Um caso judicial envolvendo o FBI e a Apple está chamando a atenção nos EUA, a divisão investigativa do governo norte americano quer que a “gigante de Cupertino” modifique o iOS e ajude-os a acessar informações criptografadas no dispositivo.

O CEO da Apple, Tim Cook, divulgou hoje  onde conta os detalhes do processo. aparentemente a justiça dos EUA está pressionando a Apple para que a mesma ajude o FBI em um caso de investigação onde um casal assassinou 14 pessoas em Dezembro do ano passado na Califórnia. A questão é que muitas provas estariam dentro do iPhone 5C dos investigados, o aparelho está criptografado e somente a Apple poderia dar acesso aos dados para a justiça.

Cook informou que não pretende mudar o iOS para permitir que o FBI acesse os dados pois isso tornaria o iOS vulnerável e mais facilmente desbloqueável, perderia segurança e este paliativo poderia afetar milhões de usuários ao redor do mundo que poderiam ser expostos. O executivo afirma que uma vez que o processo seja feito (e torne-se possível) para que outros não tão bem intencionados quanto o FBI consigam fazer o mesmo.

Leia também: John McAfee se oferece para hackear iPhone para o FBI

A Apple tem 5 dias para responder oficialmente ao pedido, Tim Cook ainda afirmar que se a justiça realmente obrigar a empresa a abrir o iOS desta forma isso pode significar que futuramente o governo entre nos dispositivos de forma menos honrosa.


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste