Google Chrome 92: chegando na velocidade da luz

Google Chrome 92

Com o passar dos anos o Google Chrome se tornou “o padrão da internet” e, ao mesmo tempo, base para outros navegadores, por essa razão a cada lançamento a expectativa da vinda de novos recursos é grande.

Chrome 92: mais velocidade chegando

Se você é um usuário do Chrome, tem motivos de sobra para ficar na expectativa do lançamento da versão 92 que promete aumentar a velocidade de navegação com a adoção de um recurso que já está presente no Android. 

Os desenvolvedores estão discutindo a implementação do BFCache, que virá ativado de forma padrão a partir da versão 92 e estará disponível nas plataformas Linux, Mac e Windows.

O que é o BFCache ?

O desenvolvedores do projeto explicam o conceito do BFcahe:

BFCache is an already existing concept in HTML spec. The BFCache eligibility is referred to as “document salvageable state” [spec], and the navigation steps like “unloading a document” [spec] refers to BFCache as “keep document alive in a session history entry”…

Em uma tradução livre:

“BFCache é um conceito já existente nas especificações HTML. A elegibilidade do BFCache é referida como “estado recuperável do documento” [especificações], e as etapas de navegação como “descarregar um documento” [especificações] referem-se ao BFCache como “manter o documento ativo em uma entrada de histórico de sessão”.

Na prática, como será o funcionamento do recurso? Para entender isso, primeiro temos que entender o funcionamento atual do navegador. Quando acessamos alguma página e depois ela é fechada, o Chrome de forma imediata procura eliminá-la para limpar a memória.

Já com o BFcache (back-forward cache que numa tradução livre significa cache de retrocesso) a página será armazenada inteira depois que o usuário sair dela e será reutilizada no histórico de sessão para a navegação instantânea. Mas talvez você se pergunte, mas elas não irão ocupar mais memória por estarem ativas? O detalhe é que elas estarão congeladas e não vão executar nenhum Javascript, e quando pressionarmos os botões de avançar e voltar do navegador o site será carregado de forma imediata.

Já posso experimentar a novidade?

Quem é um entusiasta e deseja testar esse novo recurso sem ter que aguardar pelo seu lançamento oficial nos próximos meses, vai ficar feliz em saber que ele já está disponível de forma experimental no Chrome Stable e pode ser ativado de forma simples.

Google Chrome com opções de teste do BFCache

Abra uma nova aba com o seguinte comando na sua barra de endereços: chrome://flags/#back-forward-cache e na caixa suspensa que está na frente escolha uma das opções ativar o recurso em modo experimental. Lembrando que essas opções podem variar dependendo da versão do navegador que você estiver utilizando. Depois é só clicar no botatão Relaunch e aguardar o Chrome reiniciar para começar a brincadeira!

Outras novidades

Embora tenhamos destacado o BFCache, ele não é o único recurso que chegará no lançamento da versão 92 do Chrome, podemos também citar o “Desktop Sharing Hub” que trará novas formas de compartilhamento de páginas e o “memories” que mostrará o histórico de uma nova forma.

E aí Pinguim, o que você achou dessas novidades? Vai testar essa nova função antes do lançamento? Se já estiver testando, deixe suas experiências nos comentários. Um abraço e até a próxima!


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Avast ajudou o Linux Mint a se recuperar dos ataques
Continue lendo

Avast ajudou o Linux Mint a se recuperar dos ataques

Depois de praticamente um mês à partir da data do ataque ao site do Linux Mint e a troca da ISO do sistema por uma que continha o backdoor as coisas estão ficando mais calmas. O criador do Linux Mint, Clement Lefebvre, postou no blog da distro o resumo da situação do Mint.