Orange Match Box da Canonical: Raspberry Pi 2 com Snappy Ubuntu Core

Orange Match Box da Canonical: Raspberry Pi 2 com Snappy Ubuntu Core

A Canonical mostrou no IOTWorld2015 uma nova “caixinha mágica” que carrega um Raspberry Pi 2 com Ubuntu.

Um caixa com Raspberry Pi 2 e o Ubuntu Snappy pré-instalado

Como uma brincadeira para fazer um contraponto com o poderoso “Orange Box” da Canonical, um cluster movido à Ubuntu, foi anunciado o Match Box, um caixa contendo o Raspberry Pi 2 com a nova tecnologia Snappy que vem sendo desenvolvida pela Canonical.

O Snappy tem gerado muita especulação e expectativa, então se você quiser saber mais sobre ele recomendo que leia este post onde abordamos o Snappy através de exemplos e um vídeo.

Não foi comentado nada sobre locais de venda do dispositivo mas na demonstração, podemos ver um dos engenheiros carregando o Raspberry com Ubuntu Snappy como se fosse um pingente.

Se você curtiu o Match Box talvez se interesse também pelo MintBox Mini, confira aqui.

Curtiu? Compartilhe! 🙂


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Microsoft Office chega ao Chrome OS da Google
Continue lendo

Microsoft Office chega ao Chrome OS da Google

O Chrome OS segue a sua escalada no mercado de computadores portáteis. Há algum tempo a Google anunciou a integração entre o Chrome OS e uma série de aplicativos Android, o que aumenta muito as possibilidades do sistema e agora, uma dessas aplicações é nada mais nada menos do que o Microsoft Office.
Janelas enroladas no Ubuntu
Continue lendo

Janelas enroladas no Ubuntu

As primeiras versões de Linux que usei, especialmente as que vinha com o KDE, tinham um recurso muito interessante que permitiam "recolher" a janela de um programa qualquer como se fosse uma cortina ou algo parecido.
OpenSuse completa 20 anos: Parabéns
Continue lendo

OpenSuse completa 20 anos: Parabéns

Em 02 de setembro de 1992 nascia o SUSE na Alemanha. Com pratocinio da Novell e com uma ampla gama de desenvolvedores o Open Suse é uma das maiores distros da história, a distribuição ainda conta com a versão server, também chamada de Suse Enterprise Linux, algo parecido com o que a Red Hat faz.