Games

O que podemos esperar com o lançamento de Counter Strike 2?

Em testes por usuários desde 22 de março, o lançamento final do jogo Counter Strike 2 é aguardado com ansiedade pela comunidade de jogadores. Não há a confirmação de uma data exata, apenas indícios de um lançamento iminente, mas afinal, o que ele deverá apresentar de novo em relação ao seu predecessor? Você conseguirá jogá-lo em seu computador?

Ainda sem uma data de lançamento de Counter Strike 2

Com 10 anos de vida o Counter Strike Global Offensive se mantém popular com seus 26 milhões de jogadores e picos de até 1,8 milhões de usuários simultâneos, entretanto, com as novidades que a indústria dos games apresentou neste meio tempo, ele vem se tornando datado.

Possuindo uma nova engine, mapas, modelos e armas remodelados, Counter Strike 2 deverá substituir seu predecessor, mantendo todo o progresso e compras de jogadores. Desde a abertura da edição beta, mais de um milhão de usuários já testaram o título. Agora, a Valve deu indícios de que o lançamento final está prestes a chegar. Na rede social X (Twitter), postou em 20 de setembro: “O que você fará na próxima quarta-feira?”.

O que podemos esperar com o lancamento de Counter Strike 2 1 jpg

Pode não parecer uma evidência cabal de que CS 2 será lançado na quarta-feira, 27 de setembro, mas o hype dos jogadores é reforçado pelo vazamento de que o jogo terá duas temporadas anuais, uma iniciará na primavera, outra no outono (conforme as estações do hemisfério norte).

O que podemos esperar com o lançamento de Counter Strike 2? 2

O que Counter Strike 2 trará de novo?

Portado para a nova Source Engine 2, ele conseguirá oferecer gráficos e física aprimorados e permanecerá gratuito. Além de incluir um um novo sistema de iluminação e partículas, apresentando uma visualização mais clara do impacto dos tiros, mesmo à distância. 

Uma grande novidade é o efeito das bombas de fumaça, que se comportam como objetos volumétricos, reagindo à luz, objetos, movimentos, tiros e explosões, podendo se mover com naturalidade pelo ambiente. Efeitos de explosões e fogo também se comportam com mais realismo e consistência.

Estas novidades se somam a uma alteração no comportamento dos servidores do jogo que o torna ainda mais competitivo, o funcionamento do tickrate, sistema de captura de informações da partida pelos servidores. No CS:GO, os servidores avaliam o estado da partida em intervalos de tempo definidos (ticks), que podem variar conforme a partida, mas o ideal é que acompanhe a taxa de frames em que o jogo está rodando, em cenários profissionais, por exemplo, o jogo costuma funcionar à 128 ticks por segundo, mas em partidas casuais, tenta se manter a pelo menos 30 ticks por segundo.

O que podemos esperar com o lançamento de Counter Strike 2? 3
Imagem: Steam

Counter Strike 2 busca oferecer uma nova abordagem aos ticks, criando uma categoria denominada “subticks”, gerando atualizações entre os ticks, proporcionando uma jogabilidade mais fluida e precisa, mesmo em partidas casuais.

Na trajetória do Counter Strike, alguns mapas tornaram-se clássicos e neste lançamento, muitos estão sendo mantidos, mas receberão atualizações para tirar proveito das novas mecânicas e capacidades:

  • O Nuke utiliza a nova iluminação, reflexo e efeitos de texturas da Source 2;
  • Overpass foi completamente revisado com ferramentas da nova engine;
  • O popular Dust 2 mantém suas fundações intocadas, apenas com alguns ajustes visuais.
O que podemos esperar com o lançamento de Counter Strike 2? 4
Imagem: Steam

Todo o áudio do jogo foi remasterizado, refletindo o ambiente e representando o estado da partida com mais fidelidade. A equalização também foi refeita para uma experiência mais confortável.

O jogo ainda conta com uma nova classificação, denominada “CSficação”, ela mede o desempenho de cada usuário em partidas no modo Especial, um modo competitivo com banimento de mapas da campanha ativa. Os dados coletados determinam o posicionamento de cada usuário nas tabelas de classificação mundiais e regionais.

Podemos perceber que Counter Strike 2 não apresenta grandes mudanças na fórmula bem sucedida da série, focando em atualizar gráficos, mecânicas e em aprimorar a responsividade, mantendo-o relevante no cenário competitivo. Mas será que seu computador dará conta de rodar o jogo?

Quais os requisitos de Counter Strike 2?

Ainda não há nenhum posicionamento oficial sobre as configurações mínimas e recomendadas que o computador deve ter para rodar o jogo, mas segundo informações coletadas pelo site PCBenchmark, a comunidade constatou o seguinte:

Possíveis requisitos mínimos para Counter Strike 2:

  • 8 GB de memória RAM;
  • Placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 1060 ou equivalente;
  • Processador Intel Core i5-7500 ou equivalente;
  • 50 GB de armazenamento.

Possíveis especificações recomendadas para Counter Strike 2:

  • 16 GB de memória RAM;
  • Placa de vídeo NVIDIA GeForce RTX 2070 ou equivalente;
  • Processador Intel Core i7-9700K ou equivalente;
  • 50 GB de armazenamento.

Durante a beta aberta, Counter Strike 2 não tem sido disponibilizado para Linux, entretanto, como o console Steam Deck da empresa utiliza o sistema do pinguim, há a expectativa de que o jogo será compatível.

Gosta do conceito do Steam Deck e gostaria de saber como seria ter um em mãos? Confira nossa experiência com o console!

Diolinux Ofertas - Aproveite os melhores descontos em diversos produtos!