Notícias

Cliente de torrent Fragments chega na sua versão 2.0 com novas funcionalidades

O Fragments é um cliente de bittorrent para linux, minimalista, fácil de usar e segue o GNOME HIG, possuindo uma aparência clean, além de diversos recursos. Recentemente, foi anunciado oficialmente a versão 2.0 (beta) do cliente.

FF8dhD7WQA0O5Ky

Novidades que chegam com o Fragments 2.0

Através de um tweet, Felix Häcker, desenvolvedor GNOME, anunciou os novos recursos que acompanharão a nova versão do cliente bittorrent.

Em uma tradução livre:

“Finalmente! A primeira versão beta do Fragments 2.0 já está disponível! Fragments é um cliente BitTorrent para a área de trabalho #GNOME que dá grande ênfase à usabilidade e recursos bem pensados.”

Felix Häcker

Entre as novidades estão:

Reconstruído do zero

O Fragments 2.0 foi reconstruído do zero usando a linguagem de programação rust, o kit de ferramentas para criação de interfaces gráficas GTK4, além da biblioteca libadwaita.

Estatísticas da sessão

Em sua mais nova versão, o Fragments conta com uma guia de estatísticas, mostrando o uso geral da largura de banda e o tempo de atividade para a sessão atual ou geral.

Frame 1

Mais opções de configuração

Atendendo a pedidos, as preferências do cliente bittorrent também foram revisadas nesta nova versão, incluindo diversas novas opções de configurações, como, por exemplo, a possibilidade de definir uma pasta para torrents que ainda não foram completamente baixados.

Arquitetura completamente modular

Na versão 2.0, o Fragments possuirá uma arquitetura completamente modular, ou seja, não faz diferença se você usa seu computador local como um cliente bittorrent ou um servidor remoto, agora ele poderá ser usado como um controle remoto para sessões do Fragments ou do Transmission.

Em uma tradução livre:

“Por exemplo, eu uso meu Synology NAS como um ‘servidor de download’ executando o daemon do Transmission. Agora posso usar o  Fragments como um controle remoto para operar meu servidor de download sem ter que sacrificar a profunda integração com a área de trabalho GNOME pela qual ele é conhecido.”

Felix Häcker

Experimentando o Fragments 2.0

Apesar de possuir uma profunda integração com a área de trabalho GNOME, o Fragments é distribuído como um pacote flatpak, permitindo que os usuários o executem em qualquer distribuição linux e ambiente desktop.

Para experimentar o beta, basta efetuar o download do arquivo flatpak.ref.

2021 12 09 16 04

E você aí, utiliza o Fragments ou algum outro cliente bittorrent? O que achou da novidade? Forte abraço, pessoal. Até a próxima.

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!
98 postagens

Sobre o autor
Opa! Fala, meus consagrados. Me chamo Durval Henrique, mais conhecido por aí como Lavrudinho. Apaixonado pelo conceito de tiling window manager, entusiasta da tecnologia em geral e um projeto de desenvolvedor web.
Artigos
Postagens relacionadas
Notícias

Navegadores de internet tem brecha de dados pela GPU via WebGPU

Notícias

NixOS mais FreeBSD resulta em NixBSD

Notícias

Godot quer começar a embarcar em aplicativos