LinuxONE: O mainframe da IBM com um poder computacional incrível

LinuxONE: O mainframe da IBM com um poder computacional incrível

A IBM anunciou uma parceria com a Canonical para trabalhar com o Ubuntu no LinuxONE, o mainframe deve comportar também sistemas Red Hat e SUSE.

IBM investe no Linux para sua nova plataforma

A IBM anunciou ontem (17/08/15) o sua mais nova linha de mainframes que recebera o nome de LinuxONE, uma plataforma que roda exclusivamente Linux.

O diretor da IBM na América Latina, Aníval Strianese, comentou que os dois integrantes da nova família de mainframes são capazes de reunir hardware, software e serviços a nível empresarial com o Linux, “eles serão flexíveis para implementações de nuvem híbridas”, destacou.

O LinuxONE Emperor, é baseado no IBM z13, chip que foi considerado em Janeira deste ano como “o mais rápido do mundo”, este seria um sistema capaz de analisar transações em tempo real, com poder de escalabilidade estupendo! Ele poderia rodar até 8 mil máquinas virtuais, realmente incrível!

O segundo modelo é o LinuxONE Rockhopper, este seria um pouco mais modesto, construído para atender a clientes medianos, mercados  emergentes que procuram velocidade, segurança e maleabilidade.

Open Source

Um ponto interessante que vale ressaltar no anúncio da IBM é que a empresa liberou 500 mil linhas de código do mainframe, algo que é considerado por eles a maior contribuição a nível de código que já foi feita pela companhia.

Strianese explica que a IBM já possui uma fabricação nacional de chips IBM z13, segundo ele o LinuxONE já está disponível para compra no mercado brasileiro. Segundo ele o mainframe tem grande representatividade no mercado e uma expansão neste setor é esperada para o segundo semestre do ano.

Fonte aqui e aqui.


Newsletter Diolinux
Talvez Você Também Goste
Como usar os pacotes Snap
Continue lendo

Como usar os pacotes Snap do Ubuntu em outras distribuições Linux

Eu vejo nos pacotes Snap do Ubuntu uma grande possibilidade para uma mudança de paradigma na forma de distribuição de software para Linux e uma das coisas importantes neste sentido é a compatibilidade com outras distros, assim como os pacotes FlatPak, veja agora como usar os Snaps em outras distros que não sejam o Ubuntu.
Os BSD estão morrendo?
Continue lendo

Os BSD estão morrendo?

As versões Open Source da Berkeley Software Distribution (BSD) do UNIX sofrem com a falta de monitoria em seu código, e isso prejudica sua segurança, disse Ilja Van Sprundel, diretor de testes de invasão no IOActive no final de dezembro.
Por que a Microsoft foi acolhida de braços abertos pelo Linux?
Continue lendo

Por que a Microsoft foi acolhida de braços abertos pelo Linux?

Hoje eu li um texto muito bem redigido que abordava este assunto curioso, depois de tantos anos em que a Microsoft via o Linux como concorrente, nos últimos tempos a forma com que a empresa trabalha com o sistema é completamente diferente, mas talvez o que chame mais a nossa atenção é como as empresas e até mesmo a "The Linux Foundation" encaram o assunto.