Com suporte ao formato de imagem AVIF, preenchimento de formulário PDF mais robusto e uma melhor proteção contra downloads inseguros, o Firefox 93 é lançado.

Suporte ao formato de imagem AVIF

O suporte ao formato de imagem AVIF, já deveria ter sido implementado em versões anteriores do popular navegador, mas, apesar dos atrasos, o AVIF passa a ser suportado por padrão nesta nova versão do Firefox.

Para você que não está familiarizado com o assunto, o AVIF se trata de um formato de imagem baseado no codec de vídeo AV1 moderno e livre de royalties com qualidade comparável ao JPEG, mas com um tamanho de arquivo muito reduzido.

“Firefox now supports the new AVIF image format, which is based on the modern and royalty free AV1 video codec. It offers significant bandwidth savings for sites compared to existing image formats. It also supports transparency and other advanced features.”

Mozilla

Em uma tradução livre:

“O Firefox agora suporta o novo formato de imagem AVIF, que é baseado no codec de vídeo AV1 moderno e livre de royalties. Ele oferece economia significativa de largura de banda para sites em comparação aos formatos de imagem existentes. Ele também oferece suporte a transparência e outros recursos avançados.”

Mozilla
avif 1

Preenchimento de PDF mais robusto e muito mais

Um visualizador de PDF atualizado que agora suporta o preenchimento de mais formulários adicionais, como formulários baseados em XFA usados ​​por vários bancos e governos, bem como suporte para o pacote oficial Snap no AArch64 (ARM64 ) e arquiteturas ARMhf, foi introduzido ao Firefox 93.

Melhor proteção contra downloads inseguros

A nova versão do navegador, agora protege os usuários contra downloads inseguros, bloqueando automaticamente os downloads que dependem de conexões inseguras. Além disso, o painel de download foi reformulado para seguir os estilos visuais do Firefox e os conjuntos de criptografia TLS usando 3DES foram desabilitados por padrão (Não se preocupe, eles podem ser habilitados em sistemas obsoletos).

Melhorias para o sistema do pinguim

O firefox 93 trouxe algumas melhorias exclusivas para o Linux:

Detalhes visuais refinados

Nesta nova versão, a barra de progresso do download do Firefox respeita o esquema de cores do sistema em desktops Linux. O navegador estava aplicando seu próprio CSS à barra em versões anteriores, o que, em certos temas GTK, a tornava invisível.

Melhorias no Wayland

Você que utiliza o Wayland, se beneficiará de uma implementação alternativa da área de transferência assíncrona, a qual diz corrigir vários problemas da área de transferência que existem em versões anteriores.

Há melhorias também para o Windows e o macOS

A nova versão do navegador também trouxe melhorias para os sistemas da Microsoft e Apple:

Uso de memória otimizado no Windows

No Firefox para o sistema operacional Windows, as guias serão descarregadas automaticamente com base na hora do último acesso, uso de memória e outros atributos com o intuito de reduzir a falta de memória do Firefox.

Um recurso similar voltado para a memória está em desenvolvimento para o Linux, então fique atento para ele em uma versão futura.

Novidades para o macOS

A versão 93 do navegador Firefox também traz melhorias para o sistema da Apple. No macOS, agora será mostrado um prompt de primeira execução quando os usuários executam o Firefox a partir de uma imagem de disco montada ( .dmg) em vez de um local instalado como a pasta Aplicativos. Há também um patch para permitir que o Firefox reinicie automaticamente para aplicar atualizações quando nenhuma janela estiver aberta.

E não para por aí…

Além disso, o Firefox 93 corrige outros diversos problemas como o suporte para o aplicativo leitor de tela Orca no Ubuntu, bugs relacionados ao som também são corrigidos (incluindo um problema de microfone distorcido em aplicativos WebRTC), além de mais trabalho de back-end para oferecer suporte ao próximo recurso de isolamento de site conhecido como Fission.

E você, utiliza o Firefox como navegador padrão ou pretende utilizá-lo? O que achou das novidades dessa nova versão?

Abraços, pessoal. Até a próxima.


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste