O desenvolvimento do Plasma Mobile está avançando, e cheio de novidades

Nas últimas semanas, os desenvolvedores que estão trabalhando no Plasma Mobile fizeram vários posts no blog oficial do projeto divulgando os aprimoramentos mais importantes que estão sendo feitos no software. Neste artigo faremos um apanhado geral sobre os avanços do Plasma Mobile nessas últimas semanas.

o-desenvolvimento-do-plasma-mobile-esta-avancando-e-cheio-de-novidades
O Plasma Mobile, como o próprio nome sugere, é um sistema operacional para dispositivos móveis, que encontra-se em desenvolvimento pela comunidade KDE. O objetivo do projeto é criar um sistema mobile que seja completo, seguro, e que devolva aos usuários o controle sobre a sua privacidade.
A ideia do Plasma Mobile, é assim como o Ubuntu Touch (sobre o qual já falamos neste artigo), de ser um sistema convergente. Que pode ser utilizado tanto no smartphone quanto no computador. Dito isso, vamos à primeira novidade.

Viabilizando a convergência

Vamos começar falando sobre o projeto “Kirigami”, que proporciona o desenvolvimento de interfaces gráficas tanto no mobile quanto no desktop, podendo possuir comportamentos variados conforme o propósito da aplicação. A ideia é criar um menu lateral que permitirá ao usuário abrir as diferentes páginas existentes dentro de cada aplicativo. No desktop será uma barra lateral, na esquerda, na qual estarão listadas as páginas disponíveis para o aplicativo que está aberto no momento. No smartphone o funcionamento será praticamente o mesmo, porém, ao invés de uma barra lateral, será um menu deslizável.

O vídeo abaixo é uma prévia de como será o comportamento desta funcionalidade.

Tornar o sistema convergente entre smartphone e desktop é um dos principais desafios do Plasma Mobile, e é algo que pode tornar o código do software extremamente extenso e complexo. Grande parte dos esforços estão focados em desenvolver essa convergência com linhas de código mais simples, tornando o sistema menos complexo, e assim economizando tempo e recursos.

Mudanças simples, que geralmente não terão impacto nenhum para os usuários, podem eliminar redundâncias desnecessárias. Uma dessas mudanças foi remover o sistema de configuração de contas de dentro do aplicativo de configurações, para o app “KAccounts”. O que permitirá que o gerenciamento de contas de usuário seja feito através da mesma aplicação, tanto no smartphone quanto no desktop.
Outra mudança que foi feita seguindo essa linha de raciocínio, foi incluir a página de informações do dispositivo no aplicativo de configurações, ao invés de mantê-la como uma aplicação à parte.
O gerenciador de notificações também sofreu mudanças, para que o mesmo software possa ser utilizado tanto no mobile quanto no computador. Apesar de ser exatamente o mesmo software, o mesmo é capaz de detectar quando está sendo executado em um smartphone, para que assim possua um comportamento condizente com dispositivos móveis.

Página de informações do dispositivo.

Melhorias nas aplicações

• O app “Peruse” (Leitor de comic books), sofreu modificações para torná-lo utilizável em monitores HiDPI;
• Modificações foram feitas no Plasma Angelfish (Navegador web) para que o mesmo possua uma melhor integração com o Kirigami;
• Agora o gerenciador de arquivos é capaz de selecionar arquivos múltiplos em vários diretórios diferentes;
• Uma nova funcionalidade permitirá ao usuário obter uma preview com informações básicas de arquivos de texto, imagens, áudio e vídeo, dentro do próprio gerenciador de arquivos;
• O editor de texto “Nota” agora possui a funcionalidade de abrir múltiplos arquivos de texto em abas diferentes;
• O aplicativo de músicas “vvave” sofreu várias melhorias. A barra lateral da playlist principal agora não se sobrepõe a menus e caixas de diálogo, como costumava acontecer anteriormente. Além disso, a aplicação também ganhou um novo visual de grade para exibir os álbuns disponíveis na sua biblioteca. Ainda sobre o player de músicas, agora ao tocar em uma faixa, a mesma é reproduzida imediatamente. Antes dessa modificação, ao tocar em uma faixa, ela era apenas adicionada à fila de reprodução.

Preview de arquivos, editor de texto com várias abas e gerenciador de arquivos com várias seleções.
Capturas de tela to player de música “vvave”.

Melhorias no Shell

O “shell” é basicamente a interface com a qual o usuário interage enquanto está utilizando um sistema. O vídeo a seguir lhe dará uma visão mais clara sobre o que é o shell, e como ele funciona.

Continuando com as melhorias no shell, modificações foram feitas na “grade” de aplicativos, fazendo com que os nomes dos mesmos sejam exibidos em linha única, e com uma fonte menor. O painel superior também sofreu um “redesign”, e algumas correções de bugs. Ao redesenhar o painel superior, os desenvolvedores também alteraram o esquema de cores para a versão clara, ao invés do tom escuro utilizado inicialmente.

Grade de aplicativos e painel superior.

Citamos aqui várias melhorias, e muitas outras mais técnicas podem ser encontradas nos posts originais (em inglês), feitos pela equipe de desenvolvimento do Plasma Mobile.

Fico realmente feliz em ver todo o empenho que está sendo posto no desenvolvimento do Plasma Mobile, e também todos os excelentes resultados que estão sendo obtidos. Todavia, assim como no caso do Ubuntu Touch, penso que as possibilidades do Plasma Mobile ser utilizado em grande escala são mínimas. As razões para isso são várias, como por exemplo, a baixa disponibilidade de apps quando comparado com o Android. Também existe o medo da mudança por parte dos usuários, e todo um esforço para reaprendizagem, que acredito ser uma característica da maioria das pessoas.

Mesmo assim torço pelo progresso e desenvolvimento do sistema, e assim que tiver um smartphone sobressalente, irei testar o software.

Você já conhecia o projeto do Plasma Mobile? O que você pensa sobre o futuro de projetos como este, e também o Ubuntu Touch? Conte-nos a sua opinião nos comentários.😁

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus!

Isso é tudo pessoal!😉

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Talvez Você Também Goste