenta Winget — Fonte: Reprodução/Microsoft

O Winget é compatível com as versões posteriores ao Windows 10 1809 (compilação 17763) ou Windows 11; e experimentalmente no Windows Server 2022. Tenha em conta que, por padrão, o instalador winget.exe coleta dados do uso e para diagnóstico de erros, enviando-os à Microsoft, mas essa telemetria pode ser bloqueada usando as configurações do próprio Windows: clique em Iniciar, selecione Configurações > Privacidade > Diagnóstico e comentários, e selecione a opção “Básico”.

.NET

.NET é a estrutura de desenvolvimento de código aberto para criar aplicativos multiplataforma compatíveis com Windows, Linux, macOS, iOS e Android, ou para contêineres (Docker) e serem executados em navegadores, dispositivos móveis, dispositivos IoT (Internet das Coisas), desktop ou na nuvem.

Todo o processo de desenvolvimento é acelerado por permitir usar uma única base de código e, com ferramentas de aprendizado de máquina, os desenvolvedores podem acrescentar, por exemplo, funções de acessibilidade e processamento de fala aos seus aplicativos ou jogos.

PowerToys

O Microsoft PowerToys é um conjunto de utilitários de código aberto para que usuários avançados possam otimizar a sua experiência no Windows e melhorar a sua produtividade.

É compatível com Windows 11 ou Windows 10 (versão 2004 compilação 19041) ou mais recente. Atualmente, o PowerToys contém as seguintes ferramentas:

  • Always on Top;
  • Color Picker;
  • FancyZones;
  • File Explorer Add-ons;
  • File Locksmith;
  • Hosts File Editor;
  • Image Resizer;
  • Keyboard Manager;
  • Mouse utilities;
  • PowerRename;
  • PowerToys Awake;
  • PowerToys Run;
  • Quick Accent;
  • Screen Ruler;
  • Shortcut Guide;
  • Text Extractor.

Terminal do Windows

O Terminal do Windows é um aplicativo de terminal para usuários de ferramentas de linha de comando e de shells como o Prompt de Comando, o PowerShell e o WSL (Subsistema do Windows para Linux). Seus principais recursos são:

  • Possibilidade de abrir várias guias;
  • Suporte a caracteres Unicode e UTF-8;
  • Mecanismo de renderização de texto acelerado por GPU;
  • Temas, estilos e configurações personalizados.

Visual Studio

O Visual Studio Code é um editor de código aberto e gratuito, altamente personalizável através de extensões, compatível com o Linux, Windows e macOS.

Visual Studio Code — Fonte: Reprodução/Microsoft
Visual Studio Code — Fonte: Reprodução/Microsoft

Para quem não quer enviar telemetria para a Microsoft, o VS Codium é completamente compatível e ambos incluem funcionalidades que aumentam a sua produtividade como, por exemplo:

  • Realce de sintaxe;
  • Preenchimento automático via IntelliSense;
  • Depuração de código no próprio editor;
  • Integração a comandos git;
  • Suporte integrado para JavaScript, TypeScript e Node.js;
  • Suporte a outras linguagens e tempos de execução (como C++, C#, Java, Python, PHP, Go, .NET) via extensões;
  • Idiomas e temas.

Accessibility Insights

O Accessibility Insights é um conjunto de ferramentas de código aberto que ajudam os desenvolvedores a encontrar e corrigir problemas de acessibilidade em aplicativos antes que cheguem aos usuários.

Usando essas ferramentas é possível testar a acessibilidade dos aplicativos web ou nativos para Windows e Android, verificando, por exemplo, o contraste das cores.

.NET Multi-platform App UI

O .NET MAUI é uma estrutura multiplataforma para criar aplicativos com um excelente desempenho para Android, iOS, iPadOS, macOS e Windows a partir de uma única base de código compartilhada. Com a estrutura do .NET MAUI é possível reduzir significativamente o processo de desenvolvimento de aplicativos por usar um único framework, a mesma base de bibliotecas de classe e cadeia de ferramentas.

Aplicativos usando o .NET MAUI — Fonte: Reprodução/Microsoft
Aplicativos usando o .NET MAUI — Fonte: Reprodução/Microsoft

PWABuilder

O PWABuilder foi criado para ajudar o desenvolvimento dos Progressive Web Apps (PWAs) e o empacotamento para lojas de aplicativos da Microsoft, Google e Apple.

Emojis do Windows 11

Recentemente, a Microsoft abriu o código de 1.538 emojis do Windows 11 e já podem ser utilizados gratuitamente nos logotipos, ícones e conteúdo do seu projeto. Repare haver exceções, como o Clippy (lembra dele?), protegido por direitos autorais.

Emojis do Windows 11 — Fonte: Reprodução/Microsoft
Emojis do Windows 11 — Fonte: Reprodução/Microsoft

Os arquivos dos emojis estão disponíveis nos repositórios do Github nos formatos .svg, .png, .jpg, entre outros.

Outras ações de aproximação da comunidade Open Source incluem a liberação através da licença GPLv2 do seu sistema de arquivos exFAT, o sistema padrão de cartões de memória e de vários dispositivos embarcados.

Então, gostou de saber mais sobre os projetos de código livre mantidos prioritariamente pela Microsoft? Levante a mão quem nunca usou aplicativos baseados no .NET ou o PowerToys. 

Quer saber mais novidades sobre tecnologia e código aberto? Inscreva-se na nossa newsletter semanal.

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!