Notícias

Android 14 Beta 1 – O que já sabemos sobre o sistema

Em 12 de abril, o Google lançou o Android 14 Beta 1, já podemos ter uma boa ideia do que virá com a próxima versão do sistema, mesmo que algumas coisas ainda podem ser adicionadas até o lançamento. Hoje você conhecerá as principais novidades que já estão presentes no primeiro lançamento público do Android 14.

Cronograma de lançamento do Android 14

O Google não definiu datas exatas para cada etapa do lançamento do Android 14, mas com o que eles informaram, já podemos ter uma melhor noção:

  • Fevereiro de 2023 – Developer Preview 1: Demonstrou as novas APIs para os desenvolvedores de apps estudarem sobre a compatibilidade de seus produtos;
  • Março de 2023 – Developer Preview 2: Introduziu mais APIs e algumas mudanças de comportamento do sistema, além de ter começado as alterações para a Beta 1;
  • Abril de 2023 – Beta 1: Primeiro lançamento público, introduziu grande parte das novidades do sistema, que estão sendo testadas nos aparelhos do público com acesso antecipado;
  • Maio de 2023 – Beta 2: Corrigirá problemas detectados na edição anterior e poderá adicionar mais recursos;
  • Junho de 2023 – Beta 3: Esta será a primeira beta estável, a última que adicionará novos recursos ao sistema;
  • Julho de 2023 – Beta 4 e 5: Apenas corrigirão bugs que forem sendo detectados;
  • Segundo semestre de 2023: Lançamento final – Ocorrerá em algum momento ainda não definido, após o lançamento da última Beta e começará a ser disponibilizado para os aparelhos compatíveis.

Apenas celulares da série Pixel lançados com Android 11, ou mais recentes, estão elegíveis para testar as primeiras Betas, mas provavelmente, assim como ocorreu em lançamentos anteriores, outras marcas poderão aderir ao programa de acesso antecipado no futuro.

O que há de novo no Android 14 Beta 1?

O Android 14 beta 1 apresenta alguns elementos da interface redesenhados, maior segurança ao usuário, configurações personalizadas para cada aplicativo, uma nova ferramenta para criar wallpapers e mais! Ele já é uma prévia do que teremos no lançamento final.

Redesign em alguns elementos do sistema

A reação ao botão de “retornar” foi repensada para corresponder melhor aos gestos. Teremos uma animação baseada nos conceitos de design do Material You, que mostra uma prévia da página para onde estamos indo.

novo botao voltar android 14 beta
Novo botão de “voltar”. Fonte: Android Police

Novas animações para desbloquear o celular via PIN serão incluídas nos pontos que representam cada número digitado e não haverá mais a necessidade de apertar o botão de confirmação após digitar a senha, mesmo quando ela tiver mais que quatro dígitos. Enquanto o widget do media player, no menu rápido, ganhará uma nova animação de “lâmpada de lava”. 

Por fim, quando a Bateria estiver a 2%, o usuário receberá um alerta de bateria muito baixa. No Android 14, as opções de volume separarão a opção de configurar o volume do toque do celular ao receber ligações, do volume das notificações.

Desenvolvedores ganharão mais liberdade para personalizar elementos do sistema em seu aplicativo:

  • O menu para compartilhar, que até agora foi o mesmo para todas as aplicações, permitirá que façam algumas personalizações, podendo deixá-lo com um aspecto mais limpo;
  • A barra de navegação do sistema poderá ser forçada a ficar transparente dentro do aplicativo.

Novas opções para seus Wallpapers

Há bastante tempo é possível ter wallpapers diferentes entre a tela de bloqueio e a home, agora também será possível ter wallpapers animados diferentes entre as duas telas. O Android 14 também introduzirá uma ferramenta de criação de wallpapers personalizados que utiliza emojis estilizados, cores sólidas, fotos do usuário, além de imagens disponibilizadas por uma curadoria própria e pelos usuários.

Android 14 beta app wallapaer
Ferramenta de criação de wallpapers. Fonte: Android Police

Mais configurações e funcionalidades para o seu dispositivo

Smartphones com o Android 14 terão a opção de linguagem isolada para cada aplicativo: por padrão, novos aplicativos instalados virão com a linguagem que o usuário escolheu para o sistema, mas no menu de configurações, poderá escolher uma língua diferente, o método de calendário, as unidades de medida e até mesmo o layout do teclado.

Alguns aparelhos possuem uma pequena luz que pisca em notificações, no novo Android, celulares que não tem isso, receberão a função nativa de piscar o flash para notificações, algo importante para a acessibilidade.

Quem possui tablets poderá pareá-lo com o smartphone para conseguir atender ligações diretamente do tablet. O sistema de monitoramento de aplicativos em segundo plano será mais agressivo, para reduzir o gasto de bateria quando o aparelho estiver com a tela bloqueada.

Outra novidade é que celulares com múltiplos chips SIM poderão escolher qual utilizar de forma automatizada, quando apenas um deles tiver sinal. Outra função muito desejada pelos usuários e que pode representar uma perda para as fabricantes, é que mesmo aplicativos que vêm de fábrica, poderão ser apagados facilmente, resolvendo de vez o problema com bloatwares.

Para melhorar a segurança, os certificados “TrustCor root” passarão a ser atualizados de forma independente do restante do sistema, de forma que mesmo quando aparelhos com Android 14 ficarem ultrapassados, continuarão capazes de receber atualizações para acessar recursos mais recentes da navegação pela internet. Além disso, utilizar aplicativos que capturam a tela, pode representar um imenso problema de segurança, a partir do Android 14, apenas aplicações que passarem por uma curadoria especial conseguirão realizar esta ação.

Se você costuma perder os fones de ouvido bluetooth pela casa, poderá contar com a ajuda do Android 14, pois está sendo implementada uma função que detecta a distância entre o dispositivo conectado e o aparelho Android, dessa forma, dará para brincar de “quente ou frio” sozinho, entretanto, não foi confirmado que este recurso virá na versão final.

Com o Android 14, seu celular ficará mais seguro

Além de atualizar recursos de segurança do sistema, algo que ocorre em todas as edições, o Android 14 restringirá aplicativos que utilizem SDK anteriores ao 23, eles não poderão mais iniciar junto com o sistema por serem extremamente inseguros. 

E finalmente, aqueles aplicativos que prometem limpar a memória RAM do sistema, presentes em celulares de avós pelo mundo todo, não conseguirão mais limpar mais do que a memória que eles mesmo ocupam, afinal, eles atrapalham no gerenciamento feito pelo sistema e forçam a reinicialização de várias tarefas, o que no fim, acaba deixando o celular mais lento e gasta mais bateria.

Quer ficar ainda mais inteirado sobre as novidades do mundo da tecnologia? Assine a nossa Newsletter gratuita semanal!

Fonte

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!